WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





abril 2017
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias





itao




FUNCIONÁRIO DA BARRY CALLEBAUT MORRE VÍTIMA DE INFARTO; SINDICATO QUESTIONA EMPRESA

Josenei sofreu infarto.

Josenei sofreu infarto.

Um funcionário da Barry Callebaut em Itabuna faleceu, neste domingo (2), vítima de infarto. Josenei Silva Souza, de 28 anos, começou a se sentir mal ainda na unidade industrial, por volta das 11h30min de ontem.

O jovem foi socorrido pelo Samu 192 e encaminhado para o Hospital Calixto Midlej Filho, onde faleceu às 13h. Josenei trabalhava como eletricista da empresa. Colegas dele se revoltaram com a falta de equipe para socorro médico dentro da indústria.

Hoje, o presidente do Sindicato das Indústrias Moageiras de Cacau de Ilhéus e Itabuna (Sindicacau), Luiz Fernandes, disse que este é o segundo caso de morte na unidade itabunense. “Há um ano, um funcionário morreu sem os primeiros socorros dentro da unidade. Sofreu aneurisma. Apesar da gravidade, a indústria ainda não possui equipe médica”, constata.

VELÓRIO

O corpo de Josenei está sendo velado no Santa Fé, ao lado do Cemitério Campo Santo, onde ocorrerá o enterro, às 14h desta segunda (3). O jovem havia casado há um ano. Deixa esposa.

POSIÇÃO DA EMPRESA

A Barry Callebaut enviou nota na qual diz ter acionado a brigada de emergência da unidade, em Itabuna, assim que constatado o mal súbito sofrido por Josinei na linha de produção. A brigada, de acordo com a empresa, prestou os “primeiros socorros até a chegada da ambulância do Samu”.

Ainda conforme a nota, Josinei faleceu às 13h12min, vítima de “parada cardiorrespiratória”. “A Barry Callebaut lamenta a fatalidade e informa que vem prestando apoio à família desde domingo; e reitera que está à disposição da família e colegas para apoio necessário.” Atualizado às 11h50min / 04/04/2017.

1 resposta para “FUNCIONÁRIO DA BARRY CALLEBAUT MORRE VÍTIMA DE INFARTO; SINDICATO QUESTIONA EMPRESA”

  • Neymar says:

    Lá é assim os trabalhadores não podem dar atestado trabalham doentes ase ser atestado é perseguido pela diretoria todos trabalham no limite dá saúde sem poder fazer um exame agora quem perdeu foi a família do pobre trabalhador pois assim como o outro que morreu de aneurisma não deram a mínima deram graças a Deus só querem humilhar os outros e produzir o resto que se dane.

Deixe seu comentário






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia