(Foto Marcelo Casal/Agência Brasil)

(Foto Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Do Bahia.Ba

Procuradores americanos anunciaram a prisão de um cidadão brasileiro, no estado de Massachussets, por lavagem de dinheiro, em conexão com o esquema multibilionário de fraude global “TelexFree”. Nesta quinta-feira (5), cerca de US$ 20 milhões de Cléber Rene Rocha, de 28 anos, foram descobertos sob um colchão em um apartamento – o rapaz estava a serviço de um sobrinho do fundador da companhia, o também brasileiro Carlos Wanzeler.

A prisão foi fruto de uma investigação sobre a empresa, que realizava um esquema de pirâmide de dinheiro, sob o disfarce se tratar de uma companhia de internet e telecomunicações. A TelexFree pediu falência em abril de 2014, com dívida de US$ 5 bilhões a seus participantes, de acordo com procuradores. No total, cerca de 965 mil vítimas nos EUA, Brasil e outros países perderam US$ 1,76 bilhão com o fracasso.

Sediada na cidade de Marlborough, a empresa foi fundada pelo americano James Merrill e por Wanzeler . O estadunidense foi preso em maio de 2014 e se declarou culpado de conspiração e fraude eletrônica em outubro. Já o segundo, fugiu para o Brasil em 2014 e não pode ser extraditado.