Serginho se ajoelha e comemora conquista dos Jogos Olímpicos (Foto Fernando Frazão/Agência Brasil).

De joelhos, Serginho comemora mais um título olímpicos (Foto Fernando Frazão/A. Brasil).

O voleibol é o esporte coletivo que mais medalhas trouxe para o Brasil. Neste domingo (21), fez valer a escrita contra a Itália em jogos olímpicos e bateu os europeus por surpreendentes 3 sets a 0. O ouro deixa lições para outros esportes coletivos do país, dentre eles, o basquete – cujas seleções masculina e feminina foram eliminadas ainda na primeira fase da Rio 2016.

Agora, outro exemplo vindo do vôlei tem a ver com lição de vida, de entrega por resultados. Atende pelo apelido Serginho. O “vovôzinho”, 40 anos, não apenas se destacou em sua posição ao longo das 4 olimpíadas disputadas. Foi além. Comandou uma seleção renovada, fez papel de defensor, de levantador (muito acionado neste quesito) e terminou a competição como melhor jogador da jornada olímpica no Rio.