WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia






secom bahia








abril 2016
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias





itao




JOSIAS GOMES DIZ CRER EM VITÓRIA DE DILMA CONTRA IMPEACHMENT

K

Rui e Josias com os 24 deputados federais baianos contrários ao impeachment.

Deputado federal licenciado e secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes acredita em vitória da presidente Dilma Rousseff no próximo domingo (17), quando será votado o processo de impeachment pela Câmara dos Deputados.

O secretário e o governador baiano, Rui Costa, se reuniram com 24 parlamentares federais da bancada baiana em Brasília. Todos, segundo Josias, fecharam questão contra o impeachment. Há pouco, o secretário concedeu a seguinte entrevista ao PIMENTA:

Blog Pimenta – Nas contas do governo, dá para vencer este processo?
Josias Gomes –
Sendo pés no chão, digo que dá. Somente no PMDB, temos 10 votos. No PSD, que eram 7, hoje são 10 contra o golpe. No PSB, já são 7 votos. Eles [os oposicionistas] é que precisam de 342 votos para aprovar o golpe. Sem contar que alguns deputados que poderiam votar pelo impeachment poderão estar ausentes.

Pimenta – Não está sendo muito otimista?
Josias –
Veja o PSB. Houve uma dissidência interna, aberta pelo deputado mineiro Júlio Delgado. Ele já disse que não vota com nenhum dos lados. Isso conta para nós. Estou sendo realista.

Pimenta – E na Bahia?
Josias –
Fizemos uma reunião, o governador Rui Costa e eu, com 24 deputados federais baianos. Todos votarão contra. Só aí são 14% dos votos que a presidenta Dilma precisa para impedir o golpe.

 

______________josias gomes

VOTOS NO DOMINGO – Fizemos uma reunião, o governador Rui Costa e eu, com 24 deputados federais baianos. Todos votarão contra. Só aí são 14% dos votos que a presidenta Dilma precisa.

______________

 

 

Pimenta – Que cenário o senhor visualiza com a vitória de Dilma, no domingo?
Josias –
Dilma vencendo e Lula vindo para o ministério [da Casa Civil], o governo começará de fato a existir, agindo como primeiro-ministro.

Pimenta – O senhor assume o mandato para a votação de domingo?
Josias –
Estamos atuando na coordenação política e, junto com o governador, conseguimos reunir 24 votos (dos 39 da bancada baiana). Conseguimos unificar os deputados em torno dessa proposta contra o golpe, o impeachment.

Pimenta – Estes votos estão assegurados ou o discurso muda na hora da votação?
Josias –
Os 24 deputados estão fechados mesmo. O que existe é muita fofoca, embora, no PP, haja uma briga por ministérios. No partido, o que tínhamos [de voto], não perdemos.

Pimenta – 10, 20 votos?
Josias –
Não. São 15 [votos]

6 respostas para “JOSIAS GOMES DIZ CRER EM VITÓRIA DE DILMA CONTRA IMPEACHMENT”

  • josenaldo says:

    Ahahahah…a turma do Mensalão e do Petrolão quer continuar mamando……

  • angolano says:

    Acho que o nobre deputado está desatualizado

  • antonio amparo badaró says:

    Josias de ter tomado alguma pancada na cabeça. Seus delirios são assustadores. Sua recuperação deve acontecer após a aprovação do impeachment

  • Cláudio says:

    Sinceramente!!! muita cara de pau destes pilantras ainda virem defender um governo recheado de corrupção e trata a expulsão como golpe. aff!!!

  • ANONIMO says:

    COMO VOCER E COLEGA DE AECIOPOR EDUARDO CUNHA E MAIS 17 DEPUTADO REU FALTANDO JURGAR SE FOCE DE OUTRO PARTIDO JA TINHA JUGADO,VOCER DAS 2044 VOCE CONHECEM O LIVRO DE AMAURY RIBEIRO JR QUE SE CHAMA PILATARIA TUCANA ,DEPOIS VENHA FALAR DE CORRUPÇAO PORQUER E UM ABESTALHADO SE METENDO COM O QUE NAO CONHECE PRA FALAR CLULA E DILMA LAVE A BOCA RAPAZ.

  • JORGE says:

    Vai continuar tudo no mesmo. Se o impeachment vencer, o Brasil vai pular do caldeirão fervente e cair no braseiro. Antes haviam dois bandidos no comando: Dilma e Temer. Com o impeachment vitorioso, serão dois larápios: Temer e Cunha.
    Não se iluda quem pensar que será divino e maravilhoso a saída de Dilma. Vai
    continuar o sucateamento da saúde, a falta de empregos, fechamento de indústrias, a roubalheira dos governos (estaduais e municipais, também), a onda violências, inclusive com assaltos a bancos, legado do PT, PCdoB e demais partidos iguais que fizeram escola na época dos militares.
    A “pátria educadora” vai dar a resposta já nas próximas eleições municipais. Aqui em Itabuna a resposta vai ser dada a Davidson e Augusto Castro que abandonaram seus mandatos antes do término, em troca do mandato de prefeito.

Deixe seu comentário






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia