WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










julho 2016
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

editorias






:: 7/jul/2016 . 22:42

EDUCAÇÃO ADEQUARÁ CONTRATOS À LEI ANTICALOTE

Balazeiro e os secretários Walter Pinheiro e Edelvino Góes, na sede do MPT.

Balazeiro e os secretários Walter Pinheiro e Edelvino Góes, na sede do MPT.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) começa nessa sexta-feira (8) a realizar uma série de reuniões de mediação para garantir o pagamento de cerca de 30 mil trabalhadores terceirizados na área de serviços de apoio à rede estadual de ensino. Com o fim dos contratos de sete empresas, eles estão sendo dispensados e somente uma parte vai ser recontratada pelas novas empresas. Os novos contratos passam a seguir à risca a chamada Lei Anticalote. O assunto foi discutido hoje (7) pelo procurador-chefe Alberto Balazeiro, com os secretários da Educação, Walter Pinheiro, e da Administração, Edelvino Góes, na sede do MPT.

MPT e Governo do Estado vão criar grupo para discutir medidas para evitar problemas como os que vêm ocorrendo com os trabalhadores terceirizados, principalmente na área de serviços de apoio à rede estadual de ensino. Milhares de pessoas enfrentam os constantes atrasos e trocas de empresas dos contratos para contratação de merendeiras, faxineiras e porteiros para as unidades.

O estado diz que há mais gente do que é necessário e que os contratos têm “erros, que precisam ser corrigidos”, nas palavras do secretário da Educação, Walter Pinheiro. Ele esteve na sede do MPT junto com o secretário Edelvino Góes (Administração) e mais um grupo de assessores diretos. Os representantes do Governo do Estado pediram o encontro para debater medidas para enfrentar a situação criada com o fim dos contratos atuais e o tempo necessário para que novos contratos sejam feitos de acordo com a Lei Anticalote.

:: LEIA MAIS »

TRÊS HOMENS DE SORTE

Bernardo-Mello-FrancoBernardo Melo Franco | Blog do Juca/Folha

Se a manobra ocorresse em outro governo, o país seria varrido por uma onda de protestos e panelaços. Mas as mensagens foram assinadas por Michel Temer, que também é um homem de sorte.

O deputado Fernando Giacobo, do PR, é um homem de sorte. Em 1997, ele ganhou 12 vezes na loteria num intervalo de apenas 15 dias. A feliz coincidência lhe rendeu R$ 443 mil, em valores atualizados. A Polícia Federal abriu inquérito para investigar o caso, mas o parlamentar não se abalou. Ele atribuiu a sequência de prêmios à graça divina. “Existe Deus, ele deu uma olhadinha lá e uma benzida”, disse.

Dezenove anos depois, o acaso voltou a sorrir para o deputado. Segundo vice-presidente da Câmara, ele cuidava de tarefas burocráticas como o ressarcimento de despesas médicas dos colegas. Em maio, Eduardo Cunha foi afastado e o vice Waldir Maranhão se inviabilizou. A cadeira da presidência sobrou para o afortunado Giacobo, que passou a comandar as sessões no plenário.

O deputado André Moura, do PSC, é outro homem de sorte. Réu em três ações penais, sob a acusação de desviar verbas públicas, ele continua a desfrutar das mordomias do mandato. Sua ficha ainda inclui três inquéritos, um deles por tentativa de homicídio. Para completar, ele foi condenado por improbidade após usar verba pública num churrasco.

Numa democracia madura, um político com esse currículo não ocuparia nenhum cargo relevante enquanto não fosse inocentado de todas as acusações. No Brasil de 2016, Moura conseguiu ser promovido a líder do governo na Câmara.

Nesta quarta (6), Giacobo abriu a ordem do dia com a leitura de mensagens presidenciais. Encaminhados por Moura, os textos retiraram a urgência na tramitação de um pacote de projetos contra a corrupção. Com isso, o Planalto adiou a votação de medidas como a criminalização do caixa dois e a tipificação do crime de enriquecimento ilícito.

Se a manobra ocorresse em outro governo, o país seria varrido por uma onda de protestos e panelaços. Mas as mensagens foram assinadas por Michel Temer, que também é um homem de sorte.

REDE GUAIBIM ABRE VAGAS PARA LOJA EM ITABUNA

Loja abre oportunidade de emprego em Itabuna.

Loja abre oportunidade de emprego em Itabuna.

A rede de Lojas Guaibim abre vagas de emprego para filial que será inaugurada em Itabuna, em agosto. A rede de varejo oferece total de 16 vagas para os cargos de gerente, subgerente, vendedor, estoquista, auxiliar de estoque, agente administrativo auxiliar de serviços gerais e montador de móveis até o final do mês de julho.

O processo seletivo ocorrerá entre os dias 20 a 22/07, em Itabuna. Os interessados deverão cadastrar o currículo no site www.lojasguaibim.com.br, no link trabalhe conosco. A data limite para cadastro é dia 17 deste mês.

A empresa recebeu, em 2015, um dos maiores prêmios do varejo, o GPTW Novarejo, categoria Melhores Empresas para Trabalhar. Os interessados devem ter, pelo menos, Ensino Médio, morar em Itabuna e possuir experiência na função pretendida. O maior número de vagas é para vendedor (6).

ILHÉUS PERDE PAULO PATURY

Patury faleceu ontem à noite, vítima de edema pulmonar.

Patury faleceu ontem à noite, vítima de edema pulmonar.

Ilhéus perdeu, no final da noite de ontem (6), uma de suas figuras mais queridas, o prático portuário aposentado Paulo Rubens Patury, vítima de um edema pulmonar.

O corpo está sendo velado no SAF de Ilhéus (Alto da Conquista) e o enterro está previsto para as 16h de hoje.

A morte de Paulo Patury levou o prefeito em exercício de Ilhéus, Cacá Colchões, a emitir nota de pesar. Cacá lembra que Patury foi o principal responsável “pela reorganização da carreira de Prático em Ilhéus” e exerceu a função de “Juiz Vogal da Junta de Conciliação e Julgamento (JCJ) da Justiça do Trabalho”.

Paulo deixa esposa, Selene Pinto Patury, e seis filhos. Nas redes sociais, o delegado da Polícia Federal aposentado Rubem Patury Filho informava, ainda ontem à noite, da morte do irmão. Atualizado às 20h19min.

CUNHA RENUNCIA À PRESIDÊNCIA DA CÂMARA

Eduardo Cunha renunciou à presidência da Câmara para salvar mandato.

Eduardo Cunha renunciou à presidência da Câmara para salvar mandato.

O presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), renunciou há pouco à presidência da Casa. Ele permanece com o mandato de deputado federal.

“Resolvi ceder ao apelos generalizados dos meus apoiadores […] Somente a minha renúncia poderá pôr fim a esta instabilidade sem prazo. A Câmara não suportará infinitamente”, disse, ao ler sua carta de renúncia em entrevista à imprensa no Salão Nobre da Câmara. Ele informou ter encaminhado a carta ao primeiro-vice-presidente da Casa.

Ao ler a carta, Cunha disse que é alvo de perseguição por ter aceito a denúncia que deu início ao processo de impeachment de Dilma Rousseff. “Sofri e sofro muitas perseguições em função das pautas adotadas. Estou pagando um alto preço por ter dado início ao impeachment. Não tenho dúvidas, inclusive, de que a principal causa do meu afastamento reside na condução desse processo de impeachment da presidenta afastada”, disse.

BLOG RELATA VISITA DE EMPRESÁRIOS À EMASA

Empresários acompanhados por um dos diretores da Emasa (de camisa listrada).

Empresários acompanhados por um dos diretores da Emasa (de camisa listrada).

D´ O Trombone

Para que serve uma crise? Segundo os empreendedores, para revelar oportunidades ocultas ou dificultadas em tempos de paz. Nesse sentido, as crises da Emasa – falta d’água, de liquidez financeira e de decoro – parecem estimular os empreendedores oportunistas – não no sentido construtivo do termo.

Na noite de ontem, quarta-feira (06), autorizados pela Prefeitura – por quem da Prefeitura? – empresários de Pernambuco estiveram na Estação de Tratamento da Emasa, em uma visita que durou das 20 às 23 horas.

Hoje pela manhã, voltaram ao mesmo local. Estavam acompanhados pelo gerente de Manobras, Moisés Rosas.

Confira mais

ARCO LOGÍSTICA INVESTIRÁ R$ 15 MILHÕES EM ITABUNA; BASE VAI GERAR 200 EMPREGOS

Em audiência, diretor da Arco anuncia investimento em Itabuna.

Em audiência, diretor da Arco anuncia investimento em Itabuna.

A Arco Logística confirmou investimentos de R$ 15,2 milhões para a construção de sua base em Itabuna. As obras começam em até um mês, segundo o diretor-executivo da empresa, Douglas Helton Arpini.

A empresa deve gerar cerca de 200 empregos diretos e indiretos no município, de acordo com o seu diretor executivo. A unidade da Arco será construída em uma área de 9 mil metros quadrados, no centro industrial (Bairro Maria Matos), às margens da BR-415. A empresa revisou a expectativa de geração de empregos, antes em 300.

Ontem, o diretor teve audiência com o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite (Vane do Renascer), e anunciou a adoção de duas praças situadas em bairros do entorno da futura unidade da Arco – Urbis IV e Jorge Amado.

“HÁ QUE SE CUIDAR DO BROTO, PRA QUE A VIDA NOS DÊ FLORES E FRUTOS”

Efigênia OliveiraEfigênia Oliveira | ambiente_educar@hotmail.com

 

A sociedade se cala, mas espera aflita, intervenção de pautas emergenciais e criteriosas de combate a esse monstro.

 

Junho (2016) chega ao final com essa notícia da imprensa, na íntegra: estudo divulgado nesta quinta-feira (30) mostra que o país ocupa o terceiro lugar em homicídios de crianças e adolescentes em um conjunto de 85 nações analisadas. Em 2013, último ano com dados disponíveis, foram assassinadas 10.520 crianças e adolescentes no Brasil, o que resulta em uma média superior a 28 casos por dia.

A situação se agrava nos últimos três anos. A violência em escala ascendente atrai meninas e meninos para a vibe perigosa contra pessoas das faixas abaixo e acima, e contra eles mesmos como num rito de passagem para algum lugar extraordinário, onde a bonança os espera. Diz o comentarista que reina silêncio sepulcral sobre o problema gerador de desastrosos impactos nas famílias e nos sistemas: de saúde, educação, econômico, prisional, previdenciário e outros mais.

Auxílios e vacinas que praticamente erradicaram doenças da infância, antes motivos de altas taxas de mortalidade infanto-juvenil, bem como assistência odontológica e psicossocial, têm garantido melhorias à saúde infantil. É claro que os benefícios citados não alcançam a todos, mas boa parte, sem dúvida. Avanços da ciência e da tecnologia têm prevenido doenças e preservado milhares de vidas, especialmente de infantes.

Incrível constatar que o custo para livrá-los da morte por doenças, é alto, mas a violência não perdoa vidas escapadas da morte na infância. Como o destino trágico em vingança primitiva contra esforços do contribuinte que não vê retorno positivo dos impostos que paga, e do cidadão brasileiro atacado em seu bem mais precioso, a família atingida sem compaixão nessa recorrente tragédia nacional.

:: LEIA MAIS »

PCdoB QUER STELLA COMO VICE DE CACÁ, QUE ENFRENTA RESISTÊNCIA DE JABISTAS

PCdoB quer Stela Carillo como vice de Cacá.

PCdoB quer Stela Carillo como vice de Cacá.

O PCdoB foi em sentido contrário ao de membros do partido do prefeito Jabes Ribeiro, o PP, e já anunciou apoio à pré-candidatura de Cacá Colchões para prefeito de Ilhéus. Hoje, o diretório municipal emitiu nota em que coloca à disposição o nome da advogada Stella Carillo para compor a chapa majoritária, como vice.

Viúva do procurador federal Israel Nunes, Stella é advogada e professora universitária e militou na política estudantil na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), com atuação no Centro Acadêmico João Mangabeira.

Stella é, também, procuradora do município de Ilhéus. O PCdoB reforça que ela colaborou em esforço concentrado pelo equilíbrio das contas públicas ilheenses, quando o município ajuizou “maior número de execuções fiscais da história da Procuradoria na Vara da Fazenda Pública Municipal da Comarca de Ilhéus”.

RESISTÊNCIA A CACÁ

Jabes terá dificuldades para impor o nome de Cacá como vice. Sentiu isso na reunião com vereadores da sua própria bancada, na última segunda (4), dias antes de anunciar a sua desistência do processo sucessório.

O entendimento na bancada governista é que Cacá não passa segurança. Vereadoers insistiram para que Jabes concorresse à reeleição. O prefeito disse não ter condições físicas para isso.

MORRE PROFESSORA LUCIANA VARJÃO

Professora faleceu em decorrência de um AVC.

Professora faleceu em decorrência de um AVC.

A professora Luciana Varjão Santana Aguiar faleceu, nesta quinta (7), em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). A educadora lecionava na Escola São Paulo da Cruz, na Mangabinha, sendo responsável por turma de pré-escola.

Luciana deixa esposo e dois filhos. Há pouco, a secretária Municipal de Educação, Dinalva Melo, emitiu nota de pesar pela morte da professora. “Que Deus na sua infinita Graça, Sabedoria e Amor receba sua alma e conforte sua família e amigos”, disse a professora em nota.

Local e horário de velório e o sepultamento do corpo de Luciana ainda não foram informados.

JAMIL NÃO DÁ “OK” PARA NOME DE CACÁ

Para Jamil, nome de Cacá não está definido (Foto Alfredo Filho).

Para Jamil, nome de Cacá não está definido (Foto Alfredo Filho).

Anunciado ontem como o pré-candidato oficial à sucessão do prefeito Jabes Ribeiro (PP), o vice Cacá Colchões pode enfrentar um obstáculo: ele atende pelo nome de Jamil Ocké,vereador, jabista da velha guarda e até pouco tempo secretário municipal de Ação Social.

Mesmo com o nome de Cacá ungido pelo prefeito e já em fase de arrumação de coligações, Jamil divulgou hoje uma nota na qual dá a entender que o PP ainda definirá seu candidato. Atribuindo o posicionamento ao próprio gestor municipal, o vereador diz que “a decisão de quem irá assumir a chapa depende do partido”.

Mais adiante, ele acrescenta, com açúcar e afeto:  “sabemos que a força e a história do nosso prefeito torna esta uma decisão difícil, mas que é importante que todos os membros do PP se unam para fortalecer a indicação do nome que assumirá a brilhante tarefa de dar continuidade ao bom trabalho executado por Jabes”. E promete que estará empenhado em apoiar o nome indicado pela legenda.

A nota encaminhada pela assessoria encerra com um autoelogio: “Jamil Ocké [é] uma das mais atuantes e fortes personalidades políticas da cidade”.

Resta alguma dúvida de que essa alma quer falar?

PRESIDENTE DA SBPC RENUNCIA AO CARGO APÓS SER VAIADA EM EVENTO EM PORTO

Helena renunciou ao cargo ao ser fortemente vaiada.

Helena renunciou ao cargo ao ser fortemente vaiada.

Do Blog Preto no Branco

A presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Helena Nader, renunciou ao cargo publicamente após ser vaiada em ato pela defesa do Ministério da Ciência e Tecnologia. A renúncia ocorreu ao meio-dia de ontem (06 de julho), no campus da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), em Porto Seguro, local em que ocorre a 68a Reunião da SBPC.

Durante o ato, que reúne mais de 5 mil pessoas de todo o Brasil (professores, estudantes, pesquisadores e representantes de diferentes instituições das mais diferentes áreas da Ciência e Tecnologia), a presidente da SBPC fez um discurso em que manifestou tolerância ao governo Temer, afirmando que a entidade a que preside está aberta ao diálogo com o presidente interino. As declarações provocaram reações fortes por parte do público presente e Helena Nader, fortemente exaltada, renunciou à presidência da SBPC publicamente.

No dia da abertura do evento, 03 de julho, o atual Ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab foi vaiado por 10 minutos. Fez um discurso rápido e não circulou entre o público.

Entre os inúmeros stands de exposição dos avanços mais recentes da produção científico/tecnológica no Brasil, circulam pesquisadores, estudantes e cientistas com um adesivo no peito em que se lê “Fora Temer”. O evento se encerrará no próximo sábado e, pelo visto, seguirá aquecendo corações e mentes no inverno do Sul da Bahia.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia