WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba

unesul bahia

uniftc






abril 2016
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias

itao




MUDA TUDO: SEGUNDO GOVERNO, CEPLAC SERÁ REESTRUTURADA E TERÁ LIGAÇÃO DIRETA COM O PRIMEIRO ESCALÃO

ceplac2Depois de provocar um desconforto na classe política regional – abrangendo tanto oposição quanto situação -, o Ministério da Agricultura promete uma verdadeira reviravolta no caso do rebaixamento da Ceplac. Segundo nota oficial, o órgão ligado à cacauicultura será reestruturado e passará a ter ligação direta com a cúpula do Ministério.

A nota informa que um novo decreto será publicado nos próximos dias, trazendo em seu bojo o novo perfil da Ceplac. A promessa é de que o órgão será fortalecido e modernizado, após enfrentar um processo de defasagem “devido a sucessivas perdas de orçamento e falta de renovação do quadro de servidores”.

O próprio Ministério reconhece a situação vexatória da Ceplac, após 29 anos sem realizar concurso público e sofrer cortes profundos em suas receitas. “De 2010 a 2016, os recursos da Ceplac, conforme a Lei Orçamentária Anual (LOA), caíram de R$ 32,4 milhões para R$ 19,8 milhões, redução de 63%”, diz a nota.

A ministra Kátia Abreu, duramente criticada após o decreto que foi visto como a sentença de morte da Ceplac, deu um cavalo de pau no discurso. “É fundamental investir em pesquisa, inovação e tecnologia. Precisamos investir no quadro de pessoal. Nosso país tem todo potencial de voltar a ser um grande exportador de cacau, produto que está ligado à identidade nacional brasileira, juntamente com o café”, diz agora a ministra, mais ceplaqueana do que nunca.

A nota do Ministério destaca ainda o aumento das exportações de cacau em 10% no ano passado. Segundo Kátia Abreu, isso é só o começo. Ela afirma que “o produto entrou na pauta do Mapa e das Negociações internacionais”.

3 respostas para “MUDA TUDO: SEGUNDO GOVERNO, CEPLAC SERÁ REESTRUTURADA E TERÁ LIGAÇÃO DIRETA COM O PRIMEIRO ESCALÃO”

  • Dorcas Espírito Santo says:

    E para o cacauicultor muda o que??? O cacauicultor é vítima de um crime de terrorismo biológico que arrasou com a cultura de cacau e com toda sociedade sul baiana,transformando essa região numa das mais violentas do Brasil, crime esse, (operação cruzeiro do sul), muitíssimo provavelmente planejado e colocado em prática por um grupo de militantes do PT,funcionários públicos da CEPLAC, dentro dessa instituição. Por isso volto a perguntar; melhora tudo para o ceplaqueano e para o cacauicultor melhora o que??? O crime no Brasil de fato compensa???

  • ilheensedagema says:

    GOSTARIA QUE O DOCA ESPÍRITO O SANTO REFLETISSE:

    – Todos Ceplaqueanos são terroristas biológicos?

    – A extinção da Ceplac, beneficiaria a quem?

    – A Ceplac é patrimônio da sociedade região cacueira ou dos funcionários?

  • ilheensedagema says:

    Parabéns para o governo, que começou a corrigir um lamentável equívoco.
    Parabéns aos aos deputados baianos com destaques para Davidson e Bebeto.
    A região estava sem representação na câmara federal a a muito

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia