Shows musicais atraíram milhares de pessoas ao festival (Foto Divulgação).

Shows musicais atraíram milhares de pessoas ao festival (Foto Divulgação).

A segunda edição do Festival do Mangostin, em Una, atraiu cerca de 75 mil visitantes em quatro dias de festa, segundo a organização, com música e oportunidade de degustação, negócios e divulgação dos benefícios do mangostin para a saúde. Os números foram divulgados pela Prefeitura de Una, que organiza o festival.

Para a secretária municipal de Turismo, Thais Gavazza, a festa cresceu na comparação com a edição do ano passado. “Aprendemos com a primeira, buscamos parceiros e, agora, temos um evento bem formatado, que atrai público e dá a oportunidade de fechar negócios”.

Nos pavilhões do festival, 46 estandes e barracas foram montados com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae). Quem caminhou pelo espaço pôde degustar o fruto que dá nome ao festival em diversas utilizações, como suco, sorvete e até cocada. Visitas às fazendas de mangostin também fizeram parte da programação.

O público ainda teve à disposição praça de alimentação, barracas da econômica criativa, que expuseram peças diversas de artesanato feitas com material reciclável, além da culinária oriental, difundida pela colônia japonesa presente à região desde o século passado.

SHOWS

Um dos pontos altos do Festival do Mangostin foi a presença de artistas de renome, regional e nacionalmente, que se apresentaram no palco montado na Avenida Barão do Rio Branco, no circuito da festa. As apresentações percorreram desde o estilo gospel até o sertanejo, passado pelo arrocha e o forró.

Na quarta-feira, dia 3, se apresentou o cantor gospel Samuel Mariano atraindo um público evangélico fiel, que cantou música a música. A pastora Andreia Grigório, que também se apresentou na noite, contou que essa é uma forma de de a comunidade evangélica de Una adorar a Deus e agradeceu a dedicação de uma noite para essa vertente musical.

Já na sexta-feira, a festa ficou por conta da dupla sertaneja Simone e Simaria. Mesmo marcado para começar à meia noite, o público não arredou o pé do circuito e esperou para ver a apresentação, ao som de sucessos como “Meu violão e nosso cachorro”, “Quando o mel é bom”, e “Não vou mais atrás de você”. A programação musical seguiu até o domingo, dia 7. Se apresentaram Sinho Ferrary, Kaio Oliveira e a dupla Taiane e Tainá.

O evento é uma realização da Prefeitura de Una, por meio da Secretaria de Turismo, com apoio e parceria da Associação de Produtores de Mangostin, Associação de Apicultores, Sebrae, Comissão Executiva da Lavoura Cacaueira (Ceplac), TV Santa Cruz, Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa), Secretaria de Turismo do Estado da Bahia (Setur), Companhia de Desenvolvimento de Ação Regional (CAR), Federação de Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb), Instituto Federal Baiano (IFBaiano) e Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado da Bahia (SDR).