WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





maio 2016
D S T Q Q S S
« abr   jun »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias






:: 18/maio/2016 . 19:35

PROTESTO NA CAIXA D’ÁGUA

Moradores queimaram objetos, interditando a rua (foto Pimenta)

Moradores queimaram objetos, interditando a rua (foto Pimenta)

Moradores da Rua José Alves Franco, na comunidade popularmente conhecida como Caixa D’Água, em Itabuna, fizeram um protesto contra a Emasa na noite de hoje (18). Sem abastecimento há quase um mês, eles reivindicam a instalação de um tanque comunitário no local.

No protesto, os manifestantes queimaram objetos e deixaram a rua interditada. A Polícia Militar esteve no local e solicitou o apoio do Corpo de Bombeiros para desbloquear a via. Não houve resistência, mas os moradores avisaram que voltarão a se mobilizar se a Prefeitura não instalar o reservatório.

Ouvidos pelo PIMENTA, moradores disseram que enfrentam dificuldade para conseguir água em um tanque instalado pela Prefeitura em outra parte do bairro São Roque, que abrange a Caixa D’Água. Além da distância, eles muitas vezes são impedidos por quem mora mais perto do reservatório improvisado.

Segundo os manifestantes, nem a Prefeitura nem a Emasa enviaram representantes para ouvir suas reivindicações.

“PPS DE ITABUNA TEM LIBERDADE PARA DEFINIR ALIANÇAS”, DIZ JOCEVAL

Joceval: diretório de Itabuna tem liberdade para definir alianças.

Joceval: diretório de Itabuna tem liberdade para definir alianças (Foto Reprodução).

Membro das executivas estadual e nacional do PPS, Joceval Rodrigues retrucou o deputado estadual Marco Prisco ao afirmar que o diretório de Itabuna “tem liberdade total” para definir com quem deve se aliar na sucessão de 2016.  Ontem, Prisco disse ao PIMENTA que o PPS não faria aliança com o PCdoB itabunense ou qualquer partido ligado à base do Governo Rui Costa (relembre aqui).

Segundo Joceval, o partido “confia muito na articulação e na gestão do PPS” de Itabuna. Para ele, o diretório itabunense “tira nota 10” nas articulações e o diretório estadual respeita as peculiaridades da política local.

– Mariana [Alcântara, presidente do PPS local] tem feito articulação. Como da outra vez, a direção ficou pendente a ir prum lado [em 2012], ela disse: O caminho é esse aqui. Vane estava em terceiro. E ganhou a eleição. Mariana conhece a política em Itabuna. Se o grupo apresenta uma outra alternativa, estamos dentro. Tem total liberdade para decidir – disse ao PIMENTA.

CANDIDATURA DE LENINHA

Além de reafirmar que o diretório tem liberdade para definir a política de alianças, Joceval frisou que o PPS tem candidatura própria em Itabuna. “Leninha da Autoescola vai surpreender muito [nestas eleições]. Não é hora de definir nada. É hora de analisar a política local, estadual e nacional”, completou.

Para Joceval, Leninha poderá aparecer melhor nas pesquisas se os institutos a identificarem como ela é conhecida nos bairros (Leninha da Autoescola) e não Leninha Alcântara. Quanto ao que afirmou Prisco ao PIMENTA ontem, Joceval defende o deputado. “O deputado quer dar valor a isso, de que o PPS marchará com a oposição [no estad0], mas a realidade do partido em Itabuna é diferente”.

BICALHO: “REDE HOSPITALAR DE ITABUNA PEDE SOCORRO”

Bicalho diz que rede hospitalar pede socorro.

Bicalho diz que rede hospitalar pede socorro.

O secretário de Saúde de Itabuna, Paulo Bicalho, não usou meio termo, hoje (18), ao definir a situação dos serviços de média e alta complexidade do município. “A rede hospitalar de Itabuna pede socorro”, disse ele, revelando estar preocupado com a possibilidade de caos no atendimento à população e aos mais de 120 municípios pactuados.

Para ele, a raiz do problema é o subfinanciamento da saúde. “A saúde pública não tem reajuste já há algum tempo e há muito também deveria ter sido corrigido pelos índices inflacionários”, afirma.Segundo ele, a crise que hoje atinge a saúde já interrompeu importantes serviços no setor ao longo dos últimos anos, porque o financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS) está aquém das necessidades.

INSUMOS E MEDICAMENTOS MAIS CAROS

A rede pode entrar em colapso porque, segundo Bicalho, o subfinanciamento ocorre em um momento em que há aumento da demanda de serviços na região, seguido de aumento de preço dos insumos e de medicamentos. “Acontece que, para o pagamento de produção de serviços prestados, os valores são baseados em tabela que seguem as diretrizes do SUS”, sublinha.

– Estamos bastante preocupados diante dessa situação, porque a Secretaria Municipal de Saúde apenas efetua as transferências constitucionais via fundo a fundo, por meio dos programas do Ministério da Saúde.

Paulo Bicalho adianta que, com relação à aplicação de recursos próprios, procedentes do Tesouro Municipal, são repassados 18% em média do que a prefeitura arrecada na área tributária. “Tais recursos são utilizados para cobrir apenas as despesas com a folha de pessoal da Saúde. E, mesmo assim enfrentamos dificuldades, pois as prefeituras vêm arrecadando menos nos últimos tempos se comparado a anos anteriores”, destaca Bicalho.

TVE EXIBE JOGOS DO BAHIA NA SÉRIE B

TVE-BAOs dois próximos jogos do Bahia na Série B do Brasileiro de Futebol serão transmitidos pela TVE. No sábado (21), às 16h25min, o Esquadrão enfrentará o Paraná, no Estádio Durival de Britto, em Curitiba.

O outro jogo do Bahia com transmissão da TVE será o confronto contra o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro, no dia 28.

O Bahia começou bem o Brasileiro. Jogando na Fonte Nova, sábado passado (14), o time derrotou o Avaí, por 2 a 1. A equipe disputa uma das quatro vagas na Série A do Brasileiro de 2017.

JABES PEDE LICENÇA PARA CUIDAR DA SAÚDE

Jabes Ribeiro (Foto Pimenta).

Jabes Ribeiro (Foto Pimenta).

O prefeito Jabes Ribeiro pediu licença de 15 dias para cuidar de problemas de saúde. Durante entrevista coletiva concedida hoje,  no Centro Administrativo, ele afirmou que o glaucoma ficou fora de controle, tendo que ser submetido a cinco cirurgias no olho esquerdo.

Segundo ele, deveria passar dois dias em Belo Horizonte, onde fez a cirurgia. As complicações levaram JR a ficar dez dias na capital mineira. Contra recomendação médica, Jabes retornou a Ilhéus na última segunda.

ITABUNA FARÁ REVISÃO DE 9,1 MIL BENEFÍCIOS DO BOLSA-FAMÍLIA

Caroline Suzart, da SAS, orienta beneficiários (Foto Wilson Oliveira).

Caroline Suzart, da SAS, orienta beneficiários (Foto Wilson Oliveira).

A Prefeitura de Itabuna divulgou hoje (18) que revisará 9.185 benefícios concedidos a cadastrados no Programa Bolsa Família. A revisão é feita por técnicos da Secretaria de Assistência Social (SAS), com visitas domiciliares, preenchimento prévio de formulários e agendamento de atendimento na sede da SAS, na Rua Piauí, 140, no bairro Jardim Vitória.

A prefeitura atende a recomendação feita pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário. A diretora do Departamento de Combate a Pobreza da Secretaria de Assistência Social, Caroline Oliveira Suzart, explica que a atualização dos dados cadastrais das famílias visa garantir o pagamento para quem realmente precisa do valor do benefício social para sobreviver.

Para a realização da fiscalização os auditores estarão devidamente identificados com crachás. Caroline Suzart afirma que o trabalho de averiguação e revisão cadastral deve ser concluído no prazo de quatro meses.  Segundo ela, as famílias estão tendo o agendamento prévio para evitar filas. O atendimento vai até as 16 horas.

– A atualização de dados não visa prejudicar quem precisa. Pelo contrário, vai assegurar que quem está fora do programa Bolsa Família tenha a chance de entrar.

PERFIL

As informações que forem coletadas pelos auditores da Secretaria de Assistência Social serão enviadas para o Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário, a quem cabe fazer avaliação final se o beneficiário continua dentro do perfil exigido para cadastramento do programa ou não.  Pelas regras, a família beneficiada que tem rendimento mensal de R$ 880,00 e seis integrantes está no perfil. Se forem quatro pessoas com esse valor, estará irregular.

:: LEIA MAIS »

“MARÃO” LANÇA PRÉ-CANDIDATURA

Marão lança pré-candidatura nesta sexta (20).

Marão lança pré-candidatura nesta sexta (20).

Mário Alexandre, médico e ex-vice-prefeito de Ilhéus na gestão de Newton Lima, vai lançar pré-candidatura a prefeito da cidade. O evento, anunciado nas redes sociais e confirmado por “Marão”, está marcado para a próxima sexta-feira (20), no plenário da Câmara de Vereadores, às 19h30min.

Filiado ao PSD, mesmo partido de sua mãe e deputada estadual Angela Sousa, Marão corre por fora na disputa. Nos últimos três anos, se manteve longe da atuação política, mas retomou as caminhadas nos últimos meses.

Nos bastidores, o lançamento da pré-candidatura é vista como uma forma de tensionar as negociações para compor chapa no futuro, possivelmente com vistas ao posto de vice na coligação que será encabeçada pelo deputado federal Bebeto Galvão (PSB).

ESTADO CONVOCA, MAS AINDA NÃO NOMEIA POLICIAIS

Novos policiais ainda terão que esperar pela nomeação

Novos policiais ainda terão que esperar pela nomeação

Ao contrário do que tem divulgado desde o último fim de semana, o Governo do Estado não nomeou novos servidores para a Polícia Civil, mas tão somente os convocou para entregar documentos e se submeter a exames.

No edital, publicado sábado (14), não é informada a data na qual os aprovados deverão se apresentar à Junta Médica. A esperança dos futuros policiais, principalmente dos que moram em outros estados, é de que esse atendimento ocorra no mesmo dia da entrega dos documentos ou, no máximo, no dia seguinte. Isso evitaria as despesas com um novo deslocamento para Salvador.

Nas redes sociais, membros do governo – inclusive o secretário da Segurança, Maurício Barbosa – têm afirmado equivocadamente que houve nomeação, mas esta somente ocorrerá depois que os aprovados forem considerados aptos pela Junta Médica Oficial do Estado. De acordo com o Estatuto dos Servidores, após a nomeação abre-se um prazo de 30 dias para a posse nos cargos.

“Sem nomeação, oficializada por meio de portaria do governador, continuamos em situação de insegurança”, afirma um dos aprovados para o cargo de investigador. O governo convocou 476 aprovados para este cargo, 108 para delegado e 55 para escrivão de polícia.

Confira abaixo o vídeo em que o secretário Maurício Barbosa dá boas vindas aos policias “nomeados”:

DOM PARKING NA MIRA

A Dom Parking demitiu uma leva de funcionários no início do ano. Pelo menos 10 reclamam que, até agora e quase três meses depois, as rescisões trabalhistas não foram homologadas. “São dez trabalhadores desempregados e sem que eles deem baixa na carteira [de trabalho]”, reclama uma das vítimas.

A empresa detém a concessão do serviço de estacionamento rotativo (zona azul) em Itabuna. As vítimas da Dom Parking estudam protestar em frente ao Centro Administrativo Firmino Alves para chamar a atenção, também, do município.

ILHÉUS DECRETA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA POR CAUSA DA SECA

Reservatório do Iguape em imagem captada pelo fotógrafo José Nazal em dezembro passado.

Reservatório do Iguape em imagem captada pelo fotógrafo José Nazal em dezembro passado.

O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, acaba de decretar situação de emergência por causa da forte estiagem no sul da Bahia e que começa a afetar com mais força, também, o município. O decreto tem a finalidade principal de facilitar a execução de obras para captação de água na represa da Mata da Esperança, na zona norte do município.

O manancial pode ser a saída para a seca na reserva do Iguape, também na zona norte, e que afeta cerca de 70% dos consumidores ilheenses. A estimativa é que, se não chover firme em 40 dias, o sistema do Iguape seque. Por enquanto, a situação é menor pior na zona sul, abastecida pelo sistema de Rio de Engenho.

Há exatamente um mês, em 18 de abril, a Embasa iniciou rodízio no sistema de abastecimento em várias regiões de Ilhéus, afetando em torno de 50 mil consumidores. Com o avanço da seca, a empresa passou a ter mais dificuldades para abastecer localidades e afeta, inclusive, o funcionamento da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

De acordo com o gerente local da Embasa, José Lavigne, as barragens suportam mais 74 dias sem chuva com o sistema de rodízio. Do contrário, apenas mais 20 dias no máximo.

 

PT DEFINE POLÍTICA DE ALIANÇAS E FAZ AUTOCRÍTICA DOS 13 ANOS NO GOVERNO FEDERAL

Rui Falcão, presidente do PT nacional.

Rui Falcão, presidente do PT nacional.

Agência Brasil

O PT divulgou ontem à noite (17) duas resoluções do partido após reunião de seu Diretório Nacional, ocorrida à tarde, em Brasília. Uma das resoluções trata do cenário político atual, no qual a presidenta da República responde um processo de impeachment e está afastada do governo; e com o PT, de volta à oposição, não tendo reunido força suficiente para deter o processo contra Dilma.

Além de criticar a postura do PMDB e do vice-presidente da República Michel Temer, a quem acusam de dar um “golpe” político em Dilma para assumir o poder, o partido disse que cometeu falhas durante os cerca de 13 anos de governos petistas. Um desses erros, segundo o partido, foi se deixar “contaminar” pelo financiamento empresarial de campanha e o que chamam de “prática dos partidos tradicionais”, sem citar diretamente o envolvimento de petistas em esquemas de corrupção.

“Fomos contaminados pelo financiamento empresarial de campanhas, estrutura celular de como as classes dominantes se articulam com o Estado, formando suas próprias bancadas corporativas e controlando governos. Preservada essa condição, mesmo após nossa vitória eleitoral de 2002, terminamos envolvidos em práticas dos partidos políticos tradicionais, o que claramente afetou negativamente nossa imagem e abriu flancos para ataques de aparatos judiciais controlados pela direita”, diz um trecho resolução.

MOVIMENTOS SOCIAIS

O PT também disse não ter priorizado as alianças com movimentos sociais e o que chama de “partidos populares”. O partido se disse “refém de acordos táticos” para conseguir administrar o país. “Tampouco nos dedicamos, com a devida atenção e perseverança, a costurar uma aliança estratégica entre os partidos populares e os movimentos sociais, que pudesse ampliar o peso institucional da esquerda. Acabamos reféns de acordos táticos, imperiosos para o manejo do Estado, mas que resultaram num baixo e pouco enraizamento das forças progressistas”.

A segunda resolução diz respeito às eleições municipais de 2016. Nela, o partido se compromete a não fazer aliança com políticos que apoiaram a abertura do processo de impeachment de Dilma ou mesmo tenham votado nesse sentido no Congresso Nacional.

O Diretório Nacional determinou que as alianças eleitorais nos municípios só poderão ser confirmadas na Justiça Federal após aprovação das direções estaduais. No caso de “cidades prioritárias”, a confirmação será dada pela direção nacional.

Após a reunião, mas antes da divulgação oficial das resoluções, o presidente do partido, Rui Falcão, concedeu entrevista coletiva e disse que o PT vai priorizar alianças com partidos de esquerda como o PCdoB e PDT, justamente os que se opuseram ao impeachment de Dilma. Alianças com outros partidos, como o próprio PMDB, no entanto, não estão descartadas.

“O PMDB é um partido enorme, teve uma participação na luta democrática no passado. Certamente que, Brasil afora, deve ter pessoas confiáveis [no PMDB]. Se alguém do PMDB quiser participar conosco e não tenha apoiado o impeachment, priorize programas sociais e combata a corrupção, não vejo problema nenhum”, disse Rui Falcão.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia