WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





novembro 2015
D S T Q Q S S
« out   dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias





itao




LEVI, AUGUSTO E O PALETÓ

marco wense1Marco Wense

 

O candidato que sai na frente, costuma perder. Vai definhando, definhando, e termina sendo o terceiro mais votado. Esse discurso do “já ganhou”, além de desaconselhável, só acaba em uma grande frustração.

 

Davidson Samuel, do conceituado blog Pimenta, salvo engano no mês de agosto, me liga e diz: “Wense, Jairo Costa, do Correio da Bahia, que faz a Coluna Satélite, acaba de me ligar pedindo seu celular. Vai ligar pra você”.

Eu tinha discordado de um comentário sobre o processo sucessório de Itabuna. Depois de uma civilizada conversa, ficou tudo democraticamente acertado: Jairo continuou com sua opinião e eu com a minha.

É preciso acabar com essa mania, com essa babaquice de achar que tudo que se escreve nos jornais da capital é inquestionável, que seus jornalistas políticos não erram. Uma inominável bobagem.

Agora discordo de uma análise de Levi Vasconcelos, do jornal A Tarde, responsável pela coluna Tempo Presente, sobre o mesmo assunto: a sucessão do prefeito Claudevane Leite (PRB).

Levi, pelo qual tenho uma grande admiração, dá como favas contadas a vitória do tucano Augusto Castro se Davidson Magalhães (PCdoB) e Geraldo Simões (PT) continuarem desunidos.

“Augusto Castro pode encomendar o paletó”, diz Levi. É evidente que qualquer cisão no governismo ajuda a oposição e vice-versa.

A histórica briguinha entre petistas e comunistas só vai durar o tempo que o governador Rui Costa achar que ainda é cedo para dizer “chega”. O pega-pega entre PT e PCdoB não é duradouro.

Nem mesmo o próprio Augusto tem certeza de que será o nome da oposição na disputa pelo cobiçado Centro Administrativo Firmino Alves. O jogo daqui de baixo vai ser decidido lá por cima.

É bom lembrar ao caro Levi que o oposicionismo também tem seus imbróglios. É público e notório que os ex-alcaides Fernando Gomes e o Capitão Azevedo, ambos do DEM, não confiam em Augusto Castro (PSDB).

Outro detalhe, caro Levi, é que Augusto Castro, hoje na frente nas pesquisas de intenção de votos, não vai ficar só pilotando em céu de brigadeiro. Sua aeronave vai enfrentar grandes tempestades.

Aqui em Itabuna, caro Levi, o candidato que sai na frente costuma perder. Vai definhando, definhando, e termina sendo o terceiro mais votado. Esse discurso do “já ganhou”, além de desaconselhável, só acaba em uma grande frustração.

O que ficou estranho foi Levi Vasconcelos concluir seu comentário dizendo que “faltam 11 meses para as eleições e até lá muita água vai rolar”.

Ora, se tem muita água para rolar, então não tem nada decidido, mesmo que Davidson não se entenda com Geraldo. Aconselho ao prefeiturável Augusto Castro não encomendar o paletó.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

10 respostas para “LEVI, AUGUSTO E O PALETÓ”

  • SOLDADO NETO says:

    Brilhante, mais uma vez!

    Excelente análise. Na política, a decisão sempre será nas urnas.

  • Eduardo Barros says:

    Augusto Castro Lero-lero,quem conhece não vota,muito menos confia… Deus livre Itabuna dessa figura.

  • Antonieta pereira says:

    Se forem refazer a dobradinha de 2004 CUMA/AZEVEDO podem, ambos, não só comprar o terno como a caneta da posse.

  • Sobre os vestes de casaco,agasalho pra tomar posse como prefeito(a) de Itabuna,em 1º de janeiro 2O17,nada disso importa,basta vestir uma bermuda,uma camiseta e uma sandália,porem com uma condição,as cores brancos homenagem o 1º dia do ano novo ecujo significado do carnaval de 5 dias na data universal.

    Entretanto,que a nava prefeita(o) seja despido de vaidade,seja vacinada(o) contra corrupção,administra a nossa cidade com extrema transparência,o que lhes deve prevalecer o coração e espirito humildes.

    Que o Senhor Jesus nos prepare uma prefeita(o) que venha nos honrar e nos orgulhar deste gestor da nossa Itabuna.

    Assim,como o Senhor Deus,enviaste um libertador pelo qual,tirar os hebreus da escravidão do Egito,nos enviem senhor um homem dotado do espirito de Deus. Amem!

    O senhor pai Celestial,não olha as vestes,a mesma não tem nenhum valor e importância,pode ser até Nu,porem, despido de vaidades o que importa é o coração e o espirito puro.

  • Efson Lima says:

    Prezado Marco Wense,

    Inicialmente, meus parabéns por discordar da opinião dos colunistas da Capital. A dialética muito propicia novos olhares. Admiro bastante sua coluna! Vida longa! Particularmente, eu gostaria de pedir um favor: há como você nos oferecer como presente de Natal, um breve panorama da política de Ilhéus, Itapé, Canavieiras..? Nós, do sul baiano, que moramos em Salvador, ficamos, por vezes,desatualizados dos cenário regional, apesar do carinho imenso que temos pela nossa origem.

    Abraço!

  • eleitor esclarecido says:

    Esse,analista politico está totalmente enganado,pois o nome que mais se comenta no momento, é do medico Dr.Mangabeira esse sim é que pode comprar o paletó

  • rodrigo pereira says:

    Volta Fernando Itabuna te espera de braços abertos, sorriso no rosto e com brilho no olhar. Bata no peito e cante com emoção sou Azevedo ninguém vai me segurar. IMBATIVEIS CUMA/AZEVEDO.

  • ewerton almeida says:

    Ninguém ganha eleição de véspera e ninguém também está convenientemente preparado para dizer com fidelidade o que acontece na hora da população votar. Todos comemoramos os acertos e nos esquecemos dos vaticínios equivocados por nós proferidos. Tudo pode mudar de uma hora para outra.
    Quanto ao Augusto Castro que conheço desde bem jovem nas lides da sua vida estudantil e na Assembleia com Antônio Menezes. É um que jovem e chegou a deputado por mérito próprio. Não vejo porque não possa ser ele um bom Prefeito para ITABUNA diante das poucas opções que têm aparecido. No mais é cada um “puxando brasa para a sua sardinha”.

  • Zelão says:

    Zelão diz: – “Água e óleo não se misturam.”

    Analisando o comentário do articulista político do Jornal A Tarde, sob o ângulo de visão do “imisturável,” mesmo na política, o seu comentário – ou premunição soteropolitana – como Wense quer fazer crer, está eivado de sabedoria. Vejamos por alguns ângulos:
    – Se a “possível união de Davidson- PCdoB + Geraldo- PT, depende inteiramente, da suprema vontade do governador Rui Costa é o mesmo que afirmar, que Geraldo será o candidato (mesmo sem mandato) e que Davidson aceitará, passivamente, a ordenança.
    -Se a candidatura do deputado Augusto Castro depende do apoio, ou da não candidatura de Fernando Gomes ou Azevedo é de supor, que também será do interesse do prefeito ACM Neto, ter em Itabuna, um prefeito eleito confiável, para a sua candidatura ao governo do estado, em 2018.
    – Diante das alternativas acima, para que não seja contrariada a “premunição wensania,” da derrocada da candidatura de Augusto Castro, fica revelada a “intuição” de Wense, do surgimento da “há muito esperada” terceira via (sempre terceira), com o nome do doutor Mangabeira, do seu querido PDT.

  • CARLOS ARAUJO says:

    -AUGUSTO CASTRO, NÃO PASSA DE MAIS UM POLÍTICO FARSANTE E OPORTUNISTA EM BUSCA DE PODER.
    -TODA SEMANA ELE APARECE NA MÍDIA VENAL, SE AUTO-PROMOVENDO, SE DIZENDO PAI DE TODAS AS AÇÕES QUE O GOVERNO DO ESTADO IMPLEMENTA, E O MESMO É DEPUTADO DE OPOSIÇÃO FERRENHA AO GOVERNADOR.
    -SE O POVO DE ITABUNA QUER MESMO MUDANÇA, E SAIR DESSE CIRCULO VICIADO DE POLITIQUEIROS PROFISSIONAIS, QUE SÓ QUEREM O PODER PARA ENRIQUECER, NESTA ELEIÇÃO TEMOS A OPÇÃO DE UMA TERCEIRA VIA, QUE É O DR. MANGABEIRA.
    -O MESMO PREENCHE TODOS OS REQUISITOS QUE UM BOM GESTOR PRECISA, PARA ADMINISTRAR UMA CIDADE DO PORTE DE ITABUNA.

Deixe seu comentário






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia