WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe





dezembro 2014
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: 29/dez/2014 . 18:21

SÃO LUCAS: VANE DIZ QUE ACORDO É “ALÍVIO PARA POPULAÇÃO”

hospital são lucasO prefeito Claudevane Leite comemorou o acordo entre a direção da Santa Casa de Misericórdia e o Governo do Estado para a manutenção do funcionamento do Hospital São Lucas. Por meio de sua assessoria, Vane disse que “a notícia é um alívio para a população de Itabuna e pacientes da região”.

O prefeito disse que manterá luta, “junto ao Ministério da Saúde e à Secretaria da Saúde da Bahia, para que o município receba a integralidade dos recursos da gestão plena da saúde, conforme foi acordado com o Governo do Estado”.

O prefeito ressaltou que durante os últimos doze meses foi intensa a busca por mais recursos para manter o sistema de saúde de Itabuna funcionando, tendo sido mantidas várias audiências com este objetivo com o ministro Arthur Chioro, com o governador Jaques Wagner e o secretário estadual da Saúde, Washington Couto.

Vane lembra que as negociações vêm desde a retomada da gestão da saúde em novembro do ano passado. O prefeito também conversou sobre o assunto mais de uma vez com o governador eleito Rui Costa e este assegurou que dará atenção especial à Saúde no município.

De acordo com a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, a garantia dos serviços no Hospital São Lucas foi assumida pelo novo secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas Boas, que estará em Itabuna nos primeiros dias de janeiro, para discutir e definir, conjuntamente, uma solução para o pleno funcionamento do Hospital São Lucas.

ACORDO MANTÉM FUNCIONAMENTO DO SÃO LUCAS

Augusto Castro (esq.) intermediou conversa entre provedor da Santa Casa (dir.) e o futuro secretário da Saúde, Fábio Vilas Boas

Augusto Castro (esq.) intermediou conversa entre provedor da Santa Casa (dir.) e o futuro secretário da Saúde, Fábio Vilas Boas

Uma conversa mantida por telefone, manhã desta segunda-feira (29), evitou o fechamento do Hospital São Lucas, que estava anunciado para esta quarta-feira (31).

A conversa se deu entre o provedor da Santa Casa de Misericórdia, o médico Almir Alexandrino, e o futuro secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas Boas. Curiosamente, quem intermediou o diálogo foi um deputado da oposição, o tucano Augusto Castro.

Além de procurar Vilas Boas, o deputado estadual também manteve contato com Josias Gomes, que assumirá a Secretaria das Relações Institucionais (Serin). Os dois futuros secretários assumiram compromisso de buscar uma solução para as dificuldades do SUS em Itabuna.

Vilas Boas também se comprometeu a agendar uma visita à cidade, já nos primeiros dias de 2015. Não houve promessa imediata de ampliação dos repasses, mas a sinalização de que o governo Rui Costa está atento à delicadíssima crise da saúde itabunense.

Diante do aceno, Alexandrino deve anunciar ainda hoje que o atendimento no São Lucas será mantido.

ACIDENTE EM MORRO DE SÃO PAULO CHAMA ATENÇÃO PARA BARCOS CLANDESTINOS

Embarcação tinha o Morro como destino (Foto Divulgação).

Embarcação tinha o Morro como destino (Foto Divulgação).

Uma embarcação com tripulante e 16 passageiros de Salvador virou, ontem à tarde (28), ao sair da Ponta do Curral, em Valença. A lancha Pura Liberdade tinha como destino Morro de São Paulo, em Cairu, um dos destinos mais procurados da Costa do Dendê. Tripulante e passageiros foram resgatados por uma equipe da Capitania dos Portos.

A Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia (Astramab) recomendou no final da noite de ontem “cautela e cuidado” ao adquirir passagens entre Salvador e o Morro de São Paulo. Três empresas operam este tipo de serviço no Terminal Náutico da Bahia, na capital baiana. São elas a Biotur, a Ilha Bela e a Farol do Morro.

A Astramab denuncia que, na alta estação, “agentes sem qualquer autorização dos órgãos fiscalizadores – Marinha e Agerba – e sem  qualquer embarcação própria,  intensificam as ações irregulares, fazendo transporte para o Morro de São Paulo sem qualquer critério e à margem da lei – via terrestre e marítima”.

A Marinha divulgou ontem que uma investigação foi aberta e deve ser concluída em até 90 dias. Ela vai determinar o que causou o acidente com os 16 passageiros mais o tripulante em Ponta do Curral.

unisa






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia