Portas de ambulância do Samu em Ilhéus amarradas com cintas e ataduras (Reprodução).

Portas de ambulância do Samu são amarradas com cintas e ataduras (Reprodução).

A frota de ambulâncias do Samu 192 de Ilhéus está sucateada e o serviço está, praticamente, paralisado no município sul-baiano. Uma matéria do repórter Roger Sarmento, da TV Santa Cruz, mostrou hoje (16) o estado precário do serviço e as dificuldades de pacientes que precisam do atendimento móvel de urgência. Muitos deles, embora em estado de emergência, recorrem a táxis para chegar a hospitais como o Luiz Viana Filho.

Imagens de ambulâncias quebradas e portas amarradas com ataduras e cintas foram mostradas no telejornal Bahia Meio Dia. As ambulâncias têm cerca de cinco anos de uso. A promessa da nova secretária de Saúde de Ilhéus, Elizângela Oliveira, é de que ambulâncias voltem a rodar ainda hoje.

LICITAÇÃO

O município ainda fará licitação para a compra de novos veículos, geralmente fornecidos pelo Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde. À reportagem, a secretária falou em renovação da frota, mas disse que isso dificilmente ocorrerá ainda neste ano. A demora se deve a trâmites burocráticos.