WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





março 2017
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias






:: 3/mar/2017 . 14:59

JOSÉ ADERVAN – FOI O HOMEM, FICA SUA HISTÓRIA

walmirWalmir Rosário | [email protected]

Adervan lutou pela transformação da Fespi em Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) se empenhou na criação da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). Mas nada disso se compara como o carinho com que recebia jovens estudantes que frequentemente visitavam o Agora.

Em 3 de março próximo José Adervan completaria 75 anos de existência, 66 deles vividos em Itabuna – sem levar em conta o período que passou em Salvador e Alagoinhas. A intenção dos amigos e família era elaborar uma edição especial do Jornal Agora para homenageá-lo, mas como ainda não conseguiram tornar a vida perene, nos deixou antes disso.

Lutou contra a enfermidade até não poder mais. E não poderia ser diferente para quem passou toda a vida superando obstáculos, sempre com a naturalidade que lhe era peculiar. Se as coisas estavam difíceis, aí era que ele apostava num salto mais alto. Contava que aprendeu isso com sua mãe, obstinada, como toda sergipana, em tornar vencer as dificuldades.

E Adervan, o mais baiano – grapiúna – dos sergipanos, costumava lembrar do dia em que chegou a Itabuna, numa data qualquer de 1951, em cima de um “pau-de-arara”, fugindo da terrível seca. Aos nove anos, o menino se deslumbrou quando o caminhão parou no terreno baldio onde hoje é o Fórum Ruy Barbosa, e resolveu fazer um reconhecimento daquela que seria a cidade do seu coração.

Mais do que sergipano de Boquim, passou a ser itabunense e cidadão da região cacaueira, título dado e passado pela população do Sul da Bahia, como reconhecimento dos seus feitos. Era um obstinado pelo desenvolvimento regional e travou uma luta constante na defesa da nossa economia, pelo cumprimento das promessas dos políticos, e pela garantia básica de direitos assegurados em nossa Constituição, como educação, saúde e cidadania.

É bom que se diga que esse estofo não nasceu do Jornal Agora, bastião da defesa regional, criado por Adervan e Ramiro Aquino, uma instituição que teima em desafiar a história, sobrevivendo por longos 35 anos. Não pensem que foi o Jornal Agora quem fez Adervan. Foi exatamente o contrário e desde os tempos de Alagoinhas que ele já se dedicava à imprensa, editando uma revista.

Dos tempos menino, quando começou a respirar o cheiro das tintas nas gráficas, ainda com tipos frios, passou pelo chumbo quente dos linotipos até as impressoras planas e a composição digital. Durante esse período, dividiu seu tempo com a política, a começar pela estudantil, elegendo-se presidente da então toda poderosa União dos Estudantes Secundaristas de Itabuna (Uesi). :: LEIA MAIS »

CEEP ITABUNA OFERECE VAGAS EM CURSO TÉCNICO EM NUTRIÇÃO

CEEP Itabuna oferece vagas em curso técnico.

CEEP Itabuna oferece vagas em curso técnico.

O Centro Estadual de Educação Profissional em Biotecnologia e Saúde de Itabuna (CEEP) encerra, no próximo dia 10, o prazo de matrícula no curso de Técnico em Nutrição, período da tarde, modalidade Proeja. O aluno pode cursar o Ensino Médio e o Técnico em apenas dois anos e meio. O CEEP pertence à rede estadual de Educação Profissional.

As matrículas podem ser feitas no CEEP em Biotecnologia e Saúde (antigo Colégio Polivalente), próximo ao Hospital Calixto Midlej Filho. De acordo com a direção da escola, as aulas começam no próximo dia 13.

Para a matrícula, o aluno deve apresentar cópia do RG, CPF, comprovante de residência e levar foto 3 por 4, pasta individual, e histórico até 8ª Série ou 9º ano. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (73) 3612-8999 e 3613-8155.

COM BIOMETRIA, TSE IDENTIFICA FRAUDES EM 15,4 MIL TÍTULOS DE ELEITOR

título de eleitorA Justiça Eleitoral identificou mais de 15,6 mil fraudes entre as eleições de 2014 e 2016, por meio do cruzamento de informações biométricas. São eleitores que foram a diferentes cartórios, se passaram por outras pessoas e conseguiram emitir mais de um título, o que é ilegal. Eles foram identificados por meio das digitais.

O estado com o maior número de fraudes identificadas por meio do registro biométrico foi Alagoas, onde 2.188 títulos de eleitor foram considerados irregulares, segundo o levantamento feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em seguida vieram São Paulo (1.733) e Goiás (1.503).

Em Goiás, um único homem conseguiu emitir 51 títulos de eleitor, todos em diferentes cartórios. Ele só foi identificado porque em todos os cadastros constava a mesma impressão digital, que é única para cada indivíduo. Neste caso, o registro biométrico o impediu de votar repetidas vezes.

Além de resultar no cancelamento das inscrições irregulares, os dados foram enviados pelo presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, ao Ministério Público Federal, para que sejam apurados os “indícios de configuração de eventual ilícito eleitoral ou de outra natureza”, escreveu o magistrado. As investigações podem acarretar ações penais.

É possível, entretanto, que em várias partes do país as fraudes tenham passado despercebidas. Isso porque dos 144 milhões de eleitores brasileiros, somente 46,3 milhões tinham cadastro biométrico nas eleições de 2016. O registro biométrico começou a ser implantado no Brasil em 2008. A meta do TSE é que todo o eleitorado esteja cadastrado até 2022. Da Agência Brasil.

PREFEITURA RETIRA CAMELÔS DA CINQUENTENÁRIO

Calçada da Cinquentenário é ocupada por ambulantes.

Calçada da Cinquentenário é ocupada por ambulantes.

Os vendedores ambulantes receberam ordem, hoje (3), para desocupar a Avenida do Cinquentenário e transversais. A partir da próxima segunda (6), eles serão proibidos de ocupar a principal artéria comercial do centro de Itabuna.

O aviso aos ambulantes está sendo feito por meio de carro de som, pela prefeitura, nesta sexta. A medida tem aprovação dos lojistas e de pedestres, mas surpreendeu os camelôs. Isso, porque o governo ainda não informou quais espaços poderão ser ocupados pelo mercado informal. Também não diz quando será inaugurado o Shopping Popular.

No dia 29 de dezembro, o prefeito Fernando Gomes disse em entrevista coletiva que iria reordenar o comércio central. Ele citou a crise econômica e o desemprego e prometeu interferir na via quando fosse inaugurar o Shopping Popular. A inauguração, observou, dependeria de laudo do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

EDUCADORES FÍSICOS PASSAM A ADOTAR O KETTLEBELL NA PREPARAÇÃO DE ATLETAS

Leandro Melo e o professor João Rosário, da Brutal (Foto Divulgação).

Leandro Melo e o professor João Rosário, da Brutal (Foto Divulgação).

Joyce adotou o ketlebell

Joyce adotou o ketlebell na preparação física.

A atleta de artes marciais Joyce Araújo inseriu o o kettlebell na sua preparação física. Multipremiada em judô e jiu jitsu – modalidades em que é faixa preta – Joyce é uma das competidoras do Torneio de Kettlebell que será realizado no dia 25 de março próximo, no sítio histórico de Canavieiras, com a participação de atletas de Salvador, Itabuna, Ilhéus e da própria cidade.

Professora de educação física da Academia Guerreiros da Laje, em Canavieiras, Joyce ressalta os resultados positivos conseguidos após os treinamentos com kettlebell, que também recomenda para seus alunos de judô, jiu jitsu e boxe. “Logo na primeira semana que fui apresentada ao kettlebell senti que era uma modalidade de treinamento correto e já estou me preparando para o torneio”, .

A professora Joyce Araújo adotou o kettlebell na preparação física há seis meses e é treinada pelo coach João Rosário, da Brutal. O esporte se tornou sua nova paixão e é uma atleta aplicada, que leva as atividades a sério, tanto assim que acredita no bom desempenho dos 10 atletas da equipe de Canavieiras. Para ela, competir com o pessoal de Itabuna, Ilhéus e Salvador irá ser uma ótima oportunidade para aprimorar os conhecimentos.

TORNEIO DE KETLEBELL

Há seis meses, o educador físico canavieirense Leandro Melo Alves (Índio) começou a praticar o kettlebell sport com João Rosário. Leandro, que dá aula na Academia Master, passou a inserir o kettlebell no treino de seus alunos.

Para o professor Leandro, o kettebell tem sido um novo desafio na sua atividade profissional e ele considera que a cada dia há uma nova superação e realização. “O kettlebell dá mais força, flexibilidade, mobilidade e o que antes não conseguia realizar, hoje, com essa ferramenta fazemos nossos treino com muita mais facilidade”, explica.

Cinco dos atletas da academia de Leandro participarão do Torneio de Ketlebell Sport de Canavieiras. O evento será aberto ao público num dos principais cartões postais de Canavieiras, o sítio histórico, ao lado do coreto, no dia 25 de março, a partir das 15 horas. As provas em disputa serão long cycle, snatch e jerk.

O evento conta com o patrocínio da Hidraluz, Mercado Compre Bem, Posto Canes, CDL de Canavieiras, Casa do Estudante, Fornão Pizzaria, Malu Móveis, Ótica São Raphael. Contam, ainda, com o apoio da Prefeitura de Canavieiras, Costa Sul FM 99.3, Jornal Tabu, Açaizeiro, Lavnil Lavanderia e Jornal Agora. Mais informações no (73) 99827-9091 (WhatsApp), com João Rosário. Confira nos links http://bit.ly/2jxR3Rf e no Facebook da Brutal (clique aqui)

CAIRU: MPF DENUNCIA ADPK E 3 PESSOAS POR DESMATAMENTO ILEGAL EM BOIPEBA

Praia de Boipeba, em Cairu, onde ocorreu desmatamento ilegal (Imagem MPF).

Praia de Boipeba, em Cairu, onde ocorreu desmatamento ilegal (Imagem MPF).

O Ministério Público Federal (MPF) em Ilhéus (BA) denunciou Bassim Mounssef, Fabiana Andréa Oliveira Pachecho, Petrusca Mello Costa e a a empresa ADPK – Administração, Participação e Comércio Ltda por desmatamento ilegal. Os acusados teriam danificado 1,75 hectares de Mata Atlântica na Área de Proteção Ambiental (APA) das ilhas de Tinharé e Boipeba, em Cairu (BA), com o objetivo de construir o condomínio Reserva Morro de São Paulo.

Segundo a denúncia, a supressão ilegal da vegetação foi possível graças à licença ambiental expedida por Petrusca Mello Costa – então Secretária Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Cairu – baseada em parecer técnico ambiental de Fabiana Andréa Oliveira Pacheco – engenheira ambiental – contendo informações falsas sobre as características ambientais da área.

Em outubro de 2016, o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) realizou inspeção no local e constatou infração gravíssima. Por se tratar de Mata Atlântica em estágio médio e avançado de regeneração, o desmatamento só poderia ocorrer em casos de utilidade pública e interesse social, conforme o artigo 14 da Lei nº 11.428/2006. E, ainda assim, o desmatamento somente poderia ocorrer com autorização do Inema — o que não existiu, segundo o MPF.Clique no link e confira a íntegra da matéria :: LEIA MAIS »






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia