Elder Fontes e Edimar Margotto criticam reajuste da GTA.

Elder Fontes e Edimar Margotto criticam reajuste da GTA.

Dirigentes da Associação dos Agropecuaristas do Sul da Bahia (Adasb) criticaram o aumento abusivo da Guia de Transporte Animal (GTA). Trata-se de um documento oficial para fiscalização de trânsito animal, emitido pela Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), e que contém informações sobre o destino e as condições sanitárias, além da finalidade do transporte animal.

O presidente da Adasb, Elder Fontes, ressalta que neste recente aumento houve uma desproporcionalidade. “Está claro que é abusivo. Antes, a taxa da GTA era R$ 2,20, sendo agora majorada para R$ 4,00”. Para o vice-presidente da Adasb, Edimar Margotto Jr, o reajuste deve ser equivalente à inflação do ano, mas, neste caso, não está sendo aplicado o reajuste de forma razoável e proporcional, em especial diante da significativa perda de receita do produtor em virtude de reiterados períodos de estiagem.