WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










novembro 2015
D S T Q Q S S
« out   dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias





itao




GERALDO, DAVIDSON E ROBERTO JOSÉ

marco wense1Marco Wense

 

Dos quatros prefeituráveis de partidos que dão sustentação política ao governo estadual, o ex-alcaide é o grande favorito. Percentualmente, diria que Geraldo tem 90% de chance, Davidson 5%, Roberto José 4% e Leahy 1%.

 

Já estou ficando repetitivo quando digo que o PT de Geraldo Simões e o PCdoB de Davidson Magalhães vão caminhar juntos na sucessão do prefeito Claudevane Leite.

A união entre petistas e comunistas é uma questão de pura sobrevivência política. O cenário aponta uma dependência que tende a ficar cada vez mais escancarada.

Se a junção é considerada como favas contadas, então podemos dizer que o candidato do governismo será Geraldo Simões, com o PCdoB indicando o companheiro da chapa majoritária.

E Roberto José, que é do PSD do senador Otto Alencar, que é aliado do governador Rui Costa, como fica? Vai aceitar passivamente a fritura em torno da sua pré-candidatura?

Ora, até as freiras do Convento das Carmelitas sabem que o governador Rui Costa não medirá esforços para que a base aliada tenha um só candidato a prefeito.

Dos quatros prefeituráveis de partidos que dão sustentação política ao governo estadual – Geraldo Simões, Davidson Magalhães, Roberto José e Carlos Leahy, respectivamente PT, PCdoB, PSD e PSB –, o ex-alcaide é o grande favorito. Percentualmente, diria que Geraldo tem 90% de chance, Davidson 5%, Roberto José 4% e Leahy 1%.

É bom lembrar que a senadora Lídice da Mata, dirigente-mor do PSB, além de ter um bom relacionamento com o governador Rui Costa, comunga com a opinião de que qualquer cisão na base só faz ajudar a oposição.

Robertistas, obviamente os mais lúcidos e politizados, já defendem uma aproximação de Roberto José com o médico Antônio Mangabeira, pré-candidato pelo PDT do saudoso Leonel Brizola.

Muita coisa ainda vai acontecer na movediça areia da sucessão do prefeito Claudevane Leite (PRB).

GEDDEL EM ITABUNA

JuvenalMaynart CeplacAmanhã, sábado (28), o ex-ministro Geddel Vieira Lima e o mano Lúcio Vieira Lima, cotadíssimo para substituir Eduardo Cunha na presidência da Câmara dos Deputados, estarão em Itabuna para discutirem a sucessão do prefeito Claudevane Leite.

Serão recebidos pelo presidente do diretório do PMDB, Pedro Arnaldo, pelo médico Renato Borges da Costa, o pré-candidato Fernando Vita, o vereador Antônio Cavalcante e, principalmente, por Juvenal Maynart.

Digo principalmente, porque Geddel tem a oportunidade de parabenizar pessoalmente Maynart não só pelo bom trabalho realizado na Ceplac, quando superintendente do órgão, como na valorosa contribuição para a implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

8 respostas para “GERALDO, DAVIDSON E ROBERTO JOSÉ”

  • Antonio says:

    Nao tenho a minima duvida que Geraldo sera o proximo Prefeito de Itabuna!

  • Augusto Oliveira Santos says:

    Gosto dos textos do nobre articulista, mas permita-me dizer que tal análise ou não corresponde à realidade política de nosso município ou minimiza sobremaneira o status político de Roberto José, mesmo porque as costuras que estão se efetivando em torno do nome dele vão para além do lugar-comum. Que pese ao Geraldo Simões o fato de ser o principal mandatário do PT em Itabuna e ao Davidson a natural possibilidade de vir a associar-se ao mesmo para sustentar-se politicamente, mas ambos contam com índices desastrosos de rejeição, números que também serão levados em conta principalmente pelos diretórios estaduais de todos os partidos, inclusive pelo PT que inclina-se, sim, pelo detrimento da candidatura de chapa própria em nome da defesa de alguém que esteja com um pensamento político alinhado com o Governo do Estado e com o Governo Federal. Esse alguém, no plano da gestão municipal, é o Roberto José, que, a priori, se não for alçado à condição de candidato apoiado pelo prefeito e pelo Governo do Estado, estará naturalmente a vontade para compor uma chapa forte com forças políticas da oposição e de centro-direita, como o PSDB e o PMDB. De qualquer ordem, ou com apoio de um, ou com apoio de outro, presume-se que as tendências de crescimento de sua chapa e de sua candidatura é mais forte do que o que se sugere no artigo ora assinado.

  • Antonieta pereira says:

    GRANDE chapa Doto Mangabeira e Roberto José. E uma soma de 6 com meia dúzia. Já que ambos NÃO TEM VOTO. KKKKKK

  • Rodrigo José says:

    Kkkkkk que DUPRA boa. Vão ficar conhecida como sem voto e natimorto. Pois esses dois não vão a lugar nenhum. Um desconhece a realidade dos pobres (Mangabeira) o outro ZVIVE de marketing.

  • moncorvo says:

    Esse suco de mangaba vai engasgar wense e bené…

  • Paulo Freitas says:

    A fala da tal Antonieta Pereira, demonstra claramente que é um homem se fazendo passar por mulher. Nenhuma mulher que vem aqui dá a sua opinião,usa esse termo “Grande Chapa” isso é coisa de homem, idiota mesmo. Falar que Mangabeira não tem voto é o cumulo da ignorância, pois eu mesmo sou eleitor dele e assim como eu tem muitos outros. Outra coisa é querer imputar no Dr. Mangabeira o factoide de que ele não “conhece a realidade dos pobres”. Só se Mangabeira fosse incapacitado mentalmente ou um ignorante, coisa que sabemos que ele não o é… Portanto, ele, assim como eu, e toda comunidade itabunense, todos os baianos, todos os brasileiros, mesmo os pobres, conhecem a realidade dos menos favorecidos. Principalmente esses políticos profissionais que até hoje nada fizeram por essa população citada. No mais, podemos dizer que entre todos os candidatos que se apresentaram, Mangabeira é de longe o mais preparado e o mais competente. E possui uma honestidade incontestável. E, tem outra coisa. O dinheiro que por acaso ele venha a possuir, é fruto de seu trabalho e da sua esposa, e nunca foi fruto de arranjos e barganhas politicas, coisas que não podemos dizer de muitos outros. Portanto, antes de falarem bobagem, pensem e procurem o melhor para Itabuna e não o melhor para o seu próprio interesse, pense no coletivo e não no seu próprio umbigo.

  • Maria Alice says:

    O que me deixa, a cada dia mais indignada é observar que algumas pessoas ainda cogitam em apoiar pessoas iguais a Geraldo Simões, Fernando Gomes, Azevedo, que a própria justiça está processando, já processou ou até mesmo encontra-se em vias de processar. Outra coisa, todos esses são profissionais da politica, inclusive Davidson Magalhães, Augusto Castro. Necessitamos, urgentemente, tirar esses profissionais da nossa politica, não estou aqui dizendo em quem o povo deve votar, mas, na minha opinião deveríamos, nós que amamos Itabuna, escolher pessoas que nunca foram prefeito, deputados, vereadores, em nossa cidade. Temos nomes de pessoas ídoneas, sim. Temos Carlos Leahy do PSB, Leninha, Dr. Mangabeira pelo PDT, Fernando Vita pelo PMDB, são nomes que devem ser pensados e analisados. Podem ser uma nova esperança para Itabuna. Portanto, eu acredito que só os interesseiros e os que querem se aproveitarem para mamar na prefeitura, ainda apoiam os que por aqui já passaram e que conseguiram transformar a nossa cidade no que e hoje.
    Não sou politica, sou uma simples dona de casa do Conceição, mas tenho acompanhado de perto a politica em nossa cidade e em nosso país e devo dizer que se não começarmos a modificar essa politica viciada e corrupta pela nossa cidade, vai ficar dificil modificar no Brasil. Uma vergonha o PT, sendo considerado o partido mais corrupto da nossa história politica, e que já devia ter sido banido e extinto, antes claro, devolvendo todo o dinheiro que roubou do nosso país. É o que eu acho, é o que eu penso. E mão quero, aqui, provocar ninguém.

  • Souzinha says:

    Rejeição de Davidson? Todos nós sabemos que Davidson possui as características que o povo quer. Homem honesto e capaz. Coisa que seu Geraldo não é, até pouco tempo, estava inelegível.

Deixe seu comentário






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia