WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
unime secom bahia primeiro emprego shopping jequitiba


maio 2017
D S T Q Q S S
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias


:: 19/maio/2017 . 20:24

AEROPORTO DE ILHÉUS COMPLETA 79 ANOS

Aeroporto ilheense presta homenagem ao escritor Jorge Amado (Foto Divulgação).

Aeroporto ilheense presta homenagem ao escritor Jorge Amado (Foto Divulgação).

Ariel Figueroa, do Site Coluna de Turismo

O Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, completa 79 anos de operações, nesta sexta (19). O terminal é uma das principais entradas para destinos turísticos litorâneos da Bahia, como Itacaré, Barra Grande, Canavieiras, Ilha de Comandatuba e Itabuna. Foi fundado em 1938 e passou a ser administrado pela Infraero em 1980.

Inserido na zona urbana da cidade, o terminal está localizado a três quilômetros do centro. Com capacidade para atender a 700 mil passageiros por ano, em 2016 foram registrados 576.965 embarques e desembarques no aeroporto, que conta com um terminal de passageiros com 3.400 metros quadrados.

O superintendente Itaibes Araújo de Paiva ressalta a importância do aeroporto para o turismo e o desenvolvimento da região. “Durante o ano inteiro, recebemos turistas nacionais e estrangeiros que vêm em busca de sossego e descanso nas praias da Bahia, fato este que movimenta o nosso comércio e gera mais empregos”, disse.

Aeroporto de Ilhéus completa 79 anos nesta sexta (Foto Pimenta).

Aeroporto de Ilhéus recebe voos de 4 companhias, dentre elas a Azul (Foto Pimenta).

O nome do aeródromo é uma homenagem ao consagrado escritor baiano Jorge Amado, falecido em agosto de 2001, que ambientou na cidade famosos romances como “Gabriela, Cravo e Canela”, “Terras do Sem Fim” e “Cacau”, em alusão ao fruto típico da região. Há, inclusive, um busto do autor, feito em bronze, na entrada do terminal.

Atualmente, o terminal conta com voos para Salvador (BA), Brasília (DF), Confins (MG), Campinas e Congonhas (SP) por meio de quatro companhias aéreas – Azul, Gol, Latam e Avianca. Os passageiros também dispõem de serviços bancários, estabelecimentos de alimentação, lojas de artigos de artesanato.

Confira mais no Coluna de Turismo

GLOBO DEFENDE RENÚNCIA DE TEMER

Globo ordena saída de Temer.

Globo ordena saída de Temer.

Depois do strike político da última quarta-feira (17), o presidente Michel Temer perdeu apoio de boa parte da sua base e as condições para tocar as reformas trabalhista e previdenciária. Essa é a conclusão a que chega o conglomerado de comunicação dos Marinho.

Na tarde de hoje, O Globo publicou editorial defendendo a renúncia do peemedebista, apanhado em diálogo indecente com o megaempresário Joesley Batista. Foi a publicação quem detonou a bomba que estraçalhou o presidente politicamente. Eis, abaixo, parte do editorial:

A renúncia é uma decisão unilateral do presidente. Se desejar, não o que é melhor para si, mas para o país, esta acabará sendo a decisão que Michel Temer tomará. É o que os cidadãos de bem esperam dele. Se não o fizer, arrastará o Brasil a uma crise política ainda mais profunda que, ninguém se engane, chegará, contudo, ao mesmo resultado, seja pelo impeachment, seja por denúncia acolhida pelo Supremo Tribunal Federal. O caminho pela frente não será fácil. Mas, se há um consolo, é que a Constituição cidadã de 1988 tem o roteiro para percorrê-lo. O Brasil deve se manter integralmente fiel a ela, sem inovações ou atalhos, e enfrentar a realidade sem ilusões vãs. E, passo a passo, chegar ao futuro de bem-estar que toda a nação deseja.

Ou seja, a Globo não aconselhou. Ordenou. Para conferir a íntegra do editorial, clique aqui.

POR ACORDO, AMERICANAS REFORMARÁ ENFERMARIAS E VAI AMPLIAR CENTRO DE RADIOTERAPIA

Lojas Americanas fecha acordo após condenação na Justiça do Trabalho.

Lojas Americanas fecha acordo após condenação na Justiça do Trabalho.

Acordo Eloína Machado.

Eloína Machado homologou acordo.

O montante de R$ 3,3 milhões, que será pago pelas Lojas Americanas em face de um acordo num processo trabalhista, será destinado para a área de saúde pública de Itabuna. O valor será aplicado na ampliação do Centro de Radioterapia do Hospital Manoel Novaes, além da aquisição de equipamentos e a reforma de três enfermarias do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães.

O acordo foi homologado pela juíza Eloína Maria Barbosa Machado, da 2ª Vara do Trabalho de Itabuna,  nesta quinta-feira (18), numa ação movida pelo Ministério Público do Trabalho, relativa a danos morais coletivos.

A juíza havia condenado a rede de Lojas Americanas a pagar os R$ 3 milhões há três anos (relembre aqui).

O pagamento será dividido em 10 parcelas iguais, a vencer a cada dia 12. Ainda segundo os termos do acordo, a realização das obras na área da saúde fica sujeita à fiscalização, a qualquer tempo, pela Justiça do Trabalho. Atualizado às 22h29min.

JBS FINANCIOU MAIS DE 1,8 MIL POLÍTICOS DE 28 PARTIDOS

images (1)Apostando em um futuro bom relacionamento com prováveis candidatos que fossem eleitos em 2014, a J&F (holding controladora do grupo JBS) destinou mais de R$ 500 milhões para ajudar a eleger governadores, deputados estaduais, federais e senadores de todo o país, segundo os delatores.  Em um dos depoimentos que prestou ao Ministério Público Federal (MPF), com quem firmou acordo de delação premiada já homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o diretor de Relações Institucionais e Governo da J&F, Ricardo Saud, entregou um levantamento detalhado em que aponta todos os candidatos financiados pela empresa.

De acordo com Saud, o total em dinheiro repassado por meio de “pagamentos dissimulados” alimentou as campanhas de 1.829 candidatos. Destes, 179 se elegeram deputados estaduais em 23 unidades da federação e 167, deputados federais por 19 partidos.

O delator não deixa claro quais pagamentos foram feitos via caixa 2 e quais foram doações oficiais. No depoimento, divulgado após a retirada do sigilo da delação, ele dá a entender que os valores citados se referem apenas às campanhas de 2014. Em outro depoimento, o dono da JBS, Joesley Batista, também afirmou que a maioria das doações feitas pela empresa tratava-se de propina disfarçada por contrapartidas recebidas.

“Doamos propina a 28 partidos”, contou Saud, admitindo que os mais de R$ 500 milhões destinados a agentes públicos para as eleições de 2014 formavam um “reservatório de boa vontade”. “Era para que eles não atrapalhassem a gente”, afirmou.

O delator cita ainda que foram distribuídas “propina para 16 governadores eleitos e para 28 candidatos ao Senado que disputavam a eleição, a reeleição ou a eleição para governador”, acrescentou. Segundo ele, os governadores eleitos pertenciam ao PMDB (4), PSDB (4), PT (3), PSB (3), PP (1) e PSD (1).

Ao entregar a documentação aos procuradores, Saud enfatizou a importância do “estudo” que fez por sua própria conta. “Acho que, no futuro, isso aqui vai servir. Aqui estão todas as pessoas que direta ou indiretamente receberam propina da gente.” Os documentos liberados pelo STF não trazem a lista de todos os nomes que fariam parte deste levantamento aponta por Saud.

PRESO COM 10 KG DE DROGA TENTA SUBORNAR POLICIAIS DA CAERC

Dez quilos de drogas foram apreendidos na Rodovia Ilhéus-Itabuna.

Dez quilos de drogas foram apreendidos na Rodovia Ilhéus-Itabuna.

Flagrado com 10 quilos de maconha, Diego Paulo Silva, de 30 anos, ofereceu R$ 20 mil a policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe Cacaueira), a antiga Caerc, para não ser preso. A apreensão da droga ocorreu na noite desta quinta (18), durante abordagem de rotina a veículos na Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), em Ilhéus.

Diego foi autuado por tráfico de drogas e tentativa de suborno na sede da 7ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), em Ilhéus. De acordo com a polícia, a droga estava sendo transportada em um Renault Sandero, cor prata, placa PP OUW-9732. A maconha foi dividida em oito tabletes de 1 quilo e 250 gramas.

A tentativa de suborno ocorreu quando Diego, que é natural de Patrocínio, Minas Gerais, recebeu voz de prisão. O homem disse que a quantia seria paga pelo pai dele.

O OCASO DA CESTA DO POVO

Cesta do Povo demitiu mais de mil funcionários, segundo associação.

Cesta do Povo demitiu mais de mil funcionários, segundo associação.

O Governo do Estado ainda não definiu o que fazer com Empresa Baiana de Alimentos (Cesta do Povo/Ebal). Após tentativas malsucedidas de leiloar a empresa, a gestão tenta plano de demissão voluntária sem perdas de direitos trabalhistas, porém a proposta é encarada com desconfiança pelos funcionários.

Desde 2015, mais de 100 lojas da Cesta do Povo já foram fechadas desde o ano passado, com registro de aproximadamente mil demissões. Uma audiência no Ministério Público do Trabalho (MPT) está marcada para 28 de junho, em Salvador. É a primeira de uma ação civil pública movida pelo MPT.

Funcionários ainda têm esperança de que ocorram reintegrações de forma coletiva. Numa ação individual, uma funcionária foi reintegrada em Jequié, de acordo com Francis Tavares, que preside a Associação de Trabalhadores da Ebal.

Por enquanto, a tentativa de leiloar a Cesta do Povo tornou-se um “pepino” na mão do governador Rui Costa, principalmente pela falta de interessados na compra. Os funcionários pressionam por solução.

GOVERNO DO ESTADO LANÇA EDITAL DO HOSPITAL METROPOLITANO


O Governo do Estado publicou na edição do Diário Oficial desta sexta-feira (19) o edital para construção do Hospital Metropolitano, que será construído no município de Lauro de Freitas, ao lado da Via Parafuso. O anúncio foi feito nesta manhã pelo governador Rui Costa em suas redes sociais.

Com o investimento estimado em R$ 150 milhões, a unidade será referência para casos de urgência e emergência, trauma, acidente vascular cerebral (AVC) e contará com 265 leitos, sendo 30 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI).

A unidade será referência para os municípios de Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, Salvador, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Simões FIlho e Vera Cruz. :: LEIA MAIS »

EVERALDO DEFENDE “DIRETAS-JÁ PARA RESTABELECER DEMOCRACIA”

Everaldo, de vermelho e ao lado de Waldir Pires, defende Diretas-Já!

Everaldo, de vermelho e ao lado de Waldir Pires, defende Diretas-Já!

O presidente do PT da Bahia, Everaldo Anunciação, defendeu realização de eleições diretas no Brasil, após as gravações nas quais foi apanhado o comandante da República, Michel Temer. “As denúncias contra o presidente Michel Temer autorizando a JBS a “pagar pelo silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha” mostram o mar de lama em que estão envolvidos o governo e seus aliados”, disse.

Para Everaldo, a única saída é a realização de eleições diretas para a Presidência da República e Congresso Nacional. “Michel Temer e a maioria dos congressistas não têm mais condições de continuar conduzindo a nação”, justifica.

Everaldo adianta que o momento de crise no país em que os golpistas estão sendo desmascarados será tema importante para os debates. “Está provado que eles deram o golpe para entregar o país aos grupos internacionais e destruir a previdência e os direitos trabalhistas”.

Everaldo criticou os políticos baianos, a exemplo de Antonio Imbassahy, ministro do Governo Temer, e o prefeito ACM Neto, “que vergonhosamente apoiaram o golpe e não têm humildade para reconhecer o erro”.

ENCONTRO ESTADUAL

O PT da Bahia abre o Congresso Estadual do partido nesta sexta (19), às 19h, no auditório da Faculdade de Arquitetura, no bairro da Federação em Salvador. O encontro será encerrado domingo (21) ao meio-dia com a eleição do novo Diretório Estadual.

Por meio de acordo entre a sua corrente, a CNB, e o grupo ligado ao deputado federal Valmir Assunção, Everaldo praticamente selou a continuidade no cargo de dirigente do partido. O encontro que define o comando da sigla na Bahia vai até o domingo (22).

NAÇÃO ESTÁ EM PÂNICO, DIZ PEEMEDEBISTA

Herzem avalia cena política após delações dos donos da JBS (Foto Divulgação).

Herzem avalia cena política após delações dos donos da JBS (Foto Divulgação).

Os conteúdos das delações e gravações feitas pelos irmãos e donos da JBS provocaram um estrago político sem proporções na política brasileira. É séria ameaça à continuidade do governo de Michel Temer.

Peemedebista como o presidente da República, Herzem Gusmão, prefeito de Vitória da Conquista, concedeu entrevista ao repórter Maciel Júnior. O conteúdo foi publicado no Blog do Rodrigo Ferraz.

O prefeito da terceira mais populosa cidade baiana disse que aguardaria, com grande expectativa, o desenrolar dos fatos na capital brasileira.

– [Essa crise] tumultua e coloca em pânico a nação brasileira – emendou.

O prefeito de Conquista, no sudoeste baiano, também falou do governo dele e fez críticas à profusão de sindicatos ao defender a reforma trabalhista proposta por Temer.

FERNANDO FECHA DOIS “CULÉGIOS” POR BAIXA DEMANDA

Prefeito durante campanha fez críticas ao fechamento de escolas (Reprodução Pimenta).

FG, quando candidato, criticava fechamento de escolas (Reprodução Pimenta).

Vane do Renascer foi duramente criticado, na campanha de 2016, pelo fechamento de 10 escolas da rede municipal. O reordenamento da rede era necessário devido à baixa demanda de alunos, de acordo com o ex-gestor de Itabuna.

A justificativa foi ignorada na disputa eleitoral. Quem mais explorou o fato durante a peleja, acabou eleito prefeito de Itabuna. “Isso é um crime”, dizia o então candidato Fernando Gomes. Não sabia o que o aguardava.

Ontem, por meio de nota, confirmou-se que a gestão de Fernando fechou duas escolas (Escola Municipal Califórnia e Escola Comunitária Santa Inês, transferindo os alunos, respectivamente, para a 28 de Julho e Grupo Escolar Amélio Cordier).

A secretária de Educação, Anorina Smith Lima, que também fez críticas à decisão de Vane e da então secretária Dinalva Melo, alegou “baixa demanda na procura por vagas” e impossibilidade “de formação de turmas”. Os espaços eram alugados, acrescentou.

Contraria-se o discurso em nome da racionalidade dos recursos públicos, o que é salutar. Mas o vale-tudo eleitoral precisa acabar. E o eleitor, ficar mais atento.

Antes, como agora, os alunos não ficaram sem lugar para estudar. Espaço, antes e agora, não faltava, não falta. A rede municipal cada vez mais perde alunos. Antes, eram 30 mil (anos 2000). Hoje, não chega a 18 mil. Sobram vagas. E professores, também. Um dos motivos para reordenamento na rede.

TEMER SE DIZ INOCENTE

Temer fala em inocência.

Temer fala em inocência.

O presidente Michel Temer ouviu na noite de ontem (18), na companhia de assessores, o áudio gravado pelo empresário Joesley Batista que o implica na compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do doleiro Lúcio Funaro, investigados na Operação Lava Jato. O áudio da conversa entre Temer e Joesley foi divulgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) depois que o ministro Edson Fachin retirou parcialmente o sigilo da delação premiada do empresário.

Após ouvir o áudio, o entendimento de Temer e sua equipe é de que o conteúdo da conversa não incrimina o presidente, confirmando a nota divulgada pelo Palácio do Planalto na noite de ontem (17) e o pronunciamento da tarde de hoje (18).

O áudio tem cerca de 40 minutos. Na conversa, Temer e Batista conversam sobre o cenário político, os avanços na economia e também citam a situação de Cunha (PMDB-RJ), que está preso em Curitiba. O entendimento do governo é que a frase dita por Temer “tem que manter isso, viu?” diz respeito à manutenção do bom relacionamento entre Cunha e Batista, e não a um suposto pagamento de mesada pelo silêncio do ex-deputado. Além disso, Temer minimiza a sua fala no trecho no qual Batista diz que está “segurando dois juízes” que cuidam de casos em que o empresário é processado.

“O presidente Michel Temer não acreditou na veracidade das declarações. O empresário estava sendo objeto de inquérito e por isso parecia contar vantagem. O presidente não poderia crer que um juiz e um membro do Ministério Público estivessem sendo cooptados”, disse a assessoria do Palácio do Planalto, em nota. A expectativa do governo é que o STF investigue e arquive o inquérito.

BASE ALIADA

Após seu pronunciamento, o presidente recebeu apoio de partidos, como PP e PRB, além de mensagens por telefone e ligações de aliados políticos. A avaliação é que a fala do presidente repercutiu bem entre os parlamentares da base. Contudo, não foi possível evitar baixas, como a saída do PPS do governo e a de Roberto Freire do Ministério da Cultura.

Um dos principais objetivos do governo agora é manter a sua base no Congresso Nacional, tranquilizar o mercado e esperar pela conclusão das investigações no STF com, na expectativa do Planalto, o arquivamento do processo. Redação com Agência Brasil.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia