A greve dos 1,8 mil funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna chegou ao fim, há pouco, após a Prefeitura de Itabuna quitar pelos serviços prestados pela instituição ao SUS. Os trabalhadores estavam em greve desde a última terça (14) devido ao atraso no pagamento do salário de janeiro.

Raimundo Santana, do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi), acaba de confirmar o fim do movimento em contato com o PIMENTA, há pouco. “O pagamento foi feito e encerramos a greve”, disse. O dinheiro já foi depositado na conta dos funcionários.