WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










fevereiro 2015
D S T Q Q S S
« jan   mar »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

editorias






:: 18/fev/2015 . 17:43

BEIJA-FLOR É CAMPEÃ DO CARNAVAL DO RIO

Com enredo polêmico patrocinado pela Guiné Equatorial, a Beija-Flor foi eleita campeã do Carnaval 2015 no Rio. O resultado foi revelado durante apuração das notas, realizada nesta quarta-feira (18), na Sapucaí. Este é o 13º título da Beija-Flor. O penúltimo foi em 2011, com enredo sobre o cantor Roberto Carlos.

“Sentimento de dever cumprido. A nossa comunidade merecia. Aquele sétimo lugar do ano passado ficou engasgado”, disse Neguinho da Beija-Flor, que acompanhou a apuração no sambódromo.

A Beija-Flor foi a terceira escola a entrar na Sapucaí na segunda noite de desfiles do Carnaval carioca. Ovacionada pela plateia aos gritos de “é campeã!”, a agremiação de Nilópolis defendeu um enredo patrocinado pelo país africano comandado há 35 anos por Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, que, segundo a ONG Anistia Internacional, é acusado de violações de direitos humanos, tortura e prisões arbitrárias. Do Portal Uol.

CARNAVAL SEM CORDAS É APOSTA DO ESTADO PARA 2016

Costa: investimento em trios independentes (Foto Divulgação).

Costa: investimento em trios independentes (Foto Divulgação).

O governo baiano deverá aumentar o número de equipamentos de detecção de metais ao longo dos circuitos de carnaval no Estado. A medida foi anunciada como uma ações para a folia do ano que vem. Trata-se de tentativa de “facilitar a abordagem [policial] e impedir o acesso no circuito de pessoas portando armas”.

– Esse ano operamos com 420 equipamentos manuais e nós vamos adquirir um número muito maior, tanto para servir ao longo do ano para a área de segurança, como para o Carnaval – assegurou, reforçando que o estado dará mais atenção ao carnaval no interior do estado. Rui citou, como exemplos, os carnavais de Porto Seguro, Caravelas e Prado. Acrescentou que estimulará agências a vender pacotes que incluam, além da festa em Salvador, destinos no interior baiano.

O governo também deverá investir mais em trios independentes para atender o folião “pipoca”, que curte o carnaval fora dos trios. Rui considera que, quanto menos cordas, será menor a violência. “Acho que tem uma mensagem muito clara, para todos que organizam e pensam a festa, que o povo quer o retorno daquele Carnaval onde as ruas pertencem à população”, finalizou.

ENTRE A ELEGÂNCIA E A FIDALGUIA

antônio lopes pimentaAntônio Lopes | abcdlopes@gmail.com

E saibam todos quantos este textinho lerem que o Barão recusou-se a morrer durante o Carnaval, para não entristecer a cidade nem piorar mais o trânsito. Aguentou o tranco até os albores da quarta-feira de cinzas, beijou Denise, sorriu e se foi. Será isto elegância ou fidalguia?

 

Com o Barão de Popoff, que nos deixou na madrugada de quarta-feira, morre um estilo. Exercício que costumo fazer (identificar pessoas ou situações numa palavra só) pensei que “elegante” seria apropriada ao Barão, mas me pus em dúvida: seria “fidalgo”?

Fiquei com as duas: Popoff era tão elegante quanto fidalgo (e saibam todos quantos este texto lerem que essa associação não é tão comum quanto à primeira olhada possa parecer). O comportamento, a forma como se colocava perante o mundo e as pessoas, a solidariedade, o ombro amigo, a paz que transmitia à sua volta, a nobreza dos gestos, a alegria autêntica – e contida, sem os exageros de certas pessoas – eram seus atributos.

Conheci-o nos longínquos anos sessenta, eu estudante do lendário I. M. E., ele morador numa travessa próxima, já casado com a professora Denise (irmã de um querido colega meu, César, e de uma grande admiração, Armando Oliveira).  A mim ele veio conhecer quase 40 anos mais tarde, quando eu fazia pesquisa para o livrinho Solo de Trombone – Ditos & feitos de Alberto Hoisel – e ele se tornou uma das fontes mais importantes.

Empresário de turismo e guia (após aposentar-se do Banco do Brasil), orientou-me na primeira viagem que fiz. Na casa de Farias, entre um uísque e outro (ah, meus tempos!), consultei-o sobre tal iniciativa, e ele, sem mais aquela, olhou-me de cima a baixo, sorriu e sentenciou:

– Seu perfil é Europa!…

Na mosca. Antiamericano por formação, francófilo não sei por que, achei curioso o diagnóstico de Popoff, mas não lhe pesquisei as técnicas e mistérios.

Hoje, descubro que o Barão se foi. Por estar adoentado e ser dono de incontrolável tendência para o ridículo diante de amigos mortos, não vou a suas exéquias. Indo, correria o risco de ter em manchete o meu escandaloso choro público. Faço-o, então, mais discretamente, no silêncio do meu quarto.

E saibam todos quantos este textinho lerem que o Barão recusou-se a morrer durante o Carnaval, para não entristecer a cidade nem piorar mais o trânsito. Aguentou o tranco até os albores da quarta-feira de cinzas, beijou Denise, sorriu e se foi. Será isto elegância ou fidalguia?

Antônio Lopes é jornalista.

TECNOLOGIA AUXILIA POLÍCIA A IDENTIFICAR AUTORES DE CRIMES NO CARNAVAL

Imagens captadas pelo sistema de videomonitoramento nos circuitos da folia em Salvador serão usadas pela polícia técnica para identificar os autores de disparos que mataram duas pessoas e feriram outras quatro. O secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, informou hoje que as investigações estão avançadas.

O trabalho é feito pelo Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) e pela Superintendência de Inteligência (SI) da secretaria. Em Salvador, 330 câmeras foram instaladas nos circuitos da folia na capital baiana.

Maurício Barbosa participou, hoje de manhã (18), da apresentação do balanço do carnaval. O governo destacou o aumento de mais de 30% no número de turistas que participaram da folia. Para garantir a segurança, foram mobilizados, em todo o estado, mais de 23 mil policiais em municípios onde houve carnaval. Houve atração de 700 mil turistas ao carnaval na Bahia.

“NENHUM COLABORADOR OU CLIENTE FOI FERIDO”, INFORMA ATACADÃO SOBRE ATAQUE EM FEIRA

A Rede Atacadão, do Carrefour, informou, em nota enviada ao Pimenta, que “nenhum colaborador ou cliente foi ferido” durante tentativa de assalto a um carro-forte da Prossegur, no domingo (15), em Feira de Santana (relembre aqui).

De acordo com a nota, a Polícia Militar foi acionada imediatamente. “A empresa vai colaborar com as autoridades”, assegurou a rede atacadista.

O ataque ao carro-forte ocorreu no início da tarde do domingo, quando a loja ainda estava aberta. Seis homens chegaram em uma Volkswagen Kombi, mas foram surpreendidos pela reação dos vigilantes.

Os bandidos tomaram uma escopeta de um dos vigilantes e fugiram sem levar nada. Dois veículos Renault Sandero foram utilizados na fuga, segundo a Polícia Militar. Um dos funcionários da Prossegur foi atingido na mão, porém não corre risco de morte.

Cena de tiroteio no estacionamento do Atacadão no domingo (Reprodução Pimenta).

Cena de tiroteio no estacionamento do Atacadão no domingo (Reprodução Pimenta).

ARRASTÃO COM DJs, IVETE E BROWN

Ivete participa de arrastão após show em SP.

Ivete participa de arrastão após show em SP.

No tradicional arrastão da quarta-feira (18) de cinzas em Salvador são esperados os cantores Carlinhos Brown e Ivete Sangalo.

Mesmo com a maratona de uma semana de festa nas ruas da capital baiana, muita gente amanheceu no circuito Barra-Ondina à espera do fechamento da folia, com as atrações sem cordas.

Ivete Sangalo, que costuma levar muitos convidados para o trio elétrico no arrastão, não divulgou antecipadamente seus convidados. Uma maratona com DJS abre a programação. Com informações do G1.

ILHÉUS PERDE “BARÃO DE POPOFF”

Barão de Popoff morre aos 89 anos (Foto R2Cpress/Arquivo).

Barão de Popoff morre aos 89 anos (Foto R2Cpress/Arquivo).

Ilhéus perdeu, na madrugada de hoje (18), uma de suas figuras mais queridas, Raimundo Kruschewsky Gomes Ribeiro, o Barão de Popoff.

Bancário aposentado, Popoff estava com 89 anos e faleceu vítima de uma parada cardíaca, segundo nos informa o jornalista Roberto Rabat, amigo do Barão.

O corpo de Popoff será velado na Loja Maçônica Regeneração Sul-Baiana, na Rua Antônio Lavigne, no centro de Ilhéus. O enterro está previsto para as 17 horas.

Popoff nasceu em 03 de agosto de 1925, em Rio do Braço. Foi bancário e um dos maiores conhecedores da história de Ilhéus.

FERIADÃO DE CARNAVAL REGISTROU 7 MORTES EM ITABUNA

"Big Orea" foi o último da lista (Reprodução Verdinho).

“Big Orea” foi o último da lista (Reprodução Verdinho).

O baixo efetivo policial em Itabuna talvez tenha colaborado para a matança registrada entre a noite de sexta (13) e ontem (17), quando sete pessoas foram mortas no município. Dois assassinatos ocorreram ontem, sendo um deles na área central, a menos de cinco metros do prédio da Justiça Federal, na Avenida Amélia Amado (confira em nota abaixo).

Ontem à noite, um jovem de 22 anos levou nove tiros. A morte de Marcos Vinícius Sena Nobre, Big Orea, tem algo em comum com os demais homicídios: os mortos tinham alguma relação com o crime.

Até agora, duas das vítimas ainda não foram identificadas, uma foi morta na noite de sexta (13) e a outra, no sábado (14). Além destas e de Marcos Vinícius, também morreram Cássio Santos Silva (Nova Califórnia), Bruno Santos Silva (Sinval Palmeira), Ismar Melo (Fátima) e Bruno Tales Neves, o Bruno Taffarel (Avenida Amélia Amado).

ACERTO DE CONTAS

Para policiais que preferem não se identificar, rivais aproveitaram o feriadão e o baixo efetivo policial em Itabuna (boa parte foi desviada para socorrer cidades como Salvador e Ilhéus, que fizeram carnaval) para acerto de contas.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia