O servidor público Vagner Neres de Souza, de 25 anos, foi preso por uma equipe da 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Vitória da Conquista, em sua residência, no município de Planalto. Ele tinha mandado de prisão preventiva pelo estupro de uma adolescente de 12 anos, praticado naquele mesmo município.

Segundo o coordenador da 10ª Coorpin/Conquista, delegado Marcus Vinicius Moraes de Oliveira, Vagner usou um perfil falso, numa rede social da internet, para atrair a vítima. Ele pediu que a garota encaminhasse para ele uma foto íntima e, de posse da imagem, passou a chantageá-la.

Vagner disse à garota que procurasse um primo dele para ter relações sexuais ou tornaria a foto pública. O primo na verdade era o próprio, que marcou um encontro com a adolescente, onde ele a molestou sem, no entanto, consumar a relação sexual.

A garota contou à mãe sobre o abuso, que procurou à delegacia para denunciar Vagner.  Na residência do agressor, os policiais apreenderam um computador, dois celulares, chips de várias operadoras e dois pen-drives. Um computador do quartel da PM, onde o acusado trabalhava, também foi apreendido.

Vagner foi autuado por estupro de vulnerável e está na carceragem da DT/Planalto, onde aguarda ser encaminhado ao Presídio Nilton Gonçalves, em Conquista. Todo o material apreendido foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT).