WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





setembro 2016
D S T Q Q S S
« ago   out »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

editorias





itao




FIOL É INCLUÍDA EM PROGRAMA DE PRIORIDADES DO GOVERNO FEDERAL

Obras da Fiol dependem de concessões para avançar (Foto Elói Corrêa)

Obras da Fiol dependem de concessões para avançar (Foto Elói Corrêa)

O modelo de negócio discutido pelo Governo do Estado junto aos investidores chineses e ao governo federal para a continuidade da construção da Ferrovia Oeste Leste (Fiol) foi aprovado. A obra agora é uma das prioridades do Programa de Parcerias de Investimento (PPI), do qual os técnicos entenderam ser viável a concessão do projeto, que tinha as obras realizadas pela Valec, mas que está paralisado.

Além de atender aos requisitos impostos pelo governo federal, o modelo foi discutido em março, pelo governador Rui Costa, em uma missão na China, e aprovado também pela China Railway Engeneering Group n.10 (Crec 10). “Recentemente, tivemos uma negociação em Xangai, que identificou o caminho de uma licitação para a subconcessão da Fiol e, em paralelo, para que se acelere a implantação do Porto Sul”, explica o secretário da Casa Civil, Bruno Dauster.

Dauster acrescenta que outros dois modelos foram descartados. Um deles transformaria o investimento privado em direito de passagem de carga na ferrovia, mas os chineses acharam que ele não oferecia segurança jurídica suficiente. O outro modelo se baseava na criação de uma empresa binacional entre a Crec 10 e a Valec.

“Mas identificou-se que havia resistência do ponto de vista do governo federal. Então, o Governo da Bahia fez uma proposta à Crec 10 para que se fizesse uma licitação da subconcessão por um período de 30 anos, por exemplo, com a obrigação de fazer um investimento e depois a exploração dessa subconcessão para haver o retorno”, afirma o secretário.

VIABILIDADE ECONÔMICA

Bruno destaca que todo projeto precisa ter viabilidade econômica. “O projeto do Porto Sul e da Fiol tem sustentabilidade econômica, pela possibilidade da exportação de 18 milhões de toneladas de minério de ferro da Bamin, na região de Caetité, e outras toneladas da região de Brumado, além da exportação de grãos da região do Oeste da Bahia”. Segundo o secretário, há um protocolo de intenções assinado com os produtores de grãos do Oeste para a utilização da Fiol e do Porto Sul para as exportações.

“Com a viabilidade econômica proporcionada pelo minério de ferro e pelos grãos do Oeste, além da segurança da licitação de uma subconcessão, se reúnem as condições pela parte do governo federal para a ferrovia e pela parte do Estado para o porto, para que isso se consolide”, afirma Dauster.

O secretário destaca que “o próximo passo será receber em outubro uma missão com a presença do vice-presidente da Crec 10, aqui na Bahia e em Brasília, para apresentar uma proposta de modelagem e termos então a própria licitação. A partir daí, teremos o início das obras do Porto Sul e a continuação da Fiol, que poderá ser o início da Transoceânica, que vai ligar o Atlântico ao Pacífico”.

2 respostas para “FIOL É INCLUÍDA EM PROGRAMA DE PRIORIDADES DO GOVERNO FEDERAL”

  • Era uma vez uma rodovia transamazônica que cortava o norte e o sul do país,era uma propaganda que dizia mais ou menos assim: “esse é um país que vai pra frente”hoje o que se ver,é uma rodagem de chão e de barro,quando é tempo de chuva ninguém passa devido o atoleiro. No tempo de sol é poeira e buraco.

    Vejam só que coisa idêntica,uma ferrovia que liga o sul ao nordeste e o norte,o que vai restar é a mesma coisa que aconteceu com outra rodovia,extremos prejuízos ao povo brasileiro.

    O anuncio desta obra foi feita ali ao pé do Padroeiro, São Sebastião, da doce Ilhéus e o dia que o então Ministro da Integração Nacional,Geddel Vieira Lima,
    foi vaiado por o então secretário da agricultura da Bahia, Geraldo Simões.

    Fato que causou constrangimento ao então Presidente da República,Lula da Silva e
    reprendeu o autor das vaias,Geraldo simões e neste dia que a obra foi anunciada e este comentarista pensou logo: é o conto do paco e comentei pra diversas pessoas.

    O tempo dirá desta obra,embora a outra o tempo já disse,eu gostaria de saber o que foi feito nestes últimos 13 anos no Brasil?

  • ewertonn almeida says:

    Uma notícia deveras bem vinda e animadora.

Deixe seu comentário






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia