WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










março 2017
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias






:: 30/mar/2017 . 22:48

FICC OFERECE 60 VAGAS E ATÉ R$ 2 MIL DE SALÁRIO EM SELEÇÃO PÚBLICA

Sede da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc).

Sede da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc).

As inscrições para o Programa de Arte e Cultura em Áreas de Interesse Social (Pacais) ficam abertas até a próxima segunda (3). São oferecidas 42 vagas para oficineiros de Arte e 18 para assistentes artísticos, de acordo com edital da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc). O programa tem por objetivo difundir a cultura através de oficinas de iniciação artística. Salário varia de R$ 1 mil a R$ 2 mil.

CONFIRA EDITAL

Do total de vagas ofertadas para os cargos descritos no Edital, duas serão reservadas a pessoas com deficiência, desde que haja compatibilidade com as atividades do cargo pretendido. Segundo a coordenadora pedagógica do programa, Denise Tavares, ao longo da sua execução o Pacais já contemplou mais de 5 mil pessoas no município.

:: LEIA MAIS »

PRESÍDIO DE ITABUNA INAUGURA SALA DA OAB

Será inaugurada nessa sexta-feira (31), no Conjunto Penal de Itabuna (CPI), uma sala destinada ao apoio aos advogados que possuem clientes naquela unidade penal. A Sala da OAB foi uma demanda apresentada pela Seccional Itabuna da Ordem, acolhida pela direção do Conjunto Penal de Itabuna e executada pela empresa Socializa – Novo Sistema Prisional, que faz a administração do CPI em sistema de cogestão com o Governo do Estado.

Após a implantação da Sala da OAB na CPI, diversas outras seccionais estão demandando o mesmo espaço nas respectivas unidades prisionais por todo o estado. O evento terá a participação de autoridades estaduais, representantes de órgãos ligados ao Judiciário, e da Seção Bahia da Ordem dos Advogados do Brasil. Também estão convidados representantes do poder Executivo e Legislativo de Itabuna e municípios vizinhos.

SERVIDORES DO MP-BA FAZEM PARALISAÇÃO CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Os servidores do Ministério Público Estadual (MP-BA) decidiram paralisar as atividades durante esta sexta-feira (31). Cruzam os braços em protesto contra a Reforma da Previdência, de acordo com o Sindicato dos Servidores do Ministério Público da Bahia. A paralisação atinge as promotorias de todo o estado, conforme definido em assembleia geral realizada no último dia 24.

TIROTEIO DEIXA 4 PESSOAS BALEADAS EM ITABUNA; UMA DAS VÍTIMAS TEM 1 ANO

Quatro pessoas foram baleadas no início da tarde desta quinta (30), na Rua R, Novo São Caetano, em Itabuna. Uma das vítimas tem apenas um ano e foi internada em estado grave no Hospital Manoel Novaes. O menino é filho único de um músico itabunense.

De acordo com a polícia, as outras vítimas são um adolescente de 14 anos, V.S., Antônio Carlos Pereira, de 51, e Fábio Conceição, de 34. O adolescente e os dois adultos foram encaminhados para o Hospital de Base.

Segundo testemunhas, os disparos teriam sido efetuados por um adolescente. A criança estava com o homem mais velho, dentro de uma serralheria, quando foi atingido por dois tiros.

Tacila foi executada ontem à noite.

Tacila foi executada ontem à noite.

PACTO PELA VIDA

A tentativa de chacina ocorre um dia após a cúpula da segurança pública baiana – mais o governador Rui Costa e a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, Maria do Socorro Santiago, se reunir, na Rodovia Ilhéus-Itabuna, para discutir o avanço e o combate à criminalidade em Itabuna. Até ontem à noite, o município registrava mais de 47 homicídios. No último, uma adolescente de 15 anos, identificada como Tacila Rodrigues dos Santos, foi assassinada a tiros.

O BRASIL DE ADRIANA ANCELMO E O BRASIL DE RAFAELA. DE MILHÕES DE RAFAELAS…

IMG-20170330-WA0030Maurício Maron | mauricio.maron@gmail.com

 

Se hoje a pena de Adriana Ancelmo é não poder falar ao telefone nem acessar a internet, a de Rafaela é estar longe de quem ama e de quem precisa dela.

 

 

O Brasil de Adriana Ancelmo é diferente do Brasil de Rafaela. Diferente e desigual.

A ex-primeira dama do Rio de Janeiro, acusada de integrar uma organização criminosa e roubar milhões de reais de recursos públicos ao lado do marido, Sérgio Cabral, já está em casa, cuidando dos filhos.

Um direito que a justiça lhe concedeu sob a alegação de que ela necessitava cuidar dos menores.

Rafaela mora no Pará. Tem três filhos. Um deles, autista.

Em 2009 foi presa acusada de furto em uma loja. Quatro anos depois, voltou a ser presa após uma tentativa de assalto. Na Páscoa de 2015, saiu para passar o final de semana em casa e decidiu não voltar. Ficou desesperada ao ver que o filho precisava da sua presença. Ficou foragida até novembro do ano passado e hoje cumpre pena em regime fechado.

Se Adriana, agora no aconchego dos filhos e da casa, por certo, sorri, Rafaela chora.

A justiça que concedeu o benefício à ex-primeira dama fluminense é a mesma que acaba de negar o mesmo direito à Rafaela.

Que fique claro que esta análise não revoga o dever de ambas em cumprir as penas a que estão condenadas. Uma é acusada de ter roubado milhões. Outra, acusada de tentar roubar.

As duas, portanto, devem à justiça e precisam pagar pelo que devem.

Bom também lembrar que no Brasil que a gente vive, há milhares de Adrianas.

E outras milhares de Rafaelas.

O que se questiona é o poder da balança em pender mais para um lado. Ela, que é o símbolo místico da justiça, representa a equivalência e equação entre o castigo e a culpa. Na teoria traz como principais conceitos a equidade e a igualdade.

Mas na prática…

Se hoje a pena de Adriana Ancelmo é não poder falar ao telefone nem acessar a internet, a de Rafaela é estar longe de quem ama e de quem precisa dela.

A Defensoria Pública do Pará pediu que ela pudesse ir para casa cuidar dos filhos. O Ministério Público estadual concordou com o pedido. A juíza, no entanto, decidiu que não iria avaliar o pedido e adiou o julgamento.

Do sofá de sua casa, Adriana Ancelmo neste momento deve estar acariciando os filhos, alicerçada em um direito constitucional.

Rafaela está atrás das grades. Ela, solitária. Os filhos, idem.

Este País precisa urgentemente ser menos desigual.

Mauricio Maron é jornalista é editor do Jornal Bahia Online.

NOVA DECISÃO DO TRT PROÍBE TERCEIRIZAÇÃO NOS PRESÍDIOS BAIANOS

A liminar obtida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) para suspender a contratação de novas empresas de terceirização de atividades próprias da função pública de agente penitenciário vai voltar a valer. A decisão de restabelecer os efeitos da decisão da 5ª Vara do Trabalho de Salvador, que estavam suspensos pela presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5), desembargadora Adna Aguiar, foi tomada pelo Pleno da Corte, por 12 votos a dois, na semana passada e só aguarda publicação para que tenha que ser cumprida.

Com isso, o estado, ficará proibido de contratar empresas para prestar os serviços que são próprios da carreira pública de agente penitenciário. A decisão dos desembargadores baianos foi bastante comemorada pelo procurador-chefe do MPT na Bahia, Alberto Balazeiro, que esteve presente à sessão que deliberou sobre o tema. “Essa é uma grande conquista tanto do ponto de vista do direito dos concursados quanto nos aspectos de gestão do sistema carcerário, que não pode ser terceirizado pelo poder público”, avaliou.

Os 14 desembargadores presentes deveriam se posicionar sobre a decisão monocrática da presidente do Tribunal, tomada em agosto do ano passado, que suspendeu os efeitos da liminar concedida pela juíza Doroteia Azevedo Mota, titular da 5ª vara, onde a ação civil pública movida pelo MPT desde o início de 2016 está sendo julgada. :: LEIA MAIS »

CONSTRANGIMENTO NO CIDADELLE

Entre o governador e a prefeita, Salles antes constrangeu colega (Foto Pimenta).

Entre o governador e a prefeita, Salles antes constrangeu colega (Foto Pimenta).

O deputado estadual Eduardo Salles (PP) constrangeu colegas de parlamento e a prefeita de Maraú, Graça Viana, durante a entrega de viaturas, ontem (29), no Clube Cidadelle, em Ilhéus. Ao perceber que não apenas o governador Rui Costa e o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, estavam ao lado da prefeita, Salles deu “coice” em um dos colegas:

– Ela (a prefeita) tem novo dono é? – questionou, com sorriso de canto de boca, dirigindo-se ao colega de Assembleia Legislativa.

Polido, o outro deputado se afastou sem retribuir o gesto “educado”.

INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO

 

Palestra de Salamacha atraiu empresários e estudantes ao CCAF, em Itabuna.

Palestra de Salamacha atraiu empresários e estudantes ao CCAF, em Itabuna.

O Centro de Cultura Adonias Filho, em Itabuna, ficou lotado durante conferência com o consultor internacional e doutor em Administração Luciano Salamacha, que abordou inovação, empreendedorismo e mercado de trabalho na palestra Um olhar para o futuro. O evento, promovido pela Adsoft e a Home Shop, envolveu empresários e estudantes das áreas de administração e economia, por exemplo.

Os diretores da Adsoft, Eujácio Dantas e Alessander Curty, observaram que Luciano Salamacha, apesar do currículo e do sucesso, é uma pessoa extremamente simples, acessível, inteligente e de competência incontestável. “Era essa competência e esse jeito eficiente do Salamacha que a gente desejava trazer para o público de Itabuna”.

PRESIDENTE DO TJ-BA ANUNCIA MAIS UM MÓDULO PARA O NOVO FÓRUM DE ITABUNA

Presidente do TJ baiano, Maria do Socorro Santiago (Foto Domingos Matos/Pimenta).

Presidente do TJ baiano, Maria do Socorro Santiago (Foto Domingos Matos/Pimenta).

A presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargadora Maria do Socorro Santiago, anunciou a construção do segundo módulo do novo fórum de Itabuna. As obras, de acordo com a presidente, devem começar entre abril e maio.

Ontem (29), Maria do Socorro Santiago participou de reunião da Caravana do Pacto pela Vida, em Itabuna, e fez o anúncio da ampliação do novo fórum, ao lado do governador Rui Costa, do prefeito Fernando Gomes, além do presidente da Assembleia Legislativa, Ângelo Coronel.

– Vim para cuidar da feitura de um novo módulo do fórum. Já vamos começar as obras a partir de abril ou maio. O novo módulo será construído próximo ao que já existe [próximo ao Hospital de Base] – disse a presidente do Tribunal de Justiça.

 

MARÃO DIZ TER FICADO SURPRESO COM NOMES ENVOLVIDOS NA OPERAÇÃO CITRUS

Marão Entrevista 29.03.2017

Mário Alexandre, de Ilhéus, fala de operação e reflexos no governo (Foto Pimenta).

Após decretar situação de emergência na Secretaria de Desenvolvimento Social na última semana, o prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), disse que a ordem é não parar os serviços da Pasta. O gestor avaliou como “triste, negativo” para a cidade o impacto da Operação Citrus.

A investigação do Ministério Público Estadual (MP-BA) resultou em seis prisões temporárias, dentre as quais a de dois ex-secretários, um deles reeleito vereador mais votado de Ilhéus, Jamil Ocké (PP), que permanece no Presídio Ariston Cardoso. Marão disse ter ficado surpreendido com os nomes envolvidos, embora – e sem emitir juízo de valor – ressalte que todos estão tendo direito a defesa.

Ontem à tarde, Marão participou de evento da Caravana Pacto pela Vida, na Rodovia Ilhéus-Itabuna, onde foram entregues viaturas para as polícias civil e militar e para grupamentos do Corpo de Bombeiros em Ilhéus e Itabuna. Afirmou que a luta tem sido em elevar a autoestima do ilheense. Abaixo, numa entrevista ao site, o prefeito fala de providências do governo no âmbito da Operação Citrus.

BLOG PIMENTA – A Operação Citrus abrange período de oito anos, a partir de 2009. Quais os efeitos da operação no seu governo?
MÁRIO ALEXANDRE (MARÃO) –
Para a cidade, foi triste, negativo. Colocamos o governo às ordens da promotoria e do judiciário para auxiliar nas investigações. Por recomendação do Ministério Público Estadual, tivemos que cancelar os contratos com as empresas envolvidas na Operação Citrus. Estamos fazendo contratação emergencial para a secretaria (de Desenvolvimento Social) não parar.

PIMENTA – Essa contratação emergencial já foi feita?
MARÃO –
As contrações estão sendo feitas. Passamos à Procuradoria-Geral do Município para seguirmos os trâmites e fazermos as novas contratações.

PIMENTA – A secretaria continuará fechada ao público?
MARÃO –
A nossa orientação é para que funcione normalmente.

PIMENTA – Os contratos suspeitos com a deflagração da Citrus foram firmados neste governo?
MARÃO –
Esses contratos foram prorrogados, por 90 dias [no início da gestão], enquanto fazíamos nova licitação. Em Ilhéus, não decretamos situação de emergência, aliás um dos poucos [municípios] na Bahia.

______________

OPERAÇÃO CITRUS – Qualquer fato negativo desses é ruim para quem faz política, para quem está no meio político, mas a gente leva a questão positiva da cidade, levantando a autoestima do nosso povo, de ver uma cidade melhor, de vermos uma cidade com infraestrutura melhor, turismo.

______________

PIMENTA – Fez na saúde.
MARÃO –
Na Saúde, porque os contratos já tinham sido vencidos. Mas fomos um dos poucos na Bahia que decretamos situação emergencial em nenhum setor, inclusive parabenizado pela associação dos municípios da Bahia.

PIMENTA – O ambiente político na cidade ico tenso. E o governo, está tranquilo quanto à operação?
MARÃO –
Sim. Qualquer fato negativo desses é ruim para quem faz política, para quem está no meio político, mas a gente leva a questão positiva da cidade, levantando a autoestima do nosso povo, de ver uma cidade melhor, de vermos uma cidade com infraestrutura melhor, turismo. Tenho orientado a nossa equipe a passar esse pensamento positivo, não só da nossa cidade, mas da região.

PIMENTA – Para o senhor, foi uma surpresa os nomes dos personagens envolvidos na operação?
MARÃO –
É sempre surpreendente. A gente que não conhecia esse tipo de trabalho… A gente se surpreende, a prisão… Eles também têm como se defender. A prisão é temporária. E aí, a partir da acusação e da defesa, é que vai se chegar a um veredito final…

BC PROJETA CRESCIMENTO DE 0,5% DA ECONOMIA BRASILEIRA

Sede do Banco Central.

Sede do Banco Central.

Da Agência Brasil

O Banco Central (BC) reduziu a projeção para o crescimento da economia este ano. A estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi ajustada de 0,8%, estimativa de dezembro, para 0,5%, de acordo com o Relatório de Inflação divulgado hoje (30), em Brasília, no site do BC.

A projeção para a produção da agricultura é de aumento de 6,4% ante a estimativa anterior de 4%. No ano passado, houve recuo de 6,6%, o pior resultado já registrado. A estimativa para o desempenho da indústria foi revisada de crescimento 0,6% para recuo de 0,1%. Para o setor de serviços e comércio, a expectativa de crescimento passou de 0,4% para 0,1%.

A projeção para a expansão do consumo das famílias foi revisada de 0,4% para 0,5%, após queda de 4,2% em 2016, pior resultado já anotado. “Esse cenário repercute o ambiente de aumentos da renda real e dos indicadores de confiança, os impactos da liberação dos recursos das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e as perspectivas de estabilização do mercado de trabalho no segundo semestre”, diz o relatório.

O consumo do governo deve crescer 0,2%, ante projeção de 0,5% em dezembro, “recuo compatível com o ajuste fiscal em curso”.

RETRAÇÃO DE INVESTIMENTOS

Os investimentos (Formação Bruta de Capital Fixo – FBCF) deverão apresentar retração de 0,3%, ante projeção de crescimento de 0,3% em dezembro.

As exportações e as importações de bens e serviços devem variar 2,4% e 3,5% em 2017, diante de projeções respectivas de 2,2% e 4,1% no Relatório de Inflação de dezembro.

“A evolução das exportações reflete o desempenho positivo de culturas agrícolas relevantes na pauta. A redução na projeção das importações está condicionada, em grande parte, a revisões para baixo na indústria e na FBCF”, diz o BC.

BIOFÁBRICA LANÇA CAMPANHA DE INCENTIVO AO PLANTIO DE CACAUEIRO

Biofábrica incentivará a plantação de cacaueiro.

Biofábrica incentivará a plantação de cacaueiro.

O Instituto Biofábrica de Cacau (IBC) deu início a uma série de ações da campanha Cacau: Fruto do Bem”. Durante maio, a campanha promoverá o plantio de cacaueiros em espaços públicos de Ilhéus e Itabuna, como escolas e áreas abertas.

Ao longo da última semana, em alusão ao Dia do Cacau, no domingo (26), a Biofábrica realizou diversas atividades, entre elas, uma audiência pública da Frente Parlamentar Ambientalista, presidida pelo deputado Marcelino Galo (PT), no parque fabril do instituto, em Banco do Pedro, Ilhéus. O evento, que ocorreu no dia 24, contou com as presenças de diversas autoridades.

“Aqui mostramos o impacto direto que a Biofábrica promove na reestruturação da base produtiva, principalmente do estado da Bahia. Ela é um equipamento público do estado e temos a certeza de que essa e outras ações são importantes para chamar a atenção para a representatividade da Biofábrica”, ressalta o diretor-geral do IBC, Lanns Almeida.

:: LEIA MAIS »








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia