WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










julho 2016
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

editorias






:: 22/jul/2016 . 13:51

EMBASA ASSUMIRÁ ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM ITABUNA

Emasa sai de cena com negociação entre estado e município.

Emasa sai de cena com negociação entre estado e município.

A Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa) assumirá os serviços de água e esgoto de Itabuna, segundo anunciou o governador Rui Costa em visita ao município, nesta sexta (22). Segundo ele, a empresa estadual investirá R$ 13 milhões em dessalinização da água fornecida aos lares itabunenses.

As tratativas para devolução dos serviços de água e esgoto do município (Emasa) para o estado deverão ser concluídas na próxima semana. O município, por meio da Emasa, responde pelo abastecimento de água e coleta de esgoto desde 1989, na segunda gestão do ex-prefeito Fernando Gomes.

SUCESSÃO MUNICIPAL

Rui concedeu entrevista coletiva em visita à Barragem do Rio Colônia, em Itapé, onde também abordou a sucessão municipal em Itabuna e em Ilhéus. Segundo ele, o governo está trabalhando nos bastidores e, por enquanto, trabalha para ter, no máximo, duas candidaturas da base governista.

Rui disse que o melhor, para a base, seria a definição de um nome só para a disputa, mas pode haver dois ou três nomes em Itabuna, por exemplo, onde a base tem Antônio Mangabeira (PDT), Davidson Magalhães (PCdoB), Geraldo Simões (PT) e Roberto José (PR).

ITAPÉ: RUI ASSEGURA DINHEIRO DO ESTADO PARA CONCLUIR BARRAGEM

Governador Rui Costa assegura recursos próprios para obra (Foto Mateus Pereira/Arquivo).

Governador Rui Costa assegura recursos próprios para obra (Foto Mateus Pereira/Arquivo).

O governador Rui Costa disse, hoje (22), que, se a União não repassar verba para a Barragem do Colônia, o Estado garantirá a conclusão da obra com recursos próprios. De acordo com ele, o Estado já repassou R$ 6 milhões dos R$ 7,8 milhões investidos na obra.

– A obra é prioritária, nós já temos contrato assinado e o governo federal tem que cumprir a sua responsabilidade. Se houver atraso ilegal, indevido, o governo do estado vai garantir a obra com recurso próprio. Não irei esperar governo federal para tocar essa obra.
Se vir, ótimo. Caso haja politicagem, eu direi a vocês – disse ele.

Nesta manhã, o governador visitou as obras da Barragem do Rio Colônia, em Itapé. O custo total da obra, incluindo desvio de estrada e desapropriacões, aproxima-se de R$ 120 milhões.

O temor em relação ao repasse de recursos decorre da mudança de governo central. Michel Temer é o presidente provisório e a União repassou pouco mais de 20% dos recuesos. Mesmo assim, o repasse ocorreu no Governo Dilma Rousseff.

À tarde, Rui lança edital duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), no Centro de Convenções de Ilhéus.

PF FAZ OPERAÇÃO CONTRA GRUPO QUE DESVIA DINHEIRO DA SAÚDE NA BAHIA

A Tarde

A Polícia Federal (PF) deflagrou a operação “Copérnico” para combater uma quadrilha responsável por desviar verbas públicas destinadas à saúde na Bahia. De acordo com a PF, o grupo criava empresas e entidades sem fins lucrativos em nome de “laranja” com o objetivo de firmar contratos de gerenciamento de hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e centros de saúde.

O esquema envolve três municípios: Salvador, Candeias e São Francisco do Conde. A prefeitura de pelo menos duas destas cidades pagou mais de R$ 70 milhões sem documentação que comprovasse a realização dos serviços de saúde.

A PF e a Controladoria Geral da União (CGU) identificaram três irregularidades: fraude às licitações, falta de fiscalização por parte do município e pagamento apenas com base na declaração emitida pela própria entidade.

São cumpridos 24 mandados de busca e apreensão, um mandado de prisão preventiva e sete mandados de condução coercitiva. Na capital baiana, os policiais federais fazem buscas nas UPAs de São Cristóvão, Periperi e San Martin e no Instituto Médico de Cardiologia, além de outros endereços.

TEL ANUNCIA EXPANSÃO COM GERAÇÃO DE 3 MIL EMPREGOS EM ITABUNA

Grupo passa por avaliação técnica para contratação em nova unidade em Itabuna (Foto Pimenta).

Grupo participa de avaliação técnica para contratação em unidade em Itabuna (Foto Pimenta).

A Tel Centro de Contatos espera gerar até 3 mil empregos diretos em Itabuna, quando concluir a sua planta definitiva no Bairro Conceição. Nesta quinta (21), o presidente da Tel, Bartolomeu Brito, conferiu as instalações da segunda unidade provisória no município sul-baiano, na Avenida J.S. Pinheiro, no Centro Comercial.

Somente nesta unidade na J.S. Pinheiro, o contact center empregará 1,5 mil funcionários, de acordo com o diretor de Recursos Humanos da Tel, Rodrigo Neri. Atingirá total de 1,8 mil com os 300 já empregados em Itabuna desde agosto do ano passado. Avaliações técnicas já começaram para seleção dos novos funcionários.

As obras da planta definitiva, de acordo com Bartolomeu Brito, começarão até setembro. A empresa terá até o final do ano para concluir a obra. O terreno de 3 mil metros quadrados foi doado pelo município.

Os planos da empresa são ambiciosos. Quer se tornar a quinta maior no setor de contact center do país. “Já estamos chegando entre as cinco maiores”, disse Rodrigo Neri ao PIMENTA.

A Tel possui centrais de contatos em Itabuna, Feira de Santana, Lauro de Freitas, Madre de Deus e Salvador, na Bahia, além de São Paulo (SP), Brasília (DF) e Palmas (TO). Com a expansão em Itabuna, chegará a cerca de 14 mil funcionários, conforme Neri.

FORMAÇÃO SURPREENDE EXECUTIVOS

Bartolomeu Brito, da Tel, e o prefeito Vane em visita à unidade na J.S. Pinheiro (Foto Gabriel Oliveira).

Bartolomeu Brito, da Tel, e o prefeito Vane em visita à unidade na J.S. Pinheiro (Foto Gabriel Oliveira).

Neri disse que surpreendeu o nível de formação dos profissionais selecionados para trabalhar na empresa em Itabuna. “Temos pessoas com graduação em diversas áreas, pós, MBA e até doutorado”, disse.

Acompanhando a visita dos executivos da Tel, o prefeito Vane do Renascer brincou: “eu avisei que eles iriam se surpreender. Estamos numa região com várias faculdades”, observou.

Especialista na área de RH, Neri considera a área de call center a mais democrática (“inclusiva”) possível. “Temos pessoas do mais variado nível de formação, graduação em áreas diversas e que oferece possibilidade real de ascender, crescer na empresa”, afirma ele, que começou como operador de telemarketing na própria Tel há pouco mais de 12 anos. “É um mercado com muitas oportunidades de crescimento”, completa.

GERAÇÃO DE EMPREGOS

O prefeito Vane disse que a consolidação da filial da Tel em Itabuna é “ótima notícia” em momento de crise nacional e quando o país tem aproximadamente 12 milhões de desempregados. “É uma felicidade poder gerar mais de 3 mil empregos”, disse, incluindo os 300 indiretos que o negócio atrai, segundo o gerente nacional de RH da empresa.

Vane visitou as instalações da Tel na J. S. Pinheiro, onde funcionava filial da D&D Material de Construção, acompanhado de secretários municipais Gilvan Rodrigues (Comunicação), Cleide Oliveira (Governo), Marco Cerqueira (Fazenda), Oton Matos (Controladoria) e José Humberto Martins (Indústria e Comércio). Titular da Fazenda, Marco Cerqueira ressaltou o trabalho do município para atrair a Tel. Para isso, doou área (a antiga feira livre do Conceição).








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia