Ilhéus e Itabuna cortam quase 800 postos de trabalho em 2017.

Ilhéus e Itabuna cortam quase 800 postos de trabalho em 2017.

Os municípios de Ilhéus e de Itabuna fecharam total de 798 postos de trabalho com carteira assinada nos primeiros três meses deste ano. Os números foram levantados pelo PIMENTA no Ministério do Trabalho e Emprego.

O maior tombo foi registrado em Ilhéus. A economia da Terra de Gabriela fechou 466 postos de trabalho no período, enquanto em Itabuna houve corte de 332 vagas nos primeiros três meses deste ano.

Quando analisados apenas os dados de março, Itabuna cortou exatas 321 vagas de emprego com carteira assinada, resultado direto das 574 admissões ante 895 desligamentos. Em Ilhéus, 469 contratações contra 665 demissões.