WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










janeiro 2016
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

editorias






:: 15/jan/2016 . 19:27

PREFEITO DE CANAVIEIRAS NOTIFICA EMBASA POR CAUSA DA ÁGUA SALGADA

Almir notificou a Embasa.

Almir notificou a Embasa.

O prefeito Almir Melo notificou, nesta sexta-feira (15), a Embasa pela qualidade da água que está sendo distribuída pela empresa aos canavieirenses. Como poder concedente do serviço de distribuição de água tratada, a Prefeitura concedeu o prazo de 48 horas para a explicação sobre o problema.

De acordo com a direção da Unidade Operacional da Embasa em Itabuna, os dados que estão sendo coletados estão dentro da normalidade, em conformidade com os índices recomendados para o consumo humano. Numa nota enviada ao Pimenta, a Embasa diz que a amostra apontou 33 miligramas de cloreto na água, quando o máximo admitido é 250. A informação também foi apresentada na reunião dos técnicos em Canavieiras, porém os técnicos não souberam dizer em que momento houve a coleta.

Em razão do impasse, já que, comprovadamente, há cerca de uma semana a água apresenta níveis elevados de salinidade, ficou acertado que na próxima terça-feira (19) serão realizadas coletas para análise na captação, em dois momentos distintos: nas marés alta e baixa.

Enquanto isso, a população continua consumindo – quando encontra – água mineral a preços mais altos do que o vendido normalmente.

OS PREFEITURÁVEIS E AS PESQUISAS

marco wense1Marco Wense

 

Os outros postulantes, quando comparados com os integrantes do “trio incendiário”, como é chamado por alguns petistas, demistas e tucanos, são “mauricinhos”. O pega-pega fica mais eletrizante nos debates ao vivo.

 

São vários critérios para a definição do nome que vai encabeçar a chapa majoritária, entre eles o do pré-candidato que tem mais facilidade de atrair aliados, coligações e diferentes forças políticas.

Pesa também na escolha, quase sempre feita pelo comando estadual da legenda, de maneira unilateral e impositiva, o aspecto financeiro. Se o pretendente tem facilidade de arrumar o dinheiro da campanha.

Mas o critério, digamos, mais robusto, é o das pesquisas de intenções de voto. E quando a consulta é realizada por um instituto de credibilidade, a metodologia fica fortalecida.

Essa é a regra. As exceções ficam por conta das legendas que lançam seus candidatos para marcar posição, independente de avaliações. São favas contadas Pedro Eliodório (PCB), José Roberto (PSTU) e Zem Costa (PSOL).

Os outros postulantes, quando comparados com os integrantes do “trio incendiário”, como é chamado por alguns petistas, demistas e tucanos, são “mauricinhos”. O pega-pega fica mais eletrizante nos debates ao vivo.

Nos bastidores do processo sucessório, longe do povão de Deus e dos holofotes, o que se comenta é que o prefeiturável precisa passar dos 5% para continuar sonhando com a candidatura. O prazo limite é o final de abril.

Dos vinte e poucos pré-candidatos que juram que vão disputar o comando do cobiçado centro administrativo Firmino Alves, apenas seis, no máximo oito, serão candidatos de verdade, já incluindo aí a “tríade incendiária”.

Tudo caminha na direção de que governo e oposição tenham um só candidato, como deseja o governador Rui Costa (PT) e como quer o prefeito ACM Neto (DEM).

Davidson Magalhães (PCdoB), Geraldo Simões (PT) e Roberto José (PSD) disputam a indicação pelo situacionismo. Fernando Gomes, o capitão Azevedo, ambos do DEM, e o tucano Augusto Castro pelo oposicionismo.

Dos que sobressaem nas pesquisas, o pré-candidato pelo PDT, o médico Antônio Mangabeira, é o único que pode afirmar, de maneira incisiva, que vai levar sua candidatura até o dia 2 de outubro.

Mangabeira não tem nenhuma ligação com as velhas raposas da política de Itabuna. Tem a garantia do deputado federal Félix Júnior, presidente estadual do PDT, de que sua campanha vai até o fim.

Portanto, aposto em seis candidatos na sucessão do prefeito Claudevane Leite: Pedro Eliodório, Zem Costa, José Roberto, um da oposição, um da situação e o doutor Mangabeira.

O leitor atento perguntaria: Por que no máximo oito? É que deixo mais duas vagas para uma possível rebeldia por parte do Capitão Azevedo e de Roberto José. Os dois, sentido o forte cheiro da fritura, iriam atrás de outro abrigo partidário.

Muitos pré-candidatos – e de legendas expressivas – não chegarão a 5% nas pesquisas de intenções de voto. É bom lembrar que os senhores dirigentes partidários não gostam de balançar os “Mateus” da política.

NOITE COM MORTE E TENTATIVA DE CHACINA EM ITABUNA

Leonardo Matos foi assassinado ontem à noite (Foto Reprodução Plantão Itabuna).

Leonardo Matos foi assassinado ontem à noite (Foto Reprodução Plantão Itabuna).

A noite de quinta-feira (14) foi violenta em Itabuna. A polícia registrou uma tentativa de chacina no Bairro Corbiniano Freire (Pau Caído), por volta das 20 horas, e um homicídio na Califórnia, às 21 horas.

Três pessoas de uma mesma família foram baleadas quando estavam na porta de casa, na Rua Senhor dos Passos, no Pau Caído. Uma mulher e um homem – de 34 e 37 anos, respectivamente – e um adolescente de 14 são as vítimas.

Os tiros contra a família foram disparados por dois homens em uma moto Honda XRE, cor preta, segundo o comando do 15º Batalhão da PM. A placa não foi anotada. O Samu 192 encaminhou as vítimas para o Hospital de Base.

EXECUÇÃO NA CALIFÓRNIA

O homicídio ocorreu próximo ao condomínio residencial Vida Nova, na Califórnia. Era 21 horas, segundo a polícia, quando Leonardo Lucas de Matos, o Léo, de 26 anos, foi baleado e morreu no Hospital de Base.

Léo estava em um Volkswagen Gol (JQC-5997), cor preta, quando três homens se aproximaram em um Crossfox (DLC-3264) e balearam o jovem, que tinha ligações com o crime.

Segundo o comandante do 15º Batalhão da PM, tenente-coronel Daniel Riccio, havia cinco pinos de cocaína no bolso da vítima. A perícia constatou que havia marcas de disparos de dentro para fora do veículo em que Léo estava.

MISSA DE SÉTIMO DIA DE NAILTON RAMOS

Doutor Nailton faleceu na noite do último sábado (Foto Álbum da Família).

Doutor Nailton faleceu na noite do último sábado (Foto Álbum da Família).

A missa de Sétimo Dia de Nailton Ferreira Ramos será nesta sexta-feira (15), às 18h, na Catedral de São José, em Itabuna. Doutor Nailton, como era mais conhecido, faleceu no sábado (9) à noite, aos 83 anos, vítima de uma infecção generalizada.

Nailton foi médico veterinário e teve a vida ligada à defesa da cacauicultura. O gosto pela lavoura começou em casa. Os pais, Odete e Eugenio Simões Ramos, eram fazendeiros tradicionais do sul da Bahia.

Nailton Ramos foi servidor público estadual e trabalhou no Instituto Biológico da Bahia, Instituto de Cacau da Bahia e aposentou-se como servidor da Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri).

Amigos lembram de Nailton como um homem preocupado com a cultura do cacau e o cooperativismo na região – fundou a Cooperativa Grapiúna de Agropecuaristas de Itabuna (Coograp), além de ser associado da Coofaba. O produtor também foi juiz classista na Justiça do Trabalho.

MENOR PRESTAÇÃO DO MINHA CASA, MINHA VIDA SOBE PARA R$ 80,00

Reajuste valerá apenas para novos contratos.

Reajuste valerá apenas para novos contratos.

A prestação mínima do Minha Casa, Minha Vida vai subir de R$ 25 para R$ 80 e será cobrada para as novas moradias do programa habitacional, que começam a ser contratadas neste ano. Pertencente à terceira etapa do programa, a mudança se refere às famílias pertencentes à primeira faixa, com renda de até R$ 1,8 mil.

Para as pessoas que recebem salário mensal de no máximo R$ 800, a prestação será de R$ 80. De acordo com o Ministério das Cidades, para aqueles que têm renda mensal entre R$ 800 e R$ 1,2 mil, o valor corresponderá a 10% do salário. As famílias cujo salário médio varia entre R$ 1,2 mil e R$ 1,8 mil pagarão mensalmente o valor que corresponde a 15% do salário.

A prestação mínima paga anteriormente pelos beneficiários do programa era de R$ 25 por mês. Antes das mudanças, em toda a Faixa 1, cerca de 95% do imóvel era subsidiado pelo governo.

Segundo a presidenta da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior, a prestação para as famílias da faixa de renda mais baixa atendidas pelo Minha Casa, Minha Vida não tinha reajuste desde o lançamento do programa, em 2009, enquanto a renda dos beneficiários e o valor dos imóveis subiram no período. Informações da Agência Brasil.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia