WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










abril 2016
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias





itao






MAIS UMA COMÉDIA NESTA POBRE REPÚBLICA

(4) Luiz      ConceiçãoLuiz Conceição | jornalistaluizconceicao2@gmail.com

 

O poder só pode ser transferido pelo voto universal e direto e não por tentativas torpes e execráveis. Chega de a classe política transformar o processo legislativo em uma cafua.

 

A despolitização de parte de nossos concidadãos, a negativa da Política por outra parte imaginando que, distante, vive no Eden, o analfabetismo político e a avidez descarada pelo poder da maioria dos políticos nos levou a esse labirinto digno de um conto de Machado de Assis, se vivo estivesse. Desde o nascimento da República, fato tão bem narrado pelo jornalista e escritor Laurentino Gomes, no livro 1889, o povo brasileiro continua bestializado com os rumos do país. Não participa diretamente e apenas assiste.

Parece que o tsunami que vivemos na política nacional, acontece do outro lado do globo, no sudeste asiático.  É preciso que as pessoas acordem para a pantomina engendrada maliciosamente no Congresso Nacional, cujo desfecho para o bem ou para o mal teremos no horário nobre da TV. Aliás, a mídia brasileira beira o ridículo, para dizer o mínimo, ao desbordar da neutralidade jornalística e se bandear quase que inteiramente para o lado contrário à sensatez. Poder político se ganha no voto! Aos olhos do mundo, o Brasil passa vergonha!

A partir de frágil e politiqueira denúncia para abertura de um pedido de impeachment, que completa a irracionalidade dos que não souberam perder com altivez a eleição presidencial de 2014, há duas semanas se vive um Big Brother, onde a TV não mostra o que acontece sob edredons. A vingar a desforra, passaremos mais tempo ainda com essa sensação nefasta que nos aprisiona. A sociedade como um todo está apreensiva, temerosa de que oportunistas acedam a chama que pode incendiar o país, tido e havido como de um povo ordeiro e pacifico.

Como insculpido na Constituição Cidadã de 1988, no parágrafo único, do artigo 1º, todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente. Portanto, o poder só pode ser transferido pelo voto universal e direto e não por tentativas torpes e execráveis. Chega de a classe política transformar o processo legislativo em uma cafua, onde os mais espertos fazem tratativas em benefício próprio ou de grupos, sem votos, em desrespeito à maioria que nas urnas fez sua opção política soberana. Não se pode defenestrar o governante por subjetividades e gostos pessoais.

Para quem não leu a obra literária 1889, talvez baste dizer que o escritor rememora relatório que teria sido despachado para Viena pelo embaixador austríaco no Rio de Janeiro na data da Proclamação da República: “A grande massa da população, tudo quanto não pertencia ao partido Republicano, relativamente fraco, ou à gente ávida de novidades, ficou completamente indiferente a essa comédia, encenada por uma minoria decidida. ” Acrescenta o autor, que mesmo relato teria feito o embaixador francês.

Com pequenos retoques é mais uma comédia que se vive neste instante nessa pobre República. Agora como deslavada farsa, conduzida por um bando que se reveza na tribuna e na TV para defender o indefensável e nos ridicularizar ainda mais como nação.

 

Luiz Conceição é jornalista e bacharel em Direito.

7 respostas para “MAIS UMA COMÉDIA NESTA POBRE REPÚBLICA”

  • Tempo Rei says:

    Em programa de Serginho Groisman Lula recomenda o impeachment contra todo político que não corresponda com as idéias que defendeu.

    https://youtu.be/L-k0dzeDWvo

  • Recordando says:

    o PT era o rei do impeachment porque ele entrou com pedido de impeachment contra o Collor, contra o Itamar Franco e contra o Fernando Henrique. Só não entrou contra o Lula porque era do PT.

  • ilheensedagema says:

    O PT usa “dois pesos e dua medidas, como diz o ditado popular.
    Impeachement para Collor era democracia, para Dilma é Golpe.

  • ANONIMO says:

    VOCES DOS COMENTARIO ACIMA OU SAO DOIDO OU NAO TEM MEMORIA PORQUER COLLOR FOI TIRADO DA PRESIDENCIA PORQUER ELE TRANCOU O DINHEIROS DA ELITE OU SEJA DOS RICO,HOJE A HISTORIA E OUTRA E UM LADRAO EDUARDO CUNHA MAIS 17 DEPUTADOS JA REU QUE NAO TEM MORAL ALGUMAS PARA AFASTAR A PRESIDENTA PRIMEIRO SE AFASTA CUNHA E SUA QUADRILHAS E DEPOIS A PRESIDENTA OK OTARIOS.

  • ANONIMO says:

    PARA OS GOLPISTA QUAL FOI O CRIME QUE DILMA COMETEU, ATE AGORA ELA NAO FOI SITADA NA LAVA JATO QUEM FOI FORAM EDUARDO CUNHA AECIO NEVES E MAIS 17 DEPUTADOS O POBREMA E O BOLSA FAMILIA MINHA CASA MINHA VIDA E O PRONATEC PROUNI SAMU E O IDOSO VIAJANDO DE GRAÇA E O POBRE ANDANDO DE AVIAO ESSES SAO O POBREMA PARA O GOLPE BRANCO ALGUM POBRE BESTA E QUE ENTRA NESA QUEM QUER DA O GOLPE E OS RICO.

  • leonardo says:

    para quem não tem memoria,ai vai um video Lula articula o impeachment de Fernando Collor – 1992 https://www.youtube.com/watch?v=zHe9XN-Ewlg
    impeachment não é crime estar na constituição,esse não foi o 1° e nem sera o ultimo caso de impeachment no BRASIL,a pessoa que foi eleita nas urnas,não lhe ta o direito de cometer quais quer tipo de crime e não ser afastado,imagine prefeitos ,vereadores,governadores cometer crimes e não poder ser afastados?só porque foi eleito nas urnas?não existe esses argumentos,um prefeito ou um governador que comete crime de responsabilidade fiscal é afastado,assim o mesmo acontece com presidente,são esses motivos que Dilma estar sendo julgada,Dilma foi citada no lava Jato pelo lider do senado do PT, Delcidio do Amaral,agora acho que Temer tinha que ser afastado pelo fato de fazer parte do governo como vice presidente,Eduardo Cunha não pode ficar livre,Renan calheiros e muitos outros tem que sair do poder,vi um comentário ai falando que lula e Dilma tirou muita gente da pobreza e muitas outras coisas,se isso tudo que ele falou é verdade,não ta o direito a Dilma ou Lula roubar o país,O Brasil estar acima de qualquer pessoa,exemplo votei em LUla 2006 e Dilma em 2010,hoje tenho certeza que eles usaram o país para se auto beneficiar e tem que pagar pelos crimes que cometeram.

  • Efigênia Oliveira says:

    Já disse Lima Barreto:

    O Brasil não tem povo, tem público.

    Traduzindo, o povo luta pela democracia e o público aplaude o golpe.

Deixe seu comentário








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia