Protesto de mutuários do Villa Verde  realizado em setembro do ano passado (Foto Divulgação).

Protesto de mutuários do Villa Verde realizado em setembro do ano passado (Foto Divulgação).

Mais de um ano depois dos protestos, mutuários da Caixa Econômica que compraram apartamento do residencial Villa Verde, da Runa Construtora, continuam abandonados pelo banco.

O condomínio tem mais de 90% das obras concluídas, mas a construtora entrou em crise financeira e deixou a obra. A Caixa deveria acionar o seguro e contratar nova empresa para concluir o condomínio.

As obras foram paralisadas em 2012 e estavam previstas para serem concluídas em novembro de 2011. O edifício residencial Pedra da Vitória, também da Runa, sofre do mesmo mal.

Nas duas situações, os mutuários reclamam da lentidão da Caixa em apresentar solução para o problema. O máximo que conseguiram foi a suspensão da cobrança de juros de amortização.