WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba










março 2015
D S T Q Q S S
« fev   abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias






:: 25/mar/2015 . 17:09

SESAB DISCUTE AÇÕES CONTRA EPIDEMIA DE DENGUE EM ITABUNA E EM ILHÉUS

Mosquito da dengueA epidemia de dengue em Ilhéus e em Itabuna atingiu níveis preocupantes e fez com que a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) enviasse técnicos para os dois municípios para definir ações emergenciais. Nesta quinta (26), o subsecretário estadual de Saúde, Roberto Badaró, e a superintendente de Proteção e Vigilância à Saúde, Ita de Cácia Aguiar, visitam os dois municípios.

O encontro dos técnicos da Sesab em Ilhéus será com o prefeito Jabes Ribeiro, no Palácio Paranaguá, às 9 horas. Já em Itabuna, a reunião ocorre no Centro Administrativo Firmino Alves, às 16h, com o prefeito Claudevane Leite (Vane do Renascer).

Badaró e Ita de Cácia vêm acompanhados de técnicos da vigilância epidemiológica. Além das ações de combate à doença, os técnicos definirão a organização da rede de assistência às vítimas da dengue.

REDE BÁSICA DESESTRUTURADA

Em Itabuna, o maior obstáculo no atendimento aos pacientes com dengue, assim como na epidemia de 2009, é a desorganização da rede de atenção básica. Boa parte das unidades de saúde está fechada ou em reforma.

Ontem, de acordo com fontes da área de vigilância, Itabuna ultrapassou os 1.300 casos da doença, sendo mais de 700 deles nos últimos dez dias. A situação é de surto epidêmico.

Pacientes reclamam da via-crúcis para ser atendido. Sem orientação, a maioria procura hospitais ou o Pronto-Atendimento da Dengue (PA da Dengue) no antigo Sesp (Unidade de Saúde José Maria de Magalhães Neto), no centro da cidade.

A unidade dispõe de apenas 60 senhas para atender pacientes, diariamente. A procura é bem maior e não há como atender a demanda, mesmo com profissionais realizando a triagem para os casos mais sérios.

FALTA ORIENTAÇÃO A PACIENTES

Há superlotação nos hospitais. Ontem, pacientes esperavam mais de cinco horas por atendimento particular ou via plano de saúde particular no Hospital Calixto Midlej Filho, da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. Três pessoas desmaiaram. Uma delas foi filmada por uma irmã, indignada com a falta humanidade no tratamento.

Vítima da dengue, Shirlei Castro, moradora da Rua Juarez Távora, São Caetano, peregrinou pelos hospitais São Lucas e de Base até chegar ao PA da Dengue. Lá, recebeu a informação de que deveria procurar o posto de saúde do bairro.

– Nos hospitais, me disseram que só atenderia se eu tivesse chegado em ambulância do Samu. Aqui, me mandaram para o posto de saúde. Vou entrar na Justiça [contra o município] – disse Shirlei.

O bairro onde Shirlei mora, o São Caetano, é um dos campeões em casos de dengue, segundo a Secretaria de Saúde de Itabuna. Além dele, outros que estão entre os que registraram mais casos são Califórnia, Santa Inês e Santo Antônio.

NOVO HOSPITAL EM ILHÉUS

O governo baiano declarou como de utilidade pública uma área de 70.504,17 metros quadrados, na Rodovia Ilhéus-Itabuna, entre o Banco da Vitória e a Vila Cachoeira. O ato é um dos passos para que a área seja desapropriada. A área foi a escolhida pelo Estado para a construção do Hospital Regional Costa do Cacau.

O ato do governador Rui Costa foi publicado na edição desta quarta (25) do Diário Oficial do Estado. Se tudo ocorrer dentro do planejado, as obras começam até o final deste semestre. O hospital atenderá Ilhéus, Itabuna e municípios do eixo.

 

VICE ASSUME PREFEITURA DE ITAPETINGA

Alécio assume prefeitura.

Alécio assume prefeitura.

Alécio Chaves assumiu hoje (25) a Prefeitura de Itapetinga, no sudoeste baiano, após complicações de saúde do prefeito José Carlos Moura. Alécio ocupará o cargo interinamente, enquanto Moura estiver em tratamento de saúde.

Desde o dia 19, o prefeito está internado no Hospital Aliança, em Salvador, vítima de pneumonia, segundo boletim médico liberado pela unidade hospitalar.

O diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Itapetinga (SAAE), Hildérico Nogueira, disse que Moura tem respondido bem ao tratamento de saúde. Ainda não há previsão de alta para o prefeito do município do centro-sul baiano.

DAVIDSON: PSDB QUER ENFRAQUECER PETROBRAS PARA PRIVATIZÁ-LA

Davidson, ao centro, ataca PSDB e defende punição a culpados de corrupção na Petrobras.

Davidson, ao centro, ataca PSDB e defende punição a culpados de corrupção na Petrobras.

A Frente Parlamentar Mista em Defesa da Petrobras foi instalada ontem (24) na Câmara dos Deputados, em Brasília. O deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB), ex-dirigente da Agência Nacional do Petróleo (ANP) na Bahia e ex-presidente da Bahiagás, presidirá a frente. No ato de ontem, o itabunense fez discurso em defesa da companhia petrolífera. E, na mesma toada, atacou o PSDB. Para ele, a legenda tucana quer enfraquecer a Petrobras de olho na privatização da empresa.

O parlamentar lembrou, também, da força da petrolífera na economia brasileira. “A Petrobras hoje representa 15% dos investimentos do país e 10% do nosso PIB [Produto Interno Bruto]”, observou o deputado e economista. Davidson defendeu punição aos culpados envolvidos na Operação Lava Jato. Explicou que a frente participa de movimento de união em defesa da empresa.

Presidida por Davidson, a frente parlamentar em defesa da Petrobras é integrada pelos senadores Roberto Requião(PMDB-PA), Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Fátima Bezerra(PT-RN) e os deputados  Vicentinho  (PT-SP), Aliel Machado (PCdoB-PR), Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e  Zeca do PT (Mato Grosso do Sul).

A CONTA DA GASOLINA NA BAHIA

 (Foto Google).

(Foto Google).

Coluna Satélite, Correio da Bahia

Continuam os ruídos sobre o aumento real da alíquota de ICMS sobre a gasolina na Bahia. Como determina a Lei 13.207, de dezembro do ano passado, a elevação foi de um ponto percentual – 27% para 28%, e não para 30%. A confusão em torno do índice levou o governador Rui Costa (PT) a se queixar publicamente e a reafirmar o que diz a legislação em vigor. No entanto, o sindicato que representa donos de postos de combustível disse, em nota à imprensa, que as notas fiscais emitidas pelas distribuidoras confirmam o reajuste de três pontos, citando a mesma lei. Assim, fica difícil saber com quem a razão está, mas será fácil perceber para quem vai a conta.

CAMINHÃO DESGOVERNADO BATE EM ÔNIBUS NA BEIRA-RIO

Caminhão descontrolado bateu em ônibus e por pouco não caiu na quadra (Foto Pimenta).

Caminhão descontrolado bateu em ônibus e por pouco não caiu na quadra (Foto Pimenta).

Pouco menos de vinte minutos após o acidente que matou o motociclista Diego Souza, um caminhão Mercedes-Benz colidiu contra um ônibus da Expresso Rio Cachoeira na Avenida Fernando Cordier (Beira-Rio). De acordo com funcionários e mecânicos da empresa de ônibus, provavelmente a barra de direção do caminhão quebrou.

O Mercedes-Benz atravessou a pista e parou a poucos centímetros da quadra poliesportiva da cabeceira da Ponte do São Caetano. Jovens jogavam bola na quadra no momento do acidente. O acidente não foi mais grave porque o ônibus estava parado. “Foi tudo rápido”, disse o motorista do caminhão, que preferiu não se identificar.

Caminhão teria quebrado a barra de direção, segundo mecânicos (Foto Pimenta).

Caminhão teria quebrado a barra de direção, segundo mecânicos (Foto Pimenta).

SENADO APROVA FIM DE COLIGAÇÕES PARA DEPUTADO E VEREADOR

O Senado aprovou hoje (24), em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição 40, que acaba com as coligações eleitorais em eleições proporcionais, permitindo que elas ocorram apenas para as majoritárias. A PEC é um dos principais temas da reforma política.

Na prática, a proposta estabelece que os partidos só poderão se coligar em eleições para cargos do Executivo – federal, estadual e municipal – e para o Senado. Portanto, ficam proibidas as coligações para disputas à Câmara dos Deputados, assembleias legislativas, Câmara Legislativa do Distrito Federal e câmaras de Vereadores.

Não será mais possível, por exemplo, que dois partidos que não alcançaram o número necessário de votos para atingir o coeficiente eleitoral se unam para eleger um candidato. A PEC também impede que, durante o afastamento de um parlamentar, o suplente convocado seja de outro partido.

A proposta tinha sido aprovada em primeiro turno no último dia 10. A matéria segue para a Câmara dos Deputados, onde também terá de ser aprovada em dois turnos, com maioria qualificada, ou seja, pelo menos 308 deputados precisam votar a favor. Se o texto sofrer alterações na Câmara, retornará ao Senado para última análise. Da Agência Brasil.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia