Parte da carne apreendida na operação no centro-sul baiano.

Parte da carne apreendida na operação no centro-sul baiano.

Uma tonelada de carne bovina imprópria para o consumo foi apreendida e dez pessoas presas, nesta sexta-feira (8), durante operação da 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itapetinga) e da Delegacia Territorial (DT), de Macarani. Batizada de “Terra Firme”, a ação foi deflagrada para combater o furto e o abate clandestino de gado, além da venda clandestina de carne.

A operação cumpriu mandados de prisão preventiva expedidos contra Alan Oliveira Guimarães, de 37 anos, João de Jesus, 45, André Santos Cerqueira, 38, e Leôncio Alves de Almeida, 36, por furto de gado em fazendas de Itapetiga e Maiquinique.

Foram presos ainda os comerciantes Ismério José Almeida, 71, Gildásio Moreira de Souza, 52, Ulias Alves Gomes, 44, Antônio Santos Azevedo e João Rodrigues da Silva, ambos de 53 anos, autuados em flagrante por expor à venda produtos impróprios para o consumo.

A operação prendeu também em flagrante Luís Eduardo Souza Costa, 36, que portava uma pistola 380 e uma espingarda de fabricação caseira. Ele foi autuado por porte ilegal de arma. Três picapes Fiat Strada e uma GM Silverado, usada para transportar o gado furtado, foram apreendidas.

Os policiais apreenderam ainda, com os criminosos, uma motosserra, facas, machados, cordas, lonas e bombonas, que eram usadas para acondicionar a carne. Os presos permanecerão custodiados na carceragem da 21ª Coorpin/Itapetinga, à disposição da Justiça.