WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias


:: 3/ago/2017 . 22:19

GRUPO DEFINE AÇÕES EM DEFESA DA PETROBRAS

Audiência definiu ações em defesa da Petrobras no Nordeste

Audiência definiu ações em defesa da Petrobras no Nordeste

A audiência pública “O Sistema Petrobrás na Bahia: Desafios e Perspectivas” debateu e reuniu ações que podem inibir o desmonte do Sistema Petrobras na Bahia, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). Mais de 300 pessoas participaram das discussões.

Dentre as questões debatidas, as consequências da venda de diversos ativos da empresa estatal, como 50% das Termelétricas Rômulo Almeida e Celso Furtado, e o anúncio da venda dos campos terrestres, da Refinaria Landulpho Alves (RLAM) e do Terminal de Madre de Deus, que afetarão diretamente mais de vinte municípios no estado.

Autor da proposta de audiência, o deputado Rosemberg Pinto (PT) recepcionou todas as opiniões e definiu como resoluções da audiência criação de três grupos de trabalho: Frente de Governadores do Nordeste em defesa da Petrobras; a Frente dos Deputados Estaduais do Nordeste em defesa da Petrobrás; e a Frente de defesa da Petrobrás com representantes do Executivo, do Legislativo e da sociedade civil com a articulação da CUT-BA e a realização do seminário de energia, petróleo e gás, coordenado pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Bahia, dirigido por Jonas Paulo.

“Além desta mobilização institucional, é necessário, para conseguirmos retirar o foco do desmonte da Petrobrás mudar a direção do País. A nossa principal tarefa, além da defesa diária da Petrobrás, é fazer a defesa da democracia e lutar para que possamos ter o mais rápido possível as Diretas Já!”, constatou Rosemberg Pinto. :: LEIA MAIS »

É O TCHAN, VINGADORA E OZ BAMBAZ NA MICARETA DE UNA

Micareta de Una começa nesta sexta, na Beira Rio

Micareta de Una começa nesta sexta, na Beira Rio

Após seis anos, Una volta a promover micarets. A folia começa nesta sexta (4) e encerra-se no domingo (6), na Avenida Beira Rio. Nos três dias de festa, mais de dez atrações, como É o Tchan, Vingadora e Oz Bambaz, trios, camarotes e toda infraestrutura necessária.

Na sexta-feira, a animação começa às 20h. O agito será con Circuito Fechado, Di Bali, Muzuê e Oz Bambaz, que começa a desfilar na Avenida Beira Rio à 00h.

No sábado, também a partir das 20h, a festa será comandada pelas bandas Via de Acesso, O Arrasto e Rogger Marques, além da Vingadora, às 22h, e É O Tchan, à 1h. No domingo, haverá desfile de bloco infantil sem trio e a animação será ao som dos paredões.

EX-PREFEITOS DE ITACARÉ E JUSSARI SÃO MULTADOS PELO TCM

Jarbas é multado por não enviar informações ao TCM.

Jarbas foi multado por não enviar informações ao TCM|| Foto Aleiton Oliveira.

O ex-prefeito de Itacaré, Jarbas Barbosa, foi multado em R$1,5 mil nesta quinta-feira (3) pelo Tribunal de Contas dos Municípios por não ter feito as prestações de contas relativas a novembro e dezembro de 2016. As informações deveriam ser encaminhadas por meio do sistema e-TCM. Jarbas também deixou de inserir, no Sistema Integrado de Gestão e Auditoria (SIGA) do TCM, os dados da gestão municipal, referentes a dezembro.

O relator do processo, conselheiro Mário Negromonte, registrou que essa punição diz respeito apenas ao descumprimento das obrigações estabelecidas em resoluções do TCM, o que não eximi o gestor de eventual responsabilização por irregularidades que possam ser constatadas no julgamento das contas de 2016. O órgão de fiscalização informou que, apesar de notificado, o gestor não apresentou qualquer justificativa para a sua omissão.

JUSSARI

Também nesta quinta-feira os conselheiros do TCM aplicaram multa de R$2,5 mil ao ex-prefeito de Jussari, Walnio Muniz, pela ausência da prestação de contas dos meses de novembro e dezembro de 2016, assim como do envio dos dados da gestão pelo sistema SIGA, no mesmo período.

URUÇUCA: PROTESTO CONTRA DESOCUPAÇÃO BLOQUEIA “ESTRADA DO CHOCOLATE”

 

Protesto reuniu moradores afetados e autoridades locais || Foto Roberto Souza

Protesto reuniu moradores afetados e autoridades locais || Fotos PIMENTA

Proprietários de imóveis foram notificados na semana passada || Foto Pimenta

Proprietários de imóveis foram notificados na semana passada || Foto Pimenta

Donos de imóveis residenciais e comerciais ao longo da BA-262, trecho Ilhéus-Uruçuca,  fazem protesto em Uruçuca, nesta tarde e noite de quinta (3), contra uma ordem de desocupação das margens da rodovia estadual.

A ordem de desocupação é da Superintendência de Infraestrutura de Transporte da Bahia (SIT), da Secretaria de Infraestrutura do Estado. Na manifestação de hoje, a pista foi fechada, nos dois sentidos, com barricadas. Manifestantes atearam fogo em pneus e madeira para impedir a passagem de veículos na  rodovia. A ordem de desocupação é do Governo do Estado.

Quem reside ou tem comércio dentro da faixa de domínio da rodovia, foi notificado para deixar o local. O prazo concedido para desocupação foi curto. A decisão afeta dezenas de moradores e atinge negócios. A notificação de desocupação das margens da BA-262 foi entregue no último final de semana.

Manifestantes atearam fogo em barricada para fechar rodovia.

Manifestantes atearam fogo em barricada para fechar rodovia.

ESTRADA DO CHOCOLATE

O Governo do Estado alega que fará investimentos ao longo da BA-262 para executar o projeto Estrada do Chocolate, lançado pelo secretário estadual de Turista, José Alves, e o vice-governador João Leão, em julho, durante o Chocolat Bahia, em Ilhéus.

Por trás da orientação de desocupação das margens da pista, também está a ordem para futuros projetos ligados à Zona de Processamento e Exportação (ZPE) e Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol).

A desocupação das faixas de dominío, medida legal, seria uma das formas de atrair os chineses. Os orientais já estiveram no Brasil em duas missões, a última delas no último dia 14 de julho, para definir investimentos no sul da Bahia. Do PIMENTA.

EX-PREFEITO DE ITAGIMIRIM É DENUNCIADO POR FRAUDE

Ex-prefeito de Itagimirim é acionado por doações ilegais de imóveis do município.

Ex-prefeito de Itagimirim é acionado por doações ilegais de imóveis do município.

O ex-prefeito de Itagimirim Rogério Andrade de Oliveira foi denunciado à justiça pelos crimes de falsidade ideológica e associação criminosa. Segundo o Ministério Público Estadual, o ex-prefeito  dou ilegalmente imóveis do município a particulares.

O promotor de justiça Helber Luiz Batista afirma que Rogério de Oliveira fez o processo de doação de forma fraudulenta e com caráter eleitoreiro.  Além do ex-prefeito de Itagimirim, foram denunciados Jadson Souza Santos e Francino Andrade de Oliveira Júnior.

Segundo o representante do MPE, Jadson Santos expediu diversas declarações de existência de imóvel, a pedido Rogério para doação no ano eleição. “Tais documentos eram emitidos com data retroativa para burlar a legislação que veda a doação de bem imóvel em ano eleitoral”, explica o promotor de justiça.

LOTEAMENTO

O promotor de justiça afirma ser “inadmissível a forma como os acionados utilizaram o patrimônio público, no caso, extensas áreas urbanas pertencentes ao município de Itagimirim, para loteamento e posterior doação a particulares, sem nenhum critério e sem que houvesse lei autorizativa, com a única finalidade de obter votos de eleitores para Rogério e Francino, candidatos aos cargos de prefeito e vereador, respectivamente”.

O MPE quer que os acusados sejam punidos com ressarcimento integral do dano; perda da função pública e suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos. Pede ainda o pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida pelos acusados, além da proibição de contratar com o poder público por três anos.

BALEIAS JUBARTES ATRAEM TURISTAS A MORRO DE SÃO PAULO E BOIPEBA

Jubartes atraem turistas ao Arquipélago de Tinharé, no baixo-sul baiano || Foto IBJ

Jubartes atraem turistas ao Arquipélago de Tinharé, no baixo-sul baiano || Foto IBJ

As baleias jubartes tornaram-se atração turística também no Arquipélago de Tinharé, em Cairu. Os mamíferos aparecem entre as ilhas de Morro de São Paulo e Boipeba neste período de acasalamento e reprodução. As águas quentes do litoral baiano atraem os animais. O Instituto Baleia Jubarte estima que cerca de 15 mil baleias visitarão a costa do Estado, tornando-se um espetáculo que leva centenas de turistas a Cairu até outubro.

Segundo o publicitário William Wazlawik, proprietário da Agência Rota Tropical, especializada no passeio de observação de baleias, na semana passada foi visto um grupo com 22 baleias. A presença das ilustres visitantes motiva a chegada de turistas, pesquisadores e biólogos, que procuram por operadoras que levam aos locais de observação.

“É importante lembrar que não existe uma garantia de encontrar baleias em todos os  passeios, já que estamos no habitat natural delas. É como um safari. Mas historicamente temos 99% de sucesso em nossas saídas”, explica William.

Em média, os filhotes têm quatro metros e pesam 1,5 tonelada. Já os adultos chegam a 16 metros de comprimento e 40 toneladas, o que equivale ao peso de oito elefantes juntos. Além de se admirar com a beleza e tamanho das baleias, os turistas podem ver acrobacias e saltos nos quais as baleias chegam a expor até dois terços do corpo.

O secretário municipal de Turismo de Cairu, Edson Caporazzo, chama atenção para os cuidados que os donos de barcos e turistas devem ter ao avistar um grupo de baleias. “É preciso seguir algumas regras de respeito aos animais, tais como: não deixar o barco se aproximar a menos de 100 metros das baleias; desligar as hélices do barco durante o período de observação; não permanecer mais de 30 minutos próximo às baleias e respeitar o limite de velocidade”, orienta. :: LEIA MAIS »

STJ NEGA HABEAS CORPUS A JAMIL OCKÉ

Jamil Ocké e Kacio Brandão estão presos desde 21 de março

Jamil Ocké e Kacio Brandão estão presos desde 21 de março

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou pedido de habeas corpus ao vereador Jamil Ocké (PP), de Ilhéus, nesta manhã de quinta (3). A decisão foi do ministro Rogério Schietti Cruz, da 6ª Turma do STJ. Jamil foi preso em 21 de março deste ano, acusado de ser um dos líderes do esquema que causou rombo de R$ 25 milhões aos cofres públicos no município sul-baiano, segundo o Ministério Público Estadual (MP-BA).

A decisão do ministro Rogério Schietti Cruz deverá ser publicada na próxima segunda (7), de acordo com o Ilhéus em Resumo. Na última segunda, a juíza Emanuele Vita também havia negado liberdade ao vereador mais votado de Ilhéus em outubro passado.

Com a decisão do STJ, também serão mantidos presos o ex-secretário de Desenvolvimento Social de Ilhéus Kácio Brandão e o empresário Enoch Andrade. De acordo com as investigações, o trio pilotou esquema para desviar dinheiro público por meio de fraudes em licitações.

TOMATE PUXA AUMENTO DA CESTA BÁSICA EM ILHÉUS

Preço do tomate dispara em Ilhéus.

Preço do tomate dispara em Ilhéus.

O tomate foi o produto que mais aumentou de preço nos supermercados, mercearias, verdurões e feiras livres de Ilhéus em julho.  O item sofreu reajuste de 31,14% e passou de R$ 3,67 para 4,82 entre junho e o mês passado.

A banana foi outro item que teve reajuste significativo: 15,32%. A dúzia do produto subiu de R$ 4,57 para R$ 5,27, conforme levantamento do Departamento de Economia da Universidade Estadual de Santa Cruz. Outros itens da cesta básica que registraram aumento no comércio ilheense foram farinha de mandioca (11,01%) e café (2,27%).

O custo da cesta básica em Ilhéus subiu 4,33%, passando de R$ 336,46 em junho para R$ 351,03 em julho. O aumento da cesta básica não foi maior por causa da queda de preços de produtos como feijão (-13,40%),  açúcar (-6,16) e manteiga (-4,30%).

EM ITABUNA

Em Itabuna, o preço da cesta básica ficou praticamente inalterado. Custava R$ 316,48 em junho e passou para R$ 314,92 em julho. Os produtos com maiores quedas de preço foram feijão (-15,01%) e farinha (-8,12%). Os itens que registraram aumentos maiores foram manteiga (11,04%), carne (5,13%) e óleo de soja (3,08%).

MULHER MATA COMPANHEIRO DA MÃE A PAULADAS EM ILHÉUS

Michele e o namorado, ...., foram presos acusados de matar o pescador | Foto PC-BA

Michele e o namorado, Rodrigo, foram presos acusados de matar o pescador | Foto PC-BA

Uma mulher matou o companheiro da mãe a pauladas com ajuda do namorado, depois de uma discussão, na noite de quarta-feira (2), na cidade de Ilhéus, que fica no sul da Bahia. Michele Gonçalves, de 39 anos, e Rodrigo Michel Ferreira, 35, foram presos em flagrante e vão responder por homicídio qualificado, de acordo com a polícia. O crime aconteceu na casa da mãe de Michele.

Os suspeitos estavam na cidade desde o último dia 12, quando vieram do Rio de Janeiro, onde moravam, para passear. Conforme a polícia, desde que o casal chegou a Ilhéus foram muitas brigas com a vítima, algumas com ocorrências de agressões registradas.

Momentos antes de matar o pescador a pauladas com ajuda do namorado, Michele discutiu novamente com a vítima. Segundo a polícia informou ao G1, vizinhos tentaram intervir na briga, mas não conseguiram.

O pescador Gilmar de Oliveira, de 52 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O corpo dele foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus. Não há informações sobre a motivação da briga.

“D9”: OPERAÇÃO CONTRA PIRÂMIDE FINANCEIRA APREENDE VEÍCULOS EM ITABUNA

Polícia apreendeu carros de luxo, jet ski, documentos e computadores na sede da D9 e em apartamentos.

Polícia apreendeu carros de luxo, jet ski, documentos e computadores na sede da D9 e em apartamentos.

As polícias civil e militar cumpriram vários mandados de busca e apreensão em Itabuna contra o esquema de pirâmide financeira. O esquema, de acordo com a polícia, foi montado pela empresa D9, com sede na Rua Ruffo Galvão, região central do município sul-baiano.

Carros de luxo e jet ski já foram apreendidos e levados para o pátio do Complexo Policial de Itabuna no cumprimento de nove mandados, após denúncias de golpe prestadas ontem (2) na Delegacia de Polícia Civil. Delegados informam que as investigações já ocorriam há vários meses.

A D9 vendia o esquema de pirâmide como se fosse marketing multinível. Era, como investiga a polícia, uma tentativa de evitar que fosse identificada como pirâmide, que é crime contra economia popular e tributário, além de ser considerado lavagem de dinheiro.

O delegado André Aragão, coordenador regional da Polícia Civil, preside as investigações. Atualizado às 11h39min

EMASA PODERÁ INVESTIR ATÉ R$ 40 MILHÕES AO ANO COM RECURSOS PRÓPRIOS, DIZ JADER

Jader Guedes fala de mudanças e números da Emasa em sete meses

Jader Guedes fala de mudanças e números da Emasa em sete meses

A Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) aumentou em 30% o faturamento e, a partir de 2019, terá caixa para investir até R$ 40 milhões ao ano com recursos próprios, segundo afirmou Jader Guedes. Enquanto acompanhava conserto de uma adutora ao lado da Ponte Lacerda (São Caetano), na noite de ontem (2), o dirigente apresentava os números da Emasa, após o que o governo chama de “choque de gestão”.

Jader afirma que, nestes primeiros sete meses, a empresa conseguiu recuperar crédito e já pagou R$ 6 milhões de dívidas deixadas pela gestão passada. Colaborou para essa nova realidade, além da regularização do ciclo de chuvas na região, o aumento de mais de 10% da conta de água.

Provocado se essa nova realidade financeira e a projeção para os próximos dois anos ajudariam a descartar um processo de concessão à iniciativa privada, ele disse que sim, mas a decisão cabe ao prefeito Fernando Gomes. Este, já sinalizou, desde o ano passado, que quer deixar a gestão da empresa nas mãos da iniciativa privada.

Para enxugar a máquina Emasa, Jader disse ter adotado, exatamente, ritmo de empresa privada à gestão da empresa mista municipal. Para isso, segundo ele, com carta branca do prefeito para tocar a empresa, sem maiores ingerências políticas. Ele desconversa sobre, mas fontes do Centro Administrativo Firmino Alves garantem que ele até já peitou gente com “nome e sobrenome” para cortar na carne e mandar para fora quem fazia corpo mole na gestão, embora muito próximo ao prefeito.

TORNEIRA FECHADA

A gestão de Jader também foi para cima dos devedores contumazes. As medidas de austeridade fizeram com que 5 mil consumidores voltassem a pagar suas contas, de acordo com o presidente. A empresa fechou a torneira também na liberação de carros-pipas. Tudo agora é controlado, documentado, de acordo com a gestão.

Na lista dos inadimplentes, constava a própria prefeitura. Ele afirma ter jogado duro contra o clientelismo, com gestão eficiente sobre as renegociações de dívidas e controle sobre quem deve e quem tem acesso a esse cadastro e procede as negociações. E aqui, parênteses: É quase de domínio público que políticos conseguiam anular dívidas de consumidores em troca de votos no município.

BARRAGEM

Para o dirigente da Emasa, Itabuna não terá mais problemas de água a partir da entrada em funcionamento da Barragem do Rio Colônia. Outro fator positivo para a área de abastecimento d´água pelos próximos anos. Executor da obra, o Governo do Estado informa que a barragem ficará pronta em setembro deste ano. Quando a lâmina d´água se formar e mantida a regularidade de chuvas, a obra poderá atender a demanda de Itabuna pelos próximos 50 anos. Projeção, claro, depende de recuperação das nascentes dos rios que banham o Colônia. “Não teremos mais problema de falta d´água”, ressalta Jader.

PF DEFLAGRA OPERAÇÃO RIO 40 GRAUS E PRENDE EX-SECRETÁRIO DO RIO DE JANEIRO

Alexandre Pinto é preso em nova fase da Operação Lava Jato || Foto ABrasil

Alexandre Pinto é preso em nova fase da Operação Lava Jato || Foto ABrasil

A Polícia Federal deflagrou no início na manhã de hoje (3) a Operação Rio 40 Graus que tem como objetivo desarticular um esquema criminoso envolvendo o pagamento de propina a servidores públicos nas esferas federal e municipal envolvendo as obras do BRT Transcarioca e o do Programa de Despoluição da Bahia de Jacarepaguá.

A Operação faz parte da nova fase da Lava Jato, no Rio de Janeiro, com as participações do Ministério Público Federal e da Receita Federal. Segundo informações da Polícia Federal o pagamento se dava a partir de simulação de pagamentos fictícios de advocacia e entrega de valores em espécie desviados das obras acima citadas.

A operação envolve 76 policiais federais com cumprimento de nove mandados de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária, três mandados de condução coercitiva e 18 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas.

A operação se desenrola no Rio de Janeiro nos bairros do Recreio, de Jacarepaguá e da Barra da Tijuca, na zona oeste da capital; no centro da cidade; em Copacabana e Botafogo, na zona sul; e em Vila Isabel, Tijuca e Rocha, na zona norte, e em Jacarepaguá, zona oeste. No grande Rio, há operações em Niterói Boa Viagem, Icaraí, São Francisco, Itaipu, Fonseca e Camboinhas; e em São Paulo, no Recife e em Petrolina (PE).

Em nota, a Polícia Federal informa que as investigações tiveram início há cerca de oito meses e indicam o pagamento de pelo menos R$ 35,5 milhões em vantagens indevidas a autoridades públicas e servidores públicos municipais pertencentes ao grupo criminoso. Um dos alvos da Operação é o ex-secretário municipal de obras da prefeitura do Rio Alexandre Pinto que segundo informações iniciais foi preso em sua casa, em Jacarepaguá, na zona oeste. Da Agência Brasil.

“CIRANDA RURAL” COMBATERÁ VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER DO CAMPO

Jerônimo Rodrigues lança Ciranda Rural em Ilhéus || Foto Elói Corrêa/GovBA

Jerônimo Rodrigues lança Ciranda Rural em Ilhéus || Foto Elói Corrêa/GovBA

Três dias após um feminicídio registrado no Rio do Engenho, região ao sul de Ilhéus, o Governo do Estado lançará, nesta quinta-feira dia (3), o Projeto Ciranda Rural com a Ronda Maria da Penha. O projeto propõe ações preventivas e integradas de enfrentamento da violência cometida contra as mulheres do campo. O evento acontece às 14h, no Teatro Municipal do município de Ilhéus.

A ação será realizada pela Superintendência de Políticas Territoriais e Reforma Agrária (Sutrag), vinculada à SDR, para apoiar as mulheres rurais da agricultura familiar, assentadas, quilombolas e marisqueiras dos 27 Territórios de Identidade da Bahia.

Serão realizadas 54 oficinas educativas com temas como Relações Interpessoais, Relações de Gênero e Conhecimento Prático da Lei Maria da Penha. A primeira Ciranda com a Ronda Maria da Penha acontece nesta sexta-feira (4), no Assentamento Frei Vantuy, em Ilhéus.

A solenidade contará com as presenças do secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Jerônimo Rodrigues, e das secretárias de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Fabya Reis, e de Política para Mulheres (SPM), Julieta Palmeira, e do comandante geral da Polícia Militar da Bahia, coronel Anselmo Brandão. :: LEIA MAIS »

TEMER OBTEVE MENOS VOTOS QUE O PROJETADO POR ALIADOS

Plenário da Câmara dos Deputados || Foto Fábio Pozzebom/Ag. Brasil

Plenário da Câmara dos Deputados || Foto Fábio Pozzebom/Ag. Brasil

Apesar da vitória ao impedir o andamento das investigações contra o presidente Michel Temer, o resultado da votação do parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) contrário à autorização para a investigação do Supremo Tribunal Federal (STF) ficou abaixou das projeções feitas pelos principais aliados do governo. Nos últimos dias e até o início da votação, os governistas acreditavam que teriam mais de 270 votos com facilidade, informa a Agência Brasil.

Votaram a favor do relatório do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) 263 deputados. Já os votos contrários foram 227, duas abstenções e 19 ausências. A oposição, que precisava de 342 votos para rejeitar o relatório e autorizar as investigações pelo STF, comemorou o resultado ao final da votação.

No entanto, somados os votos a favor, as abstenções e as ausências, o placar a favor de Temer sobe para 284. Para aprovar mudanças na Constituição, por exemplo, são necessários 308 votos.

Um dos principais articuladores do Palácio do Planalto na Câmara, o vice-líder do governo Darcísio Perondi (PMDB-RS), minimizou o placar. “As circunstâncias são complicadas”, disse. “Os 264 votos são uma demonstração de força boazinha”.

O deputado Alessandro Molon (Rede-RJ) avaliou que o resultado de hoje pode influenciar no resultado de uma eventual nova denúncia a ser apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra Temer. “A pressão da sociedade tende a mudar votos para a votação da segunda denúncia. É nisso que a gente [da oposição] aposta”.

PARTIDOS

Partido do presidente Michel Temer, o PMDB, sigla com maior número de deputados, deu 53 votos a favor do parecer, seis contrários, uma abstenção e três deputados faltaram. Por outro lado, o PT, principal partido de oposição, votou fechado contra o parecer, com 58 votos a favor das investigações.

O PSDB votou dividido; 22 a favor, 21 contrários e quatro faltaram. No DEM, partido do presidente da Casa, Rodrigo Maia (RJ), 23 votaram a favor, cinco contra, um faltou e um se absteve. No PCdoB, os dez deputados da bancada votaram contra o parecer da CCJ. No PDT, 17 foram contra Temer, um votou a favor e um faltou. No PP, 37 votaram a favor do relatório da CCJ, sete contrários e três faltaram.

No PR, 29 votaram para arquivar a denúncia, oito contra Temer e dois faltaram. No PSB, 20 foram votos pelo prosseguimento das investigações, 11 para arquivar o relatório, e dois faltaram. No PRB, 15 foram a favor do relatório da CCJ, sete contra e um faltou. No PSD, 21 votaram a favor do relatório da CCJ pelo arquivamento da denúncia, 14 contrários e um faltou.

No Podemos, nove votaram a favor e cinco contra, enquanto no PEN, os três deputados da sigla votaram a favor do presidente Temer. No PTB, 15 votaram a favor do parecer, dois contra e um faltou, enquanto no SD, oitos foram favoráveis ao relatório da CCJ e seis foram contra.

No PPS, nove votaram contra o parecer da CCJ e um a favor; já no PSC, cinco apoiaram o parecer da CCJ, quatro foram contra e um faltou; no PHS, seis votaram contra o parecer da CCJ e um a favor. Já no PROS, quatro declararam voto contrário ao parecer e dois a favor.

No PSOL, toda a bancada, seis ao todo, votaram pelo prosseguimento das investigações contra Temer. No PSL, os três deputados da bancada votaram pelo arquivamento das investigações. No PTB, 15 votaram a favor do parecer, dois contra e um faltou. PTdoB, dois votos foram contra o relatório da CCJ e um a favor; no PV quatro votos foram contra o parecer e três favoráveis. Já na Rede, os quatro votaram pelo prosseguimento das investigações. No PMB, o único deputado da sigla votou pelo prosseguimento das investigações.

ROBINSON: “ACM NETO SALVA TEMER EM TROCA DO BLOQUEIO DE VERBAS PARA A BAHIA”

Robinson diz que ACM Neto deu votos a Temer contra a Bahia.

Robinson diz que ACM Neto deu votos a Temer contra a Bahia.

O deputado federal Robinson Almeida (PT-BA) acusou o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), de articular apoio ao arquivamento da denúncia contra Michel Temer na Câmara dos Deputados em troca do bloqueio de verbas para o Estado da Bahia. “O prefeito de Salvador, de maneira deplorável, negociou o apoio a Temer em troca do bloqueio de verbas para a Bahia. Com isso, o presidente Temer foi salvo da investigação de corrupção passiva devido aos votos do DEM e de deputados liderados por ACM Neto”, afirmou.

O parlamentar explicou que há muito tempo repousa na mesa de Temer o pedido de empréstimo do governo da Bahia de R$ 600 milhões para a recuperação de estradas, saúde e educação. “Neto, seguindo a tradição do seu grupo político, usa a perseguição aos adversários como forma de fazer política. Ao vetar o empréstimo, na verdade persegue a todo povo baiano”, disparou Almeida.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia