Emerson não resistiu a duas paradas cardiorrespiratórias

Emerson não resistiu a duas paradas cardiorrespiratórias

O digitador Emerson Magalhães, de 27 anos, que trabalhava no Departamento de Vigilância Epidemiológica de Itabuna, morreu na noite de ontem (30), após sofrer um acidente de trânsito no Centro de Itabuna. Emerson pilotava uma moto, que se envolveu em colisão com um carro na Avenida Inácio Tosta Filho.

O servidor da Secretaria da Saúde chegou a ser socorrido e foi submetido a cirurgias, mas não resistiu após duas paradas cardiorrespiratórias. O corpo está sendo velado no SAF.

Em nota, o secretário municipal da Saúde, Paulo Bicalho, afirma que ele e equipe da Secretaria manifestam “sentimento de pesar e solidariedade à família, amigos e colegas de Emerson Magalhães”. Diz ainda que o jovem era “querido por todos do departamento e, por extensão, dos funcionários da Prefeitura de Itabuna”.