WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










outubro 2015
D S T Q Q S S
« set   nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias





itao






WAGNER: IMPEACHMENT NÃO PODE SER USADO COMO MEIO DE LUTA POLÍTICA

Wagner durante transmissão de cargo na Casa Civil (Foto José Cruz/Agência Brasil).

Wagner durante transmissão de cargo na Casa Civil (Foto José Cruz/Agência Brasil).

O ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, disse hoje (7) que a busca do impeachment por parte da oposição é um ato “perigoso” para o país e para a própria democracia. Segundo o petista, que assumiu o cargo nesta quarta-feira, o impeachment não pode ser usado como meio de luta política. Ele substitui Aloizio Mercadante, que passa a ser o ministro da Educação.

“Considero que o impeachment é um instrumento poderosíssimo para casos muito bem determinados no texto constitucional. Por isso, acho um perigo as pessoas trabalharem o impeachment como se fosse um instrumento de luta política. Ele não trata de luta política. A luta política se trata no debate no Parlamento, na eleição”, afirmou, em sua primeira entrevista coletiva na nova função.

ministro criticou a postura daqueles que, segundo ele, têm agido com o objetivo de “chegar ao impeachment”. “Isso, por si só, já está errado. Tomamos um ano falando o tempo todo que se precisa construir o impeachment, mas ninguém constrói impeachment, ninguém busca. Essa é a grande subversão na minha opinião.”

Wagner acrescentou que a redução da popularidade do governante não pode ser usada como justificativa para tirá-lo do poder. “Significa dizer, se for tocada nessa toada, que toda vez que se tiver um governo que está com a taxa de popularidade baixa, com dificuldade na sua maioria congressual, é a oportunidade para o impeachment? Acho [isso] um risco muito grande, principalmente, no ano em que a gente comemora 30 anos de democracia ininterrupta. Respeito quem está pregando mas, evidentemente, discordo porque acho que é um péssimo uso de uma ferramenta de exceção.”

Jaques Wagner disse que, neste momento, o principal desafio do governo é concluir a reforma administrativa e criar um ambiente positivo para retomada do crescimento. “O anúncio dos novos ministros e os cortes de ministérios são só o começo. Qualquer economia não tem um processo de sustentabilidade definitivo. A economia sempre recebe impacto até das economias de fora.”

TCU

Perguntado sobre o pedido do governo de suspeição do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Augusto Nardes, relator das contas de 2014 do governo, Wagner disse esperar que o Supremo Tribunal Federal (STF) acate a argumentação apresentada pela Advocacia-Geral da União. “Esperamos que seja concedida essa liminar na medida em que apontamos razões concretas do ponto de vista processual. Se a liminar não vier, o ministro [Luís Inácio] Adams fará sua sustentação [no TCU] e vamos aguardar o resultado. Seja qual for o resultado, o próximo passo será na Comissão Mista do Orçamento, que é quem, definitivamente, fará o julgamento ou preparará o voto para análise do plenário.”

Wagner ressaltou que, dentro do governo, não há o temor de que uma eventual rejeição das contas do governo implique a abertura de um processo de impeachment. “Qualquer governante espera a aprovação das suas contas, até porque não existe nenhuma caracterização de dolo nas contas”, disse. “Mesmo que haja a rejeição das contas, que espero que não aconteça, isso não é sustentação para nenhum pedido de processo”, acrescentou.

6 respostas para “WAGNER: IMPEACHMENT NÃO PODE SER USADO COMO MEIO DE LUTA POLÍTICA”

  • Já pensou que de repente os marginais presos do raio (A) raio (B) ou mesmo estes bandidos que assaltaram uma agência dos Correios de São José da Vitória,cidade e Vizinha de Buerarema e Itabuna,assassinara um policial militar.

    D”repente! a corja de ladrões,revindica que são vítimas de perseguição política e o poder judiciário atende as “justas revindicações” da parte ofendida e solta os mesmos.

    É a mesma situação,porem,agravante para o povo brasileiro,pelo fato que,só faz a fastar a meliante do poder e não vai pra cadeia.

    Pela honra e gloria do povo brasileiro,a ladra deve sair e de imediata presa,ai
    se,eis um grande exemplo.

    O que nunca podemos impedir alguém de expressar suas ideias e pensamentos,porem
    podemos não concordar com suas ideias,ideias pelas quais expressadas pelo ex-governador da Bahia,alias o pior governador de todos os tempos da Bahia e que superou o Dr .Waldir Pires.

  • Ricardo dos Santos Santana says:

    Quando o PT derrubou Collor com o Impeachment, aí podia. Quando o PT passou a vida inteira pregando “fora FHC”, aí podia, não é seu Wagner? Agora, não pode, mesmo com o Brasil tendo uma mentirosa no poder, a economia caindo aos pedaços e o povo na rua pedindo providências. Aí não pode falar em impechment.
    Esse PT é mesmo composto por caras-de-pau e um osso duro de roer!

  • Erick Viana says:

    Futuro presidente do Brasil (se Lula permitir, lógico).

  • nadia says:

    Pra Fernando Collor prestou né bando de vigaristas.

  • ARREPENDIMENTO, ARREPENDIMENTO. says:

    Porquê não? Porquê agora não é DEMOCRÁTICO?

    O PT pediu o impeachment de COLLOR, ITAMAR E FERNANDO HENRIQUE!

    Sempre teve como bandeira de luta o impeachment.

    Tem que TIRAR DILMA SIM!

    Ela cometeu crime! Estelionato Eleitoral! Burlou a Lei de Responsabilidade Fiscal e há fortes indícios de que sua campanha foi com DINHEIRO ROUBADO DA PETROBRÁS! DINHEIRO SUJO!

    FORA LULA!

    FORA PT!

    FORA DILMA!

    IMPEACHMENT JÁ!
    IMPEACHMENT JÁ!
    IMPEACHMENT JÁ!
    IMPEACHMENT JÁ!

  • ewerton almeida says:

    Esse Jaques Wagner o Zè carioca, rei do bolodório e lero lero, quando oposição, ele e seus camaradas pediam impeachment para tudo, denunciavan tudo, faziam greve contra tudo e agora no PODER, inventando e pondo em prática, mensalões e petrolões, vêm com a maior cara de pau, achar que diante das mentiras públicas da presidente, das pedaladas fiscais absurdas postas em práticas, de Presidente do Conselho Ddmnistrativo da Petrobras e nemnbros desse Conselho (ele inclusive) que depois de tudo acontecido com a nossa principal estatal dizer não saber de nada, que é absurdo falar em impeachment. Qual o mérito desse ex, governador cujo maior feito foi em benefício próprio ao apagar das luzes do seu governo criaando para para ele uma aposentadiria com salário integral de governador?

Deixe seu comentário






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia