WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom sao joao unime shopping jequitiba


maio 2017
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias


:: 14/maio/2017 . 23:30

BAHIA “BROCA” O ATLÉTICO-PR E LIDERA BRASILEIRÃO; VITÓRIA EMPATA NA ESTREIA

O Bahia estreou no Campeonato Brasileiro 2017 aplicando sonora goleada no Atlético-PR: 6 a 2. Tá certo que o adversário não veio com o time titular, mas é de se respeitar o resultado na Fonte Nova, em Salvador.

O Esquadrão lidera na largada do Nacional. No próximo domingo (21), às 11h, o time enfrentará o Vasco, em São Januário. O time carioca estreou com derrota para o Palmeiras (4 a 0), na casa do adversário.

Confira, no vídeo abaixo, os oito gols no estádio baiano, neste domingo (14), Dia das Mães.

VITÓRIA EMPATA
Já em Florianópolis, na Ressacada, o Vitória empatou em 0 a 0 com o Avaí. O Rubro-Negro baiano até mandou acertou a trave duas vezes (com Paulinho e Willian Farias) e criou as melhores chances, porém não conseguiu mudar o placar. No próximo domingo (21), às 16h, o Vitória enfrentará o Corinthians, que empatou com a Chapecoense, em 1 a 1, no Itaquerão, ontem (13).

ERA UMA PODA… E DESTRUÍRAM A PRACINHA DOS AUTISTAS

Pracinha no Jardim Primavera2

Pracinha para autistas foi destruída em ação desastrada.

Uma pracinha para autistas foi destruída, neste final de semana, no Bairro Jardim Primavera, em Itabuna. Moradores pediram a poda de árvores do entorno da pracinha.

A execução da tarefa resultou numa tragédia para a iniciativa. “Pedimos para cortar os galhos das árvores e destruíram a pracinha que arrumamos, com muito carinho, para os autistas”, afirmou, indignada, uma moradora do bairro.

Pracinha no Jardim Primavera3

Autistas ficaram sem pracinha no Jardim Primavera.

FOTO DE MACACA CHORANDO AO SOCORRER FILHOTE INCONSCIENTE COMOVE INTERNAUTAS

Imagem de macaca com filhote desfalecido comove internautas (Reprodução Facebook).

Imagem de macaca com filhote desfalecido comove internautas (Reprodução Facebook).

Ibahia

Um fotógrafo registrou, em uma imagem tocante, o momento em que uma macaca parece chorar ao abraçar um filhote que ficou inconsciente, em Jabalphur, na Índia. O clique, compartilhado por Avinash Lodhi em seu perfil em uma rede social, está comovendo internautas de diferentes países.

O fotógrafo conta que viu uma movimentação estranha entre macacos e decidiu se aproximar para fazer fotos. “Decidi me sentar e observar a atividade deles, embora já estivesse perdendo luz (estava escurecendo)”, disse ele, segundo o site britânico The Telegraph.

Segundo Lodhi, em um dado momento, o filhote pareceu ficar inconsciente, assustando sua mãe, que ficou visivelmente desesperada. Neste momento, ele congelou a imagem. Logo depois, felizmente, o pequeno macaco acordou.

“Esse é um momento raro, principalmente entre os animais”, disse ele, que se impressionou com o próprio registro. “Assim que eu vi a imagem fiquei em silêncio por uma hora”, completou.

No Facebook, onde a fotografia foi postada, internautas ficaram impressionados. “Ótimo registro! Parabéns”, escreveu um deles.

ENCONTRO BAIANO DISCUTE SISTEMAS AGROSSILVICULTURAIS NA MATA ATLÂNTICA

Sede regional da Ceplac, na rodovia Ilhéus-Itabuna (Foto Divulgação).

Sede regional da Ceplac, na rodovia Ilhéus-Itabuna (Foto Divulgação).

Profissionais e pesquisadores internacionais e brasileiros de reconhecida competência na área agroflorestal, professores e estudantes de instituições de ensino superior e empresários e produtores rurais do Sul da Bahia e de outras regiões do país vão participar do III Encontro Baiano de Sistemas Agrossilviculturais (EBSAGS). O evento será de 5 e 9 de junho, na semana dedicada ao Meio Ambiente, cuja data transcorre dia 5.

Em eventos simultâneos como palestras, mesas-redondas, oficinas e Feira do Empreendedor, o Encontro ocorrerá no campus da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), em Itabuna, e no Centro de Treinamento da CEPLAC, no Km 22 da Rodovia Ilhéus-Itabuna.

Com previsão de reunir cerca de 1.000 participantes, a terceira edição do EBSAGS debaterá estratégias de incentivo ao agronegócio e à empresa rural e proporcionará a integração dos participantes com especialistas em sistemas silvipastoris. É, segundo os organizadores, a oportunidade de reunir a excelência acadêmica e realizar preleções e discussões sobre usos do recurso água e acerca da regularização ambiental das fazendas de cacau e agropastoris.

No momento, as atenções do mundo estão voltadas para as mudanças climáticas, suas consequências e a discussão de ações mitigadoras e a necessidade da conservação ambiental. Mas, desde o século XVIII, a Região Cacaueira se beneficia com sistemas agrossilviculturais, a partir do consórcio  de culturas agrícolas com espécies arbóreas.

O tradicional cultivo do cacau adotado é o sistema “cabruca” em que mudas são plantadas à sombra de árvores da mata atlântica, após esta ter sido submetida a um raleamento de seu sub-bosque. Isto acontece por causa do sombreamento do cacau, planta de cujas amêndoas beneficiadas se produz o chocolate, que vive nova onda de consumo e experimentação mundial, principalmente com massivo conteúdo de cacau e pouco açúcar na sua formulação.

CACAU-CABRUCA

Se o cacau-cabruca trouxe inúmeros benefícios ambientais, como a conservação do bioma Mata Atlântica, além da restauração de florestas e a recuperação de áreas degradadas no passado, atualmente tal sistema agroflorestal (SAF) garante o uso racional e eficiente da terra e a conservação de nascentes e corpos d’água.

:: LEIA MAIS »

ITABUNA NO FANTÁSTICO

Sami Storch é titular da 2ª Vara da Família em Itabuna desde o ano passado.

Sami Storch é titular da 2ª Vara da Família em Itabuna desde o ano passado.

Ilhéus e Itabuna estarão no Fantástico, da Rede Globo, neste Domingo das Mães. Por motivos distintos. Ilhéus será alvo de reportagem sobre o golpe que rendeu R$ 25 milhões a um grupo acusado de fraudar licitações e até servir, na merenda escolar, carne com data de validade vencida há dois anos.

Já Itabuna, aparecerá por outro motivo, a adoção das Constelações Familiares, que envolve mediação de conflitos entre familiares. A iniciativa, no município, é coordenada pelo juiz Sami Storch, titular da 2ª Vara da Família da Comarca de Itabuna.

A reportagem falará dos resultados obtidos pelo projeto, que também atende adolescentes em conflito com a lei. Storch foi um dos primeiros magistrados brasileiros a levar para o Judiciário a iniciativa que pretende humanizar as práticas no âmbito da Justiça.

Sami Storch começou a adotar a prática em 2012, na Comarca de Castro Alves, também na Bahia. Já ali, o índice de conciliação chegava a 91%, quando uma das partes participou da dinâmica. Nas audiências simples, sem a prática, cai a 73%.

Os processos chegaram a 100% de resultado positivo quando as partes participaram do Constelação, segundo o magistrado, que anunciou a dinâmica também para processos de inventários, que são mais demorados. Redação com CNJ.

AOS 75 ANOS, MORRE O TAXISTA MARIANO FERNANDES

Mariano faleceu neste final de semana.

Mariano faleceu no sábado.

O taxista Mariano Vieira Fernandes neste sábado (13), no Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna, vítima de um câncer. Mariano trabalhava na Praça Camacan, centro de Itabuna,

Ele estava internado desde o dia 17 de abril, quando foi diagnosticado com câncer. O corpo será sepultado às 9h deste domingo (14), no Cemitério Campo Santo, em Itabuna.

Morador do Bairro de Fátima, Mariano era dos mais conhecidos taxistas de Itabuna. Viúvo, faleceu aos 75 anos. Ele não tinha filhos.

DIA DAS MÃES PARA QUE E PARA QUEM?

valéria ettigerValéria Ettinger | [email protected]

 

Assim, se você quer presentear a pessoa que considera como mãe ou dizer-lhe o quanto a ama, faça quando o seu coração mandar e não apenas no dia que alguém, muito espertamente, criou para ganhar dinheiro.

 

Poderia hoje falar do trivial, do corriqueiro e dos clichês que norteiam o Dia das Mães.

Poderia falar da mãe maravilhosa que tenho e me ensinou muitas coisas. E uma coisa muito boa que ela me apresentou foi a existência das diferenças na vida.

Poderia falar da minha relação com meu amado filho, que me impulsiona para a vida todos os dias e com toda canseira do mundo me faz sentir o quanto sou amada.

Mas, como sou um ser político, quis mudar o discurso e tentar entender para que serve o Dia das Mães e para quem ele serve.

Nos últimos tempos, tenho me questionado muito sobre esses dias festivos e, ao me deparar com tantas diferenças e tanta complexidade social que vivemos, tenho feito a seguinte pergunta: Para que generalizarmos os dias e ou especificarmos se existem tantas mães que nem sequer podem ser mães ou tem o prazer de vivenciar esse dia?

Para que festa do Dia das Mães nas escolas, se as relações familiares, hoje, são tão complexas que nem o Direito consegue mais definir o que é família?

Quantas mães no Dia das Mães estão trabalhando para outras mães e nem sequer podem estar com seus filhos?

Quantas mães abandonam seus filhos à própria sorte, porque precisam sair para trabalhar cedo e quando elas voltam eles já estão dormindo, ou foram mortos, presos e ou estão nas sarjetas da vida?

Quantas mães perdem seus empregos por se tornarem mães?

Quantas mães sofrem violências na frente dos seus filhos e muitas delas morrem deixando-os órfãos neste mundo tão individual?

Quantas mães não recebem presentes porque elas são os chefes da família e o dinheiro que têm é apenas suficiente para alimentar os seus filhos?

Será que esses questionamentos são necessários? Nos últimos meses tenho ouvido dizer tantas coisas fantasiosas das mães mulheres que me pergunto para que serve o Dia das Mães.

Serve para um consumismo desenfreado? Para fazer com que as famílias consigam se perceber em um dia do ano porque nos demais não se enxergam e nem se escutam?

Serve para aprofundar mais o fosso social que vivemos porque muitas crianças não conseguem ter suas mães por perto e nem as mães conseguem ser mães, porque a elas não é dado esse direito, pelo contrário querem piorar a sua condição?

Quem de fato são as mães dos filhos das mães que dão entre três a quatro jornadas de trabalho e não são reconhecidas enquanto mães mulheres? E muitas ainda ouvem o seguinte som: Você não faz nada…

E os homens que são pães e não são reconhecidos como tais, porque o gênero é quem define os papéis e não o afeto, que é a condição maior para o equilíbrio do ser humano?

Penso que precisamos valorizar mais as pessoas enquanto regentes da vida humana, sejam elas em que condições estejam. E não apenas lembrarmos de sua existência como um meio de beneficiar terceiros ou para cumprirmos uma agenda de satisfação social.

Assim, se você quer presentear a pessoa que considera como mãe ou dizer-lhe o quanto a ama, faça quando o seu coração mandar e não apenas no dia que alguém, muito espertamente, criou para ganhar dinheiro.
Inclusive, como fizeram aqui no Brasil, parafraseando o nome de quem já morreu…

Valéria Ettinger é mulher e mãe.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia