WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba








julho 2015
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias






:: 10/jul/2015 . 23:49

RUI PROMETE ASFALTAR TRECHO TABOQUINHAS-UBAITABA DA BA-654

Costa discursa em praça em Taboquinhas, distrito de Itacaré.

Costa discursa em praça em Taboquinhas, distrito de Itacaré.


Condicionando o cumprimento da promessa a novos convênios com bancos internacionais, o governador Rui Costa disse que asfaltará os 26 quilômetros que separam Taboquinhas, em Itacaré, e a BR-101, trecho de Ubaitaba. Nesta sexta (10), o gestor baiano entregou os 19 quilômetros da BA-654 entre o distrito conhecido pelo turismo de aventura e a sede de Itacaré.

Ainda na praça, o governador ouviu agradecimentos pela pavimentação dos 19 quilômetros e pedidos de asfaltamento do segundo trecho da rodovia estadual, entre Taboquinhas e Ubaitaba e Aurelino Leal. Segundo Rui, o asfaltamento será incluído entre as prioridades assim que o estado obtiver novo financiamento do Banco Mundial ou do Banco Europeu de Investimento para reforma ou construção de estradas. No trecho entregue hoje (10), foram investidos R$ 18,76 milhões.

A cerimônia em Taboquinhas atraiu centenas de moradores e grupos vestidos de azul e amarelo. O grupo trajado de azul cobrava a conclusão do segundo trecho da BA-654. No trecho de Itacaré a Taboquinhas, a viagem agora é bem mais rápida – e livre do barro e da lama que comprometia a viagem em dias chuvosos. Essa facilidade também é buscada por quem trafega no outro extremo da estrada.

Trecho Itacaré-Taboquinhas foi asfaltado (Foto Manu Dias/GovBA).

Trecho Itacaré-Taboquinhas foi asfaltado (Foto Manu Dias/GovBA).


TURISMO PROFISSIONALIZADO
Ao público, Rui disse estar ainda mais encantado com o trecho da Costa do Cacau. Mas fez um apelo aos moradores da localidade para que cuide bem do turista para que ele volte. Taboquinhas atrai turistas que curtem aventura e tem, no Rio de Contas, uma das melhores águas para a prática do rafting no mundo. Da Redação.

JUSTIÇA MANDA RETIRAR DO AR COMERCIAL DA SEARA QUE PROVOCA A SADIA

A Justiça de São Paulo obrigou a JBS, dona da marca Seara, a retirar do ar nova campanha de vídeo que pode levar o telespectador a pensar que personagens – clientes e vendedor – estejam falando daquela outra marca de alimentos que começa com S e termina com A, a Sadia, da Brasil Foods.

O juiz Douglas Ravacci entende que a Seara apoia a campanha no sucesso da marca rival. A multa diária, caso o material não seja retirado do ar, alcança R$ 50 mil. Confira.

A CAMINHO DO CEMITÉRIO

Jackson LessaJackson Lessa | jacksonslessa@hotmail.com

O primeiro passo para fugir do pesadelo é acordar. Caso contrário, teremos que parafrasear Paulinho da Viola e dizer “Rio Cachoeira, foi um rio que passou em nossas vidas”.

Estamos diante de um problema sem precedentes na cidade de Itabuna, a morte de um rio. É um pesadelo prestes a se tornar realidade, também tornando inquestionável a urgência em enfrentar esse problema. Essa crise não se limita ao aspecto natural, envolve também a história e cultura do município. Enfrentar a crise é olhar para o futuro. Precisamos trazer o tema para o centro do debate, seria o ponto de partida para um verdadeiro programa de salvação do Cachoeira.

É necessário criar uma agenda local para garantir uma gestão racional desse recurso hídrico, um projeto que envolva também os municípios vizinhos. Que estejam incluídos, seus afluentes, mata ciliares, famílias que vivem da pesca, da agricultura e da criação de gado.

O rio desaparecerá se nada for feito. Devemos entender que a intervenção na gestão do rio também tem relação com a luta contra a pobreza e a melhoria das condições econômicas e ambientais da região. Será que temos a capacidade de enfrentar essa crise?

O grande obstáculo para solucionar essa questão é assumir a responsabilidade. As pessoas da cidade reclamam da estética, se incomodam com o mau-cheiro, se lamentam da presença de mosquitos, falam sobre a possibilidade da proliferação de doenças, mas não tomam nenhuma atitude realmente efetiva para “ressuscitar” o rio. Não podemos mais esperar pela ação do poder público, nossos governos, em sucessivas gestões não planejaram nada referente à recuperação do rio e se milagrosamente planejaram erraram na execução. Dessa forma, passa a ser dever dos cidadãos a iniciativa de lutar pela existência de nosso Cachoeira.

Sabemos que há um distanciamento do governo com o povo, o que provoca a redução da participação cidadã e consequentemente um esvaziamento dos processos democráticos. Infelizmente, os partidos políticos não conseguem definir prioridades para o município e muito menos assimilar as manifestações organizadas pela população ou movimentos sociais.

Precisamos da atuação de grupos que ajam de forma paralela ao mundo da política, associações que organizem debates, universidades, escolas, igrejas. É fundamental contar com o apoio de toda a sociedade, porém precisamos informá-la, transferir responsabilidades, democratizar a gestão.

O primeiro passo para fugir do pesadelo é acordar. Caso contrário, teremos que parafrasear Paulinho da Viola e dizer “Rio Cachoeira, foi um rio que passou em nossas vidas”.

Jackson Lessa é professor de Geografia e Atualidades em escolas e cursos pré-vestibulares de Itabuna e região.

SANTO AGOSTINHO VENCE DISPUTA POR CURSO DE MEDICINA EM ITABUNA

Itabuna terá curso de Medicina da Santo Agostinho (Foto José Nazal).

Itabuna terá curso de Medicina da Santo Agostinho (Foto José Nazal).

A Faculdade Santo Agostinho, de Minas Gerais, venceu a disputa para implantar o curso de Medicina em Itabuna. O edital para instalar faculdade no município foi lançado no ano passado e, hoje (10), os ministérios da Saúde e da Educação anunciaram os vencedores.

A disputa envolveu desde projeto pedagógico a capacidade de investimento. A faculdade oferecerá 85 vagas em Itabuna, das quais 10 serão para bolsistas. A Santo Agostinho já possui faculdades em Minas Gerais e possui curso de Medicina em Vitória da Conquista. A primeira turma foi iniciada no semestre passado.

Ao todo, serão 2.090 vagas em novos cursos de Medicina em todo o País. Na Bahia, além de Itabuna, serão contemplados com faculdades de Medicina os municípios de Alagoinhas (Estácio de Sá), Eunápolis (Pitágoras), Guanambi (Sociedade Padrão de Educação Superior), Jacobina (Ages Empreendimentos Educacionais) e Juazeiro (IREP).

Vane comemora anúncio de curso em Itabuna (Foto Alessandra Lori/SecomITB).

Vane comemora anúncio de curso em Itabuna (Foto Alessandra Lori/SecomITB).

VANE COMEMORA

O prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, comemorou o anúncio dos ministérios da Saúde e da Educação. “Itabuna vive um novo momento, criando oportunidades de expansão e crescimento e de inserções dos jovens e adultos”, disse ele, acrescentando que a chegada da faculdade “se soma à instalação da Universidade Federal do Sul da Bahia”.

Vane ainda destacou o papel da equipe de governo para assegurar a instalação do governo e fez menção a secretários municipais, especialmente Wenceslau Júnior (Planejamento), Dinalva Melo (Educação) e Eric Ettinger (Saúde), além de Cleide Oliveira (Governo). O prefeito também citou o nome de Plínio Adry, ex-titular da Pasta da Saúde.

Ainda de acordo com o governo municipal, o município receberá pacote de medidas nas áreas de saúde e educação, a exemplo de oferta de bolsas para médicos formados no exterior atuarem em unidades de saúde com alta demanda e reformulação do ensino de Medicina no país.

PRE APURA CASOS DE INFIDELIDADE PARTIDÁRIA NA BAHIA

A Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE/BA) instaurou na última quarta-feira (8) um Procedimento Preparatório Eleitoral com o objetivo de apurar casos de desfiliação partidária de vereadores e deputados estaduais com a intenção de ingressar em outro partido para concorrer às eleições de 2016.

A desfiliação sem justa causa é considerada infidelidade partidária, conforme art. 1º da Resolução TSE nº 22.610/07, sendo possível o ajuizamento de representação para perda de cargo eletivo. A primeira medida do procurador Regional Eleitoral, Ruy Mello, foi expedir recomendação aos promotores eleitorais com orientações sobre os procedimentos a serem adotados para verificar os casos de desfiliação partidária.

Dentre as orientações consta a de que, ao receberem comunicação de desfiliação, os promotores busquem verificar se o requerente é vereador ou deputado estadual, bem como, constatada a desfiliação, seja comunicada imediatamente ao PRE. Também foi expedido ofício à Corregedoria do TRE para orientar os juízes eleitorais a comunicarem os casos de desfiliação de vereadores e deputados estaduais aos promotores eleitorais e à PRE.

De acordo com a resolução do TSE, caso o partido não ajuíze o pedido de decretação da perda do cargo eletivo nos 30 dias subsequentes à desfiliação, a representação caberá ao Ministério Público Eleitoral em igual prazo.

O TEMPO DO GOLPISMO ACABOU, DIZ LULA

Lula e presidente Dilma.

Lula e presidente Dilma.

Brasil 247 – Pela primeira vez desde que a presidente Dilma Rousseff rebateu com veemência os recentes movimentos da oposição pelo impeachment, os quais chamou de “golpistas” em entrevista publicada na última terça-feira, o ex-presidente Lula saiu em sua defesa nesta manhã, em sua página no Facebook. Lula destaca que “não há espaço para retrocesso: o tempo do golpismo acabou para nunca mais”.

“Hoje, vivemos o período de maior solidez da nossa democracia desde a proclamação da República. O acúmulo das lutas do povo brasileiro forjaram as bases de um país mais rico, menos desigual e consciente de seu potencial. Por isso, não há espaço para retrocesso: o tempo do golpismo acabou para nunca mais”, publicou o ex-presidente, destacando um manifesto assinado por movimentos sociais contra o impeachment.

Após a convenção do PSDB que reelegeu Aécio Neves presidente do partido no último domingo, Dilma recebeu apoio de movimentos sociais, ministros, parlamentares e governadores, inclusive da oposição, como Marconi Perillo(PSDB), de Goiás, contra medidas que tentem tirá-la do poder antes do fim do mandato, em 2018. Lula, porém, não havia saído em defesa da presidente, ou contra o discurso do golpe, até o momento.

Também em decorrência do acirramento do discurso da oposição, o diretório municipal do PT em São Paulo organiza um ato para o dia 14 de julho, reunindo movimentos sociais, sindicais, intelectuais, políticos e jurídicos em defesa da democracia. O objetivo, segundo nota divulgada pelo partido, “é chamar a atenção para a defesa da democracia contra qualquer tipo de atitude que possa representar ameaça ao atual Estado democrático de direito”.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia