WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





julho 2015
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias





itao




O MERCADO DE TRABALHO E A CRISE

Jaciara CoachJaciara Santos | [email protected]

Sugiro coragem e determinação. Sugiro evolução e empenho em recomeçar quantas vezes forem necessárias e, sobretudo, desejo sucesso para todos vocês!

O dicionário dedica várias definições para a palavra “trabalho”, e dois desses significados são: labutação, lida.  Esta definição poderia fazer entender que o trabalho durante muito tempo vem sendo considerado como um peso, um fardo, uma espécie de vilão da livre vontade do indivíduo.

Nos últimos meses, o tema crise tem sido muito abordado. E haveria uma variedade de crises, mas a crise que trataremos será a existencial. E esta atingiria todas as áreas da vida da pessoa.

A busca pelo “emprego dos sonhos” permeia a vida de muitos (ou da maioria) dos cidadãos quer estejam inseridos ou não no mercado de trabalho.

No entanto, há alguns espinhos que declaram dificuldades a todos aqueles que se embrenham na esfera do mundo do trabalho: falta de vagas, falta da vaga que pretendia, além de, durante o percurso, surgirem dúvidas com relação ao que, de fato, buscariam. Enfim…

Porém, há uma situação no mínimo controversa. Muitas das vagas que são disponibilizadas aqui em Itabuna e região ficam carentes por muitas semanas, às vezes, meses, fazendo com que os recrutadores encontrem elevada dificuldade em localizar algum profissional para preenchimento de tais oportunidades de emprego.

A crise existencial, que incidiria em várias frentes da vida em sociedade, incapacitaria o indivíduo de ir à busca dos seus objetivos. E, pior, o incapacitaria de saber, de fato, o que quer; quais seriam seus objetivos; o que pretende com relação ao trabalho; à vida… O que pretende com relação a si mesmo.

Infelizmente não existe fórmula mágica. E cada indivíduo tem de se perceber isoladamente. A caminhada do encontro de si mesmo e do que se pretende é, mesmo, uma escalada ímpar. No entanto, existem instrumentos que podem facilitar essa procura: capacitar-se e reavaliar a vida.

Timothy Gallwey diz que “Coaching é uma relação de parceria que revela, liberta o potencial das pessoas de forma a maximizar o desempenho delas”.

Nesse sentido, pode-se dizer que o processo de Coaching utiliza ferramentas que contribuem de forma significativa para o desenvolvimento  do ser humano.

Sugiro coragem e determinação. Sugiro evolução e empenho em recomeçar quantas vezes forem necessárias e, sobretudo, desejo sucesso para todos vocês!

Jaciara Santos é professional and self coach.

 

2 respostas para “O MERCADO DE TRABALHO E A CRISE”

  • Ao que se percebe no Brasil que,a efervescência de emprego ou fenômeno é medido no ABC paulista,fato este cujo ao ser observado na mídia nestes últimos 12 anos.

    Neste nicho da industria brasileira,o que seria a cidade de Detroit,americana,um nicho da industria mundial.

    O que se observa pelo menos aqui no Brasil,se as industrias do ABC paulista vivem uma efervescência na produção e vendas o emprego no Brasil vivem em pompas,justamente foi isso que ocorreu no Brasil,segundo os dados oficias do governo,IBGE e IPEA,o que a mídia bombava.

    Ai que vivem a realidade da farsa,mentira,tapeação,ilusão ao povo brasileiro que
    era um país de mil e uma oportunidades e tome embustes e uma legião de incautos se jogavam neste riacho de fezes de trapassas e ilusões nestes 12 anos de governos.

    Mas a grande mídia mancomunada com verbas publicitária do governo ocultava a triste realidade de cada família no Brasil tinha no mínimo dois desempregados o que a mesma realidade vive hoje.

    Entretanto,o que tá na grande mídia a radiação é o fenômeno do desemprego no Brasil,cuja efervescência e medição deste fenômeno de desemprego é o nicho do ABC paulista.

    “A indução e a manipulação de fatos,estatísticas e heróis no Brasil conduzem a nossa juventude a uma carência de verdades e realidades sem limites lamentável.”

    Izzo Rocha. Pensador.

  • ELAINE says:

    Isso sem referirmos ao despreparo profissional. Os jovens saem da faculdade como sonhadores de um mundo romanticista imaginario. E ainda os analfabetos funcionais,que se trata de pessoas diplomadas, mas sem senso critico intelectual coerente.

Deixe seu comentário






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia