O assessor parlamentar Manoel Porfírio descartou sua ida para o PCdoB. “Não desejo sair do PT”, disse, acrescentando que mantém ótimas relações com a direção do PCdoB itabunense.

Ainda sobre eventuais desavenças com o secretário estadual de Relações Institucionais, Josias Gomes, Porfírio diz que não foi posto “na geladeira”. “Prova disso é que almoçamos há duas semanas, juntos, eu, o presidente estadual do PT, [Everaldo Anunciação], e o secretário Josias”, disse Porfírio.

Por fim, o assessor parlamentar do vereador Paulinho do INSS diz manter relações cordiais com políticos de todos os matizes. E enfatizou: “De membros do PCdoB a Val Cabral”, complementando que teve um prolongado “bate-papo com Geraldo Simões [ex-deputado federal]”, na Ceplac.