WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia





março 2016
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias





itao

RUI COSTA “JOGA BALDE DE ÁGUA FRIA” EM CONCURSADOS DA POLÍCIA

Rui muda discurso e diz que não há recursos para nomear policiais

Rui muda discurso e diz que não há recursos para nomear policiais

O governador Rui Costa disse hoje, em entrevista à Rádio Sociedade, que não tem a menor possibilidade de nomear todos os aprovados nos últimos concursos da Polícia Civil e da Polícia Militar. Apesar de ter antes prometido que tais nomeações ocorreriam assim que os aprovados concluíssem os respectivos cursos de formação, Costa voltou atrás, alegando que o Estado ultrapassou o limite prudencial de gastos com a folha de pessoal.

Os cerca de 800 aprovados no certame da civil, realizado em 2013, aguardam para hoje a divulgação do resultado final do curso de formação. O treinamento foi realizado ao longo de quatro meses – de agosto a dezembro do ano passado – e a última avaliação foi aplicada nos dias 23 e 24 de janeiro. Confiantes em repetidas promessas do governador, os futuros policiais esperavam que a convocação viesse logo em seguida.

No dia 29 de janeiro, em Vitória da Conquista, o governador afirmou que todos os policiais seriam contratados “logo após o Carnaval”, pois, segundo ele, essas nomeações já estariam dentro da previsão orçamentária (confira matéria e vídeo em que Rui dá essa informação). “Para os aprovados, que já haviam paralisado suas vidas e deixado empregos para ficar quatro meses em Salvador, no curso de formação, aquela promessa foi um alento, mas agora vem esse balde de água gelada”, afirma um dos concursados.

FALTA DE PLANEJAMENTO – Ele acredita que o governo demonstrou falta de planejamento ao convocar os aprovados para formação em 2015 sem ter a certeza de que poderia nomeá-los em seguida. “Muita gente saiu do interior, abandonou emprego e arcou com altas despesas para se manter em Salvador, inclusive fazendo dívidas, pois a bolsa fornecida era insuficiente”, reclama o mesmo concursado.

Na entrevista de hoje, Rui Costa informou ter solicitado um levantamento para saber quantos policiais se aposentaram ou morreram desde a publicação do edital do concurso da Polícia Civil, no início de 2013. Segundo ele, parecer da Procuradoria Geral do Estado recomenda a nomeação apenas do número correspondente aos óbitos e aposentadorias ocorridos nesse período, ou seja, nos últimos três anos.

11 respostas para “RUI COSTA “JOGA BALDE DE ÁGUA FRIA” EM CONCURSADOS DA POLÍCIA”

  • Oliveira says:

    Essa última declaração do governador nos deixa revoltados.
    Desde 2013 nós concursados, temos despesas com esse concurso… Muitos colegas contraíram dívidas para conseguir se manter em Salvador para fazer o curso de formação, sem falar em todas as despesas para realizar as 7 etapas do concurso. Depois de tudo isso e também de muitos outros problemas que tivemos com o certame ao longo desses 3 anos, o governador declara que não vai nos nomear.
    Isso é no mínimo revoltante!

  • Pereira says:

    SINTO-ME FRUSTRADA E INDIGNADA FRENTE A ESSA REALIDADE. FOI MUITO EMPENHO, INVESTIMENTO E DEDICAÇÃO PARA AGORA SER RECEPCIONADA COM ESSA INFELIZ NOTÍCIA.

  • ARREPENDIMENTO, ARREPENDIMENTO. says:

    Temos que expurgar o PT do Governo.

    Irresponsáveis, incompetentes, salafrários.

    Parem de comer caviar e degustar champagne.

    Esquerda sociopata. Demagogos, populistas, cretinos, hipócritas.

    Fora Lula. Fora Dilma. Fora PT. Fora PT.

  • snake says:

    Deixem de desespero. Serão policiais medrosos é? O Governador não disse que ninguém seria nomeado. Ele disse que nem todo mundo seria nomeado, ou seja, alguns serão nomeados (os primeiros da lista podem ficar tranquilos que a nomeação sai ainda esse mês).

  • Em outubro digite 13 e Confirme says:

    Em outubro digite 13 e Confirme

  • ja passei por isso says:

    Ja passei por esse pesadelo fui nomeada 4 anos apos a formação por mandado de seguranca. Tenha fe antes disso irao alguns.

  • Juca says:

    Snake, você está equivocado e parece não saber nada sobre os absurdos ocorridos ao longo deste concurso. Como pode o governo convocar mais de 800 pessoas para um curso de formação, que pressupõe uma nomeação na sequência, e depois dizer para essas pessoas, após treinadas, que não há previsão de quando elas serão nomeadas?

    O governo demonstrou falta de planejamento, no mínimo. Mas também pode ter simplesmente utilizados esses pobres candidatos em seu marketing político, para vender um falso discurso de preocupação com a segurança pública. Irresponsabilidade, falta de respeito… Centenas de pessoas abandonaram seus empregos, alguns deram baixa na OAB e deixaram de advogar. Não foi fácil passar quatro meses em Salvador, recebendo bolsa com atraso, se endividando…

    O governador não pode brincar assim com as pessoas. Se havia a possibilidade de ultrapassar o limite prudencial de gastos com a folha, por que chamou todos os aprovados e não apenas uma parte, aquela que efetivamente poderia ser nomeada? FALTA DE PLANEJAMENTO é o mínimo que pode ser dito sobre isso.

    Há pessoas que passaram a viver em função desse concurso, pois foram levadas pelo governo a crer que a nomeação seria breve. No final de janeiro, o governador afirmou em alto e bom som que as nomeações ocorreriam APÓS O CARNAVAL!!! Puxa, era mentira! E aí, o que dizer de um governador que age com tal leviandade?

    Esse comportamento, essa desfaçatez, é que respalda o pelourinho em que se encontra hoje a classe política, especialmente os membros do Partido dos Trabalhadores. O governador dá sua preciosa contribuição para enlamear ainda mais a imagem dos titulares de mandato eletivo.Sua atitude é simplesmente vergonhosa e indigna do cargo que ocupa.

  • Lucas says:

    É UMA VERGONHA, a Bahia indiretamente e nós candidatos tomamos uma rasteira. SNAKE se coloque no lugar daqueles que não estão bem classificados (o que não é demérito pra eles em um concurso concorrido disputado ponto a ponto) e você sabe disso, pois existem muitas pessoas qualificadas nesse certame, com pós graduação e mestrado inclusive, que estavam ansiosos e aguardando a investidura no cargo.

  • vergonha says:

    Quando um candidato resolve prestar concurso público, ele investe muito em cursinhos, livros, muitas vezes, para de trabalhar para se dedicar ao sonho de ser aprovado no certame. Essa primeira fase é penosa e exige DEDICAÇÃO E ABDICAÇÃO EXTREMAS. No caso do concurso de Polícia há ainda várias outras fases:TESTE DE APTIDÃO FÍSICA, PSICOTÉCNICO E EXAMES; todas essas fases são dispendiosas, pois, o candidato arca com os custos da viagem e dos exames. Só o toxicológico foi R$360,00. Na fase seguinte o curso de formação:aluguel, transporte, alimentação, e dedicação integral, ou seja, o candidato fica desempregado. E a bolsa? um salário-mínimo por mês.Logo, foi um grande investimento de tempo e dinheiro, sem lograr êxito na nomeação. Isso não é medo, é indignação! O Estado tem o dever de nomear todos. Ninguém aqui está brincando de ser policial.Somos profissionais, pois, temos nível superior, que ao invés de trabalhar pela Bahia, estamos parados esperando!É assim que vocês querem que o Brasil cresça?desperdiçando dinheiro e mão de obra. Sem contar que a dívida de muitos aprovados só aumenta, pois, não paramos de consumir e de pagar impostos.

  • Leonardo says:

    Respodendo ao Snake:
    1 – é para desespero sim porque nao é o senhor que espera a 3 anos a sua merecida nomeação, não é o senhor que se encontra parado sem trabalahr e com as contas batendo a porta todos dias com familia para sustentar
    2 – espero que o senhor não seja policial porque não tem nenhum “espirito de corpo” não é porque os primeiros serão chamados que vamos esquecer dos amigos e companheiros de batalha que estao em colocacao menos favorecida
    3 – seja menos puxa-saco por favor e mais racional

  • Calamidade da segurança pública na Bahia says:

    Se não teria ORÇAMENTO PARA NOMEAÇÃO por qual motivo HOUVE A CONVOCACAO para o curso de formação????
    Quantas pessoas DEIXARAM SEUS EMPREGOS POIS FORAM OBRIGADAS, PARA SE DEDICAREM EXCLUSIVAMENTE À UM CURSO DE FORMAÇÃO MANHÃ/ TARDE E NOITE!!!! Como manter um emprego com um curso de formação com uma carga horária tão exaustante?
    agora todo esse conhecimento adquirido está MARGINALIZADA!
    A população sofre com o estado de calamidade da segurança pública da Bahia!
    Imagine perder um membro da família e demorar mais de 8 meses para a LIBERAÇÃO DO CORPO?!

Deixe seu comentário






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia