Ilha de Quiepe, na Península de Maraú (Foto Maraú Notícias).

Ilha de Quiepe, na Península de Maraú (Foto Maraú Notícias).

Benedito morreu no acidente.

Benedito morreu no acidente.

Uma lancha transportando 14 turistas, que saíam de Barra Grande para um passeio em Boipeba, virou nas proximidades da Ilha de Quiepe, município de Ituberá, por volta das 10 horas de hoje (29).

Segundo relatos de pessoas presentes no local, a lancha Xuxete teria virado após se chocar com uma onda, nas imediações da ilha, provocando a morte de Benedito Luiz Alves Dias, de 63 anos, de Campinas, São Paulo.

Ele teria morrido afogado no momento em que a embarcação virou. Com informações do jornalista Saul Miranda, do site Maraú Notícias.

Atualização às 9h14min – Benedito era diretor de seguros do Banco do Brasil e do Mapfre.  O corpo será sepultado em Campinas. A vítima também era membro da Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP) e conselheiro do Sindicato das Empresas de Seguro, Resseguro e Capitalização (Sindseg-SP).

A Capitania dos Portos da Bahia também emitiu nota sobre o acidente. Confira no “leia mais”, abaixo.

A Marinha do Brasil, por meio do Comando do 2º Distrito Naval (Com2ºDN), participa que, às 11h45 de hoje (29), a Capitania dos Portos da Bahia (CPBA) tomou conhecimento sobre o naufrágio da lancha XUXETE, ocorrido por volta das 9h30 da manhã desta quinta-feira, nas proximidades da Ponta do Caroço, na desembocadura do Rio Orojo, em Ituberá (BA), próximo à localidade de Barra Grande. No momento do acidente, a lancha conduzia treze passageiro. 

 
Embarcações de moradores da localidade auxiliaram no resgate dos náufragos, um deles encontrado sem vida, que foram retirados do mar e levados para Barra Grande, balneário situado no município de Maraú-BA. Tão logo informada do acontecido, a Capitania dos Portos da Bahia deslocou, de Valença para a cidade de Camamu, uma equipe de inspetores navais, a fim de ampliar as informações sobre o acidente e prestar apoio às vítimas.As causas e responsabilidades pelo ocorrido serão determinadas em Inquérito Administrativo instaurado pela Marinha do Brasil.