WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










janeiro 2016
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

editorias





itao




ECONOMIA CHINESA CRESCE NO RITMO MAIS LENTO DOS ÚLTIMOS 25 ANOS

Cédula da moeda chiensa, o Yuan (Imagem Banco Popular da China).

Cédula da moeda chiensa, o Yuan (Imagem Banco Popular da China).

A economia chinesa, a segunda maior do mundo, cresceu 6,9% em 2015, o ritmo mais lento dos últimos 25 anos, anunciou hoje o Gabinete Nacional de Estatísticas da China. O governo chinês confirmou a desaceleração da economia, de acordo com o esperado pelos analistas, mas dentro da meta fixada – “cerca de 7%”, informa a Agência Lusa.

Ao longo de 2015, a economia do país asiático continuou a desacelerar progressivamente, ao crescer 7%, no primeiro e segundo trimestres, 6,9% no terceiro e 6,8% no quarto. A taxa registada no último trimestre do ano é a mais baixa desde o pico da crise financeira internacional, em 2008.

“A economia cresceu a um ritmo moderado, mas estável e sólido”, afirma, em nota, o Gabinete Nacional de Estatísticas. O Produto Interno Bruto (PIB) aumentou no ano passado para 67,67 bilhões de yuan, a moeda chinesa (9,48 bilhões de euros).

O setor de serviços representou pela primeira vez mais de metade do PIB chinês, à frente da indústria e agricultura. A produção industrial, que mede o rendimento das fábricas e minas no país, subiu 5,9% em dezembro, em relação ao mesmo período do ano anterior, informou o Gabinete chinês

As vendas no varejo, índice-chave para medir os níveis de consumo, aumentaram 11,1% no mesmo período. O investimento em ativos fixos, que calcula as despesas do governo com infraestrutura, cresceu 10% em 2015, comparado ao ano anterior.

Segunda maior economia do mundo, superada apenas pelos Estados Unidos, a China tem sido o motor da recuperação global desde a crise financeira de 2008. Da Agência Lusa.

1 resposta para “ECONOMIA CHINESA CRESCE NO RITMO MAIS LENTO DOS ÚLTIMOS 25 ANOS”

  • ewerton almeida says:

    o REDA era o que mais se criticava nos governos antes da infeliz era PT na Bahia, que ajudei a chegar ao poder. Hoje o institucionalizaram. A ideia era fazer uso apenas em casos emergenciais. UMA VERGONHA seu despudorado uso no tempo atual. Tudo que o PT dizia antes a respeito do assunto e de tudo em sua vida, deu o dito por não dito, ao chegar ao poder. OU NÃO? Como não criticar? Só não o faz que está dependente ou refém!

Deixe seu comentário








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia