WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





agosto 2015
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

editorias






:: 28/ago/2015 . 15:45

ESGOTO PROVOCA FEDENTINA NO SÃO ROQUE; MORADORES CONVIDAM GESTOR DA EMASA

Esgoto estourado provoca fedentina em ruas do São Roque.

Esgoto estourado provoca fedentina em ruas do São Roque.

Moradores das ruas Independência e dos Operários, no São Roque, estão passando maus bocados com a Empresa Municipal de Saneamento Ambiental (Emasa). A rede de esgoto estourou na União Operária e acumula bem em frente às casas da Rua Independência.

A fedentina é descrita pelos moradores como insuportável. “Ainda temos uma estação de esgoto bem ao lado, que a Emasa cisma em não fazer o devido trato, além de ter se tornado um matagal”, reclama a moradora da União Operária.

Revoltados com a falta de retorno por parte da Emasa, alguns moradores estão organizando um almoço para convidar o presidenta da Emasa, Ricardo Campos. A ideia é fazer com que o presidente se sensibilize com a situação, “para que ele possa sentir o que é fazer uma refeição sentindo o insuportável odor do descaso da Emasa”.

É mais fácil resolver o problema, não?

LULA NÃO DESCARTA CANDIDATURA EM 2018

Lula pensa em candidatura em 2018.

Lula pensa em candidatura em 2018.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou, na manhã desta sexta-feira (28), em entrevista à Rádio Itatiaia em Montes Claros, região norte de Minas, que, se for preciso, poderá disputar a Presidência da República em 2018.

“Não posso dizer que sou nem que não sou candidato. Sinceramente, espero que outras pessoas sejam candidatas. Agora, uma coisa é certa: se a oposição acha que vai ganhar, que não vai ter disputa, e que o PT está acabado, ela pode ficar certa do seguinte: se for necessário eu vou para a disputa e vou trabalhar para que a oposição não ganhe as eleições”. Com informações do Estadão.

PRODUTORES QUEREM SUSPENSÃO DAS IMPORTAÇÕES DE CACAU E RECLAMAM DE PROCESSADORAS

Produtores querem barrar importação de cacau por causa de prejuízos (Foto Luiz Alves).

Produtores querem barrar importação de cacau por causa de prejuízos (Foto Luiz Alves).

– DESÁGIO POR TONELADA CHEGA A 600 DÓLARES

Produtores de cacau do Sul da Bahia estão reclamando do comportamento das três empresas processadoras – Cargill, Barry Callebaut  e ADM, que, por conta da importação de amêndoas da África e da Ásia, estão forçando a queda de preços no mercado nacional. A atuação das três empresas, que define a política de preços, acaba funcionando como uma espécie de cartel.

Há um ano, as empresas chegaram a pagar um ágio de 200 dólares por tonelada e hoje o deságio atinge 600 dólares por tonelada. A diferença chega a -130 reais a cada saca  de 60 quilos em relação a 2014.  Com uma produção de 700 mil sacas, as perdas são consideráveis e comprometem a capacidade de produção e renovação da lavoura.

A principal reivindicação é que o Governo Federal regulamente a importação de cacau, evitando prejuízos aos  produtores brasileiros. Uma das propostas é suspender a importação de cacau (eliminando temporariamente o chamado dawbrack) pelo prazo mínimo de dois anos, já que a produção nacional, em processo de expansão, é capaz de atender às demandas das indústrias processadoras. A previsão é de que os produtores brasileiros devam colher mais de 240 mil toneladas na safra de 2015/16.

ISAAC DIZ TER SIDO SURPREENDIDO COM REPROVAÇÃO DE CONTAS NO TCE

Isaac diz ter sido surpreendido pelo TCE.

Isaac: surpreendido pelo TCE.

O ex-presidente da Bahia Pesca Isaac Albagli disse ter ficado surpreso com a rejeição de suas contas relativas ao exercício de 2010. O ex-gestor disse ter comparecido ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) para fazer a sustentação oral da sua defesa na terça (25), mas o processo foi retirado de pauta pelo conselheiro-relator Pedro Lino.

Ao PIMENTA, Isaac disse ter buscado fazer a sua sustentação oral por acreditar que a auditoria do TCE que levou à rejeição de suas contas “apresentava equívocos” e citou, por exemplo, a responsabilização quanto ao pagamento de jetons aos membros do Conselho de Administração.

Certamente os senhores conselheiros acatariam meus argumentos, pois esse procedimento existe há mais de 30 anos e nunca foi contestado pelo TCE. Ademais, o gestor não tem interferência alguma sobre o referido conselho. No dia 25, como dito, eu estava presente no plenário para a sustentação oral, mas o conselheiro-relator Pedro Lino, retirou o processo de pauta.

DEFESA CERCEADA

Albagli informou que irá apresentar pedido de reconsideração do processo por ter sido cerceado o seu direito à defesa. “De forma surpreendente o levou à julgamento na data de hoje, sem que o interessado tomasse conhecimento, cerceando assim o direto do contraditório e ampla defesa”

ITAJUÍPE: VICE ASSUME E EXONERA FAMILIARES DE GILKA

Decreto cita prefeita, mas é assinado por Jorjão.

Decreto cita prefeita, mas é assinado por Jorjão.

O vice-prefeito de Itajuípe, Jorge Rodrigues Neto, o Jorjão (PTB), assumiu o comando do município, interinamente, e acionou a caneta para exonerar o filho e a nora da prefeita Gilka Badaró, respectivamente, Humberto Badaró e Cadja Soares.

Até então à frente da Secretaria de Administração e Finanças, Humberto era quem mandava no governo e a esposa dele, Cadja Soares, era a titular da Secretaria de Desenvolvimento Social. Foram exonerados nesta quinta (27).

Os atos de exoneração foram publicados, mas houve deslize na redação dos dois decretos. Os documentos informam que ambos foram exonerados pela “prefeita municipal”. Poderia ser Gilka, mas quem assina o ato é Jorjão, o prefeito em exercício.

GRUPO GALPÃO APRESENTA ESPETÁCULOS EM ILHÉUS

"De Tempo somos" é proposta que une teatro e poesia, na Tenda do TPI (Foto Guto Muniz).

“De Tempo somos” é proposta que une teatro e poesia, na Tenda do TPI (Foto Guto Muniz).

Com os espetáculos De tempo somos – um sarau do Grupo Galpão e Os Gigantes da montanha, o Grupo Galpão encerrará a turnê nacional na Bahia. As apresentações serão em Ilhéus (9 e 10 de setembro) e Salvador (12 e 13 de setembro).

O grupo tem 33 anos de história, sendo 15 deles com patrocínio da Petrobras, e já percorreu o país. Antes da Bahia, as apresentações da Turnê Espírito Santo-Bahia percorrem as capixabas São Mateus, Linhares e Vitória.

A apresentação do dia 9 em Ilhéus será na Tenda do Teatro Popular, na Avenida Soares Lopes, a partir das 19 horas, com o espetáculo De tempo somos – um sarau do Grupo Galpão, com direção de Lydia Del Picchia e Simone Ordones. O espetáculo custará R$ 10,00 a inteira. É, na definição de atores e diretoras, um encontro da música com o teatro. “O grupo foge ao rótulo de espetáculo e experimenta um formato de sarau com cantoria, festa e poesia”.

Já no dia 10, o Grupo Galpão apresenta-se, gratuitamente, na Praça da Catedral de São Sebastião, no centro histórico de Ilhéus, a partir das 18 horas, quando encenará Os gigantes da montanha, dirigido por Gabriel Villela. Trata-se de uma fábula em que é narrada a chegada de uma companhia teatral decadente a uma vila mágica, povoada por fantasmas e governada pelo Mago Cotrone.

Escrita por Luigi Pirandello, a peça é uma alegoria sobre o valor da arte e sua capacidade de comunicação com o mundo moderno, cada vez mais pragmático e empenhado nos afazeres materiais.

"Os gigantes da montanha" será encenada na Praça da Catedral de Ilhéus (Foto Thiago Costoli).

“Os gigantes da montanha” será encenada na Praça da Catedral de Ilhéus (Foto Thiago Costoli).






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia