WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










fevereiro 2016
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
2829  

editorias






:: 26/fev/2016 . 20:03

VALMIR DE INEMA PODE FILIAR-SE AO PPS

Valmir, que já foi do PT, pode deixar o Solidariedade.

Valmir, que já foi do PT, pode deixar o Solidariedade.

Do Blog do Gusmão

O vereador Valmir Freitas vai deixar o Solidariedade para ingressar no PPS. Ele acompanha o deputado federal Arthur Maia na troca de partidos.

Cogita-se a possibilidade de Valmir lançar-se como pré-candidato a prefeito de Ilhéus pelo PPS.

O vereador anda descontente com o governo Jabes Ribeiro, que não tem feito muitas interferências em Inema e Pimenteira, distritos onde Valmir tem uma base eleitoral sólida. O parlamentar percebe que a gestão está desgastada, o que pode atrapalhar uma eventual candidatura de JR à reeleição.

Valmir também está muito chateado com o governo da Bahia, que prometeu melhorar a estrada para os distritos de Inema e Pimenteira e  não cumpriu. Há cerca de quinze dias, o engenheiro Saulo Pontes (da superintendência estadual de infraestrutura) afirmou que enviaria máquinas para essas comunidades, mas o maquinário ainda não foi enviado.

COMENDA 536X168

CORREIOS ABREM 4 MIL VAGAS NO PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

correiosreproducaoQuase 4 mil vagas e mais cadastro reserva serão ofertadas no Programa Jovem Aprendiz dos Correios que abriram hoje as inscrições. A participação  no processo seletivo é gratuita e só podem ser feitas pela internet no site dos Correios. O período de inscrição encerra-se em 13 de março. As vagas são para todos os estados do Brasil.

Para participar, o candidato deverá ter entre 15 e 22 anos completos, exceto se pessoa com deficiência; estar matriculado na escola e cursando, no mínimo, o 9º ano do ensino fundamental.

Clique aqui e veja edital e faça sua inscrição

A seleção será simplificada, realizada por meio da comprovação de requisitos referentes à renda familiar, aprovação escolar, série atual e participação em projetos sociais, a partir de uma pontuação detalhada no edital.

Os candidatos escolhidos terão jornada de aprendizagem de 20 horas semanais, distribuídas em quatro horas diárias; participarão de curso de aprendizagem de assistente administrativo realizado no SENAI; e receberão salário de R$ 413,33 além de vale transporte e vale refeição ou alimentação.  O resultado final será divulgado no DOU e no site www.correios.com.br em até 30 dias após o encerramento das inscrições. Com informação do Correio.

GOVERNO DO ESTADO NEGA BOATO E GARANTE SALÁRIO INTEGRAL

dinheiro3O governo estadual negou, nesta tarde de sexta (26), que pretenda parcelar o salário do funcionalismo, como foi largamente propagado em redes sociais hoje. De acordo com nota, o “pagamento integral do salário dos servidores estaduais referente ao mês de fevereiro será feito em lote único na próxima segunda-feira (29), conforme já havia sido publicado no Diário Oficial do Estado de 22 de janeiro deste ano”.

O governo ainda lembra que, neste ano, passou a pagar o salário do servidor em lote único, sendo quitado “sempre no último dia útil do mês”. Ainda de acordo com a nota, a unificação da data de pagamento dos servidores “foi possível graças a um processo de ajuste das suas contas, que possibilita ao Estado manter o equilíbrio fiscal”. A data de pagamento dos servidores a cada mês está disponível no Portal do Servidor.

FIRMEMENTE, ESTAMOS AO LADO DA CEPLAC

Everaldo Anunciação e Josias Gomes.

Everaldo Anunciação e Josias Gomes

A ameaça ocorre justamente no momento que a Ceplac, mais ativamente a partir de 2012, desenvolve plano de contingência para livrar o Brasil da monília.

Às vésperas de completar 60 anos, o que acontecerá em 20 de fevereiro de 2017, a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), forte símbolo da cacacuicultura do Brasil, pode estar perto de sofrer um rude golpe.

Vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a Ceplac atua em seis estados (Bahia, Espírito Santo, Pará, Amazonas, Rondônia e Mato Grosso), por onde se espalha a cultura do cacau no país.

O golpe vem na forma de possível rebaixamento em seu status legal, passando da atual condição de órgão da administração direta a uma simples coordenação, o que fará com que a Ceplac tenha prejuízos significativos nas partes orçamentária, administrativa e financeira.

Tudo isso, sem qualquer sombra de dúvida, deve prejudicar enormemente o andamento dos diversos projetos de pesquisa e de desenvolvimento de novas tecnologias quer caracterizam o trabalho da Comissão.

Não precisa dizer, ainda, o efeito danoso que um rebaixamento institucional desse porte vai produzir em meio aos técnicos, agrônomos e funcionários da Ceplac, principalmente em virtude da redução dos recursos e das condições de trabalho na instituição.

Desde que cheguei à Bahia (no meu caso específico, Josias) estabeleci, na condição de agrônomo, profunda ligação com o trabalho da Ceplac. Nós dois, ligados no mesmo trabalho, desde então, sabemos bem da motivação que guia seus quadros na condução dos trabalhos em favor da cacauicultura e demais sistemas agroflorestais, não só do Estado, mas, ainda, do País como um todo.

Em parceria, desde então, nós assistimos e participamos das angústias e das intervenções técnicas feitas pela Ceplac para enfrentar a praga da vassoura de bruxa, que quase dizimou a produção de cacau na Bahia.

A partir da chegada dessa praga no Estado, com efeitos trágicos na cacauicultura local, foi na Ceplac que agricultores e produtores em geral buscaram o apoio para enfrentá-la, o que acabou produzindo resultados cada vez mais estimuladores.

Pesquisas resultaram então na descoberta do primeiro fungicida biológico para lavouras de cacau, o Tricovab, que, durante 10 anos foi submetido a testes em campo, com eficácia comprovada tanto em tecido morto quanto em tecido vivo. Em 2013, o Tricovab acabou virando produto comercial.

Pelo trabalho da Ceplac, não apenas com a utilização do Tricovab, como pela introdução de clones e manejo adequado do solo, do total de 473,6 mil hectares de terra, 150 mil haviam sido devidamente recuperados, em 2013. Esses números só avançaram desde então.

Nesses quase 60 anos de existência, portanto, sobreviveu e avançou a cultura do cacau no país, sob a égide do trabalho desenvolvido pela gente da Ceplac, gente que, agora, se vê ameaçada pela minimização da estrutura legal da Ceplac. 

O pior é que a ameaça ocorre justamente no momento que a Ceplac, mais ativamente a partir de 2012, desenvolve plano de contingência para livrar o Brasil da monília, uma praga devastadora, ainda não relatada no país, mas já identificada a 150 km do Acre.

Não é possível admitir, creio firmemente nisso, em tal possibilidade, qual seja, a de ver a Ceplac rebaixada ao nível de uma simples coordenação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Nesse momento queremos deixar claro o nosso alinhamento ao lado de todos que, na Ceplac ou fora dela, se dispõem a lutar para que a instituição mantenha o atual status de órgão da administração direta, vinculado ao Mapa.

Temos certeza de que a Ceplac necessita de uma reforma. Mas, de uma reforma que a aperfeiçoe, e, mais do que isso, faça com que a Comissão cresça em dimensão institucional, e, não, como se quer, diminua.

É nesse propósito que reafirmamos nossa profissão de fé com relação a Ceplac, uma entidade que tem marcado não apenas a história da cacauicultura, mas, por extensão, a própria história da agricultura brasileira.

Josias Gomes é deputado federal licenciado e secretário estadual de Relações Institucionais; e

Everaldo Anunciação é funcionário da Ceplac e presidente do PT-BA.

LAVA JATO: JUSTIÇA PRORROGA PRISÃO DE PUBLICITÁRIO E DA ESPOSA DELE

Santana e esposa continuarão presos (Reprodução TV Brasil).

Casal continuará preso (Reprodução TV Brasil).

Da Agência Brasil

O juiz federal Sergio Moro decidiu hoje (26) prorrogar por cinco dias a prisão do publicitário João Santana e da mulher dele, Mônica Moura, além da funcionária da Odebrecht Maria Lúcia Tavares. Moro atendeu ao pedido da Polícia Federal e do Ministério Público Federal.

Os três foram presos na 23ª fase da Operação Lava Jato, conhecida como Operação Acarajé. Na mesma decisão, Moro decidiu soltar Vinícius Veiga Borin, empresário ligado a uma empresa offshore investigada na Lava Jato, e Benedicto Barbosa da Silva, executivo da Odebrecht.

Segundo a PF, há indícios de que o publicitário João Santana recebeu R$ 4 milhões da empreiteira Odebrecht no Brasil e os documentos apreendidos divergem da versão apresentada pelo casal nos depoimentos prestados nesta semana. A suspeita é que o dinheiro tenha origem no esquema de desvios na Petrobras.

Na decisão, Moro disse que João Santana e Mônica Moura não explicaram, nos depoimentos à Polícia Federal, os motivos pelos quais a Odebrecht teria feito pagamentos pelas campanhas na Venezuela e em Angola.

:: LEIA MAIS »

NOITE TEM MEMÉ NA AABB E TEATRO NO CCAF

Memé apresenta seu repertório variado na AABB (foto Divulgação)

Memé apresenta seu repertório variado na AABB (foto Divulgação)

A noite grapiúna tem hoje boas opções para quem gosta de teatro e de boa música. No Centro de Cultura Adonias Filho, às 20 horas, acontece a primeira apresentação da peça Confissões de Mulheres de 30, que traz no elenco as atrizes Nanda Lisboa, Mariana Moreno e Mariana Borges. O espetáculo faz uma abordagem bem-humorada das preocupações, amores e temores das chamadas balzaquianas.

Além da noite de hoje, as meninas voltam ao palco do CCAF neste sábado (27), às 20 horas, e no domingo, às 19h. Ingressos à venda na bilheteria do Centro de Cultura.

VOZ E VIOLÃO – Outro excelente programa é a “Sexta Super Musical da AABB”, que esta noite traz o som de Memé, a partir das 20 horas, na Cabana do Tempo. No repertório, MPB, axé e música internacional.

O evento tem entrada franca para sócios e não-sócios do clube, além de não ser cobrado couvert artístico.

NEGLIGENTE COM O DEVER DE CASA, ESTADO OFERECE PALIATIVO CONTRA CRISE DE ABASTECIMENTO EM ITABUNA

Prefeito foi recebido ontem em audiência na Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (foto Ascom/SIHS)

Prefeito foi recebido ontem em audiência na Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (foto Ascom/SIHS)

Nem um dilúvio será capaz de resolver o problema da falta de água em Itabuna no longo prazo. O que a cidade precisa, e todos sabem disso, é de uma melhor infraestrutura para regularizar o abastecimento, evitando tanto sofrimento da população em períodos de pouca chuva.

Itabuna, uma cidade com mais de 220 mil habitantes, continua sem um reservatório de água. A barragem no Rio Colônia, cujas obras pararam há três anos, continua a ser uma promessa. Em novembro do ano passado, o governador Rui Costa assinou ordem de serviço para retomar a construção, e o prefeito Claudevane Leite declarou que os trabalhos seriam reiniciados no prazo de 60 dias. O tempo passa e mais uma falácia se confirma.

Enquanto isso, a população sofre. A pouca água que a Emasa fornece vem batizada com sal e não serve para o consumo humano. A própria empresa reconhece e adverte que sua água é prejudicial à saúde.

E o Estado, como não cuida da infraestrutura, sinaliza com remendos. Nesta quinta-feira (25), Claudevane Leite foi recebido pelo secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento da Bahia, Cássio Peixoto. Ouviu dele a promessa de que o governo utilizará carros-pipa para levar água da Embasa para Itabuna. Também serão fornecidos 100 tanques e o governo ainda se comprometeu a ajudar a Prefeitura na retirada de baronesas do Rio Cachoeira.

A necessária infraestrutura, por enquanto, continua na relação de débitos do Governo do Estado com Itabuna. Da parte de quem deveria ser mais incisivo da cobrança do essencial, nota-se certo conformismo com as migalhas oferecidas.

OPERAÇÃO ABAFA NO CIOMF

A diretora do Núcleo Regional de Educação (NRE 5), Solange Sampaio, disse que as nomeações dos novos dirigentes do Centro Integrado Oscar Marinho Falcão (Ciomf) seriam publicadas no Diário Oficial do Estado de hoje (26).

A edição do DOE saiu, já a nomeação…

Pais de alunos, alunos e professores entenderam a posição da diretora do NRE 5 como uma tentativa de minar o protesto marcado para esta manhã, quando a comunidade escolar do Ciomf sai em marcha até a sede do núcleo regional (relembre aqui).

Ontem, a Secretaria Estadual de Educação informou, em nota a este blog, que a nomeação deverá ocorrer nos próximos dias, após uma investigação concluir a lisura do processo eleitoral no Ciomf. A eleição ocorreu em 10 de dezembro passado, quando Semíramis Castro foi eleita com 90% dos votos para comandar o colégio, tendo como vice-diretores Ítalo Costa, Isis Conrado e Stephanie Cabral.

ITABUNA REGISTRA 30º HOMICÍDIO ESTE ANO

Passados dez dias de relativa tranquilidade, Itabuna registra mais um homicídio em 2016. Foi o 30º este ano.

A vítima é um homem de 60 anos, identificado como José Ribeiro da Silva, que era conhecido como “Chuchu”. Seu corpo foi encontrado na madrugada desta sexta-feira (26), na Rua Capixaba, bairro Parque Boa Vista.

O crime tem característica de execução. A vítima foi atingida por cerca de 15 tiros. No local do homicídio, os policiais encontraram munição calibre 12.

PF CUMPRE MANDADOS EM SEIS ESTADOS

PF deflagra a Operação Recebedor, desdobramento da Lava Jato (Foto Arquivo).

PF deflagra a Operação Recebedor, desdobramento da Lava Jato (Foto Arquivo).

Agentes da Polícia Federal (PF) estão cumprindo hoje (26) mandados judiciais em seis estados e no Distrito Federal. Segundo nota da PF, a Operação Recebedor investiga desdobramentos de fatos apurados na Operação Lava Jato, com base em informações colhidas em acordo de leniência e delação premiada de um dos investigados. Ele forneceu documentos e provas testemunhais contra empresas e pessoas que também teriam participado do esquema criminoso.

A PF executa sete mandados de condução coercitiva (quando a pessoa é levada para prestar depoimento e depois liberada) e 44 mandados de busca, que estão sendo cumpridos simultaneamente nos estados do Paraná, Maranhão, Rio de Janeiro, de Minas Gerais, São Paulo, Goiás e no Distrito Federal. Membros do Ministério Público Federal em Goiás participam dos trabalhos.

De acordo com o texto, as buscas visam a colher provas do pagamento de propina para a construção das ferrovias Norte-Sul e Integração Leste-Oeste, bem como da prática de cartel e lavagem de dinheiro ilícito obtido por meio do superfaturamento de obras públicas.

Somente no estado de Goiás, foi detectado desvio de mais de R$ 630 milhões, considerando-se somente os trechos executados na construção da Ferrovia Norte-Sul. Da Agência Brasil








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia