WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul   set »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: 27/ago/2017 . 15:59

A UTOPIA CANAVIEIRENSE

Walmir Rosário 3Walmir Rosário | wallaw2008@outlook.com

Para a Maçonaria, a utopia surge como uma sociedade dentro da própria sociedade, dela extraída por um processo seletivo que pode variar no tempo e no espaço. De simples ideia passa a ser uma prática de vida, na qual o homem sente que pelo exercício de uma disciplina mental, orientada por uma ação divina, pode se viver melhor.

 

Segundo os historiadores, há utopias sonhadas e utopias tentadas. Umas assumem o papel político enquanto outras o religioso. Algumas são apenas sonhos de filósofos, que jamais saem dos livros. Já a Maçonaria abrange as duas, pois é uma utopia filosófica e uma tentativa de implantá-la na prática. Por isso, tem envolvimentos com a política e ainda é confundida com a religião.

A utopia prega um modo de vida universal – como na Maçonaria – com a finalidade de redimir o homem pecador e formar uma verdadeira fraternidade, em que o profano possa conviver com o religioso. Para isso, são escolhidos no meio social indivíduos de elite moral, no sentido de prepará-los para servir de alicerce para essa sociedade, seja nos aspectos espirituais ou interesses mundanos. Mas como é possível fazer isso numa sociedade múltipla, diversa? Veremos com a história de nossa cidade:

Para Canavieiras, convergiram todos os povos, diferentes etnias. Cada um em busca de novas oportunidades. A data mais precisa desta invasão é o ano da era vulgar de 1882, quando foi noticiada mundo afora a descoberta de diamantes no Córrego do Salobro, terras da Vila Imperial de Canavieiras.

Brasileiros e estrangeiros de várias nacionalidades aqui aportaram em navios e canoas – até mesmo em lombo de burros. Entre os nativos, a grande maioria da Chapada Diamantina, com a única preocupação de “bamburrar”, ficar rico e poderoso faiscando os famosos diamantes das fraldas da Serra da Onça.

Sozinhos ou com as famílias, vieram de toda as partes do mundo para desbravar as matas, vasculharem os rios e córregos. Até mesmo uma empresa francesa investiu pesado na importação de equipamentos para esvaziar a Lagoa Dourada, onde acreditava-se ser um depósito fervilhante dessas pedras preciosas. Apesar das motobombas trabalharem dia e noite, todo o esforço foi em vão e quanto mais tiravam, mais água ajuntava.

Como gente atrai gente – por ser o homem um animal gregário –, uma leva de mascates deixou de preambular de povoamento em povoamento para se aqui se estabelecer. Comércios de todos os tipos foram abertos, desde os armazéns de secos e molhados, com produtos para a subsistência e o trabalho, quanto para o luxo e o divertimento, uma praxe para os padrões da época.

Como bem nos narra o livro Canavieiras – Terra Mater do Cacau, de autoria dos professores Durval Pereira da França Filho e Aurélio Schommer, no capítulo “Todos Diferentes, Todos Iguais”, aqui se misturaram europeus, africanos, asiáticos, indígenas e os já brasileiros, numa grande miscigenação. Aos poucos, os nomes estrangeiros foram se associando aos locais, formando a população que hoje conhecemos.

Essa mudança na cor da pele também influenciou os costumes, a maneira de agir e de falar, deixando para trás usos e costumes tradicionais. A herança cultural nem sempre era conservada, ou pouco preservada em raros momentos do recesso do lar. Agora, tudo girava sobre o fazer fortuna em Canavieiras, conforme a pretensão de cada um que para aqui se deslocou com essa finalidade. :: LEIA MAIS »

FERAS DO SURF MUNDIAL E DA MÚSICA AGITAM ITACARÉ EM OUTUBRO

Lançamento do Mundial e do Surf Sound reuniram parceiros em Itacaré || Divulgação

Lançamento do Mundial e do Surf Sound reuniram parceiros em Itacaré || Divulgação

Após dois anos, Itacaré voltará a receber feras do surf mundial durante o QS1.500 masculino e o Surf Sound Festival, na Praia da Tiririca. A etapa da WSL distribuirá 20 mil dólares em prêmios aos competidores, segundo a organização. O Surf Sound promete levar grandes nomes da música brasileira para a paradisíaca Itacaré, os dois eventos ocorrem de 24 a 29 de outubro.

Os dois eventos foram lançados, neste final de semana, pelo prefeito Antônio de Anízio, pelo diretor geral da World Surf League (WSL), Xandi Fontes, e pelo presidente da Associação de Surf de Itacaré, Marcelo Barros, e o diretor da MVU, Marco Lessa, na Pousada Boa Terra.

O Mundial QS1.500 masculino e o Itacaré Surf Sound Festival conta com o apoio da South to South, Associação de Surf de Itacaré, Governo da Bahia, Instituto Floresta Viva, Pousada Terra Boa, Grou Turismo.

CARLISTAS DIZEM JÁ TER PALANQUE MONTADO PARA ACM NETO EM 90% DOS MUNICÍPIOS

ACM Neto se  prepara pro embate com Rui Costa

ACM Neto se prepara pro embate com Rui Costa

Da Coluna Satélite | Correio24horas*

Articuladores da oposição já concluíram acordos que garantiram ao prefeito ACM Neto (DEM) alianças com caciques políticos em mais de 90% dos 417 municípios do interior baiano. A conta inclui tanto atuais prefeitos quanto candidatos derrotados na disputa de 2016, mas que possuem musculatura eleitoral em seus redutos e controlam parte das lideranças de base.

Na conta dos oposicionistas, há palanques montados em aproximadamente 380 cidades, incluindo todos os maiores colégios eleitorais. Restam ainda finalizar as negociações em cerca de 40, quase todas pequenas localidades. De acordo com um dos principais estrategistas do arco democrata, a quantidade de acordos fechados mostra um salto na quantidade de apoios reunidos em comparação com 2014, quando o ex-governador Paulo Souto, candidato do DEM ao Palácio de Ondina, concorreu com número bem menor de adesões.

Leia mais no Correio*

ATIVIDADES CELEBRAM DIA DO PSICÓLOGO

Atividades no sul da Bahia celebram o Dia do Psicólogo

Atividades no sul da Bahia celebram o Dia do Psicólogo

A delegacia sul-baiana do Conselho Regional de Psicologia (CRP 3) está promovendo série de atividades em agosto para celebrar o Dia do Psicólogo e da Psicóloga, comemorado em 27 de agosto. Com o tema Valorizar as Psicologias nos quatro cantos da Bahia, a subsede Santa Cruz (Itabuna) promove atividades nos municípios de Itabuna, Ilhéus, Buerarema, Ibicaraí, Una, Coaraci, Itapé, Canavieiras, Itajuípe e Camacan, segundo Carol Moura, titular do CRP 3, que tem como suplente Roberto Brasil.

De acordo com Carol Moura, a subsede abrange 60 municípios do sul e centro-sul do Estado. A programação, afirma, busca uma psicologia ativa, estreita com a população, e começou em 16 de agosto passado, com ações em Itabuna e Buerarema. Será encerrada dia 6 de setembro, em Una.

Citando Mercês Bock, Carol parabeniza colegas e observa que a Psicologia é a ciência que fala do homem a partir do seu mundo interno, sua subjetividade, fonte de manifestações do indivíduo, suas emoções, consciência e seu inconsciente. O Dia do Psicólogo foi instituído em 1962, pela Lei 4.119.

CIÊNCIA COMPORTAMENTAL GANHA ESPAÇO DENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS NO BRASIL

psicologiaLudmilla Souza | Agência Brasil

Na busca pela melhor compreensão do comportamento humano, a ciência comportamental oferece uma nova perspectiva sobre como funciona a tomada de decisão dos indivíduos. O campo científico surgiu na década de 1970, mas agora um dos setores que têm absorvido seus princípios e técnicas é o de políticas públicas. Já são vários os exemplos, principalmente no exterior e, mais recentemente, no Brasil.

“As ciências comportamentais derivam da própria psicologia. É entender como a cabeça das pessoas funciona para pensar, por exemplo, em políticas públicas, essa é uma das aplicações e a principal, é a que interessa mesmo”, explica a psicóloga Vera Rita de Mello Ferreira, professora e doutora em Psicologia Econômica.

“A grande novidade é quando as ciências comportamentais se posicionam a favor do cidadão, trazendo contribuições em diferentes ramos para ajudar as pessoas a tomarem melhores decisões para elas mesmas”, acrescenta

No Brasil, ciência comportamental foi usada no desenho e na implementação do programa de educação financeira dentro do Bolsa Família, que atende famílias de baixa renda. A ideia principal é como estimular as mulheres, que recebem o benefício, a poupar, pagar dívidas e planejar o orçamento familiar.

“A partir dessa abordagem, de entender o comportamento e a tomada de decisão financeira das famílias, nós passamos a desenhar soluções que pudessem alterar aqueles comportamentos”, diz a diretora do Departamento de Benefícios do Bolsa Família do Ministério do Desenvolvimento Social, Caroline Paranayba.

As soluções, chamadas de tecnologias sociais, foram elaboradas em conjunto com as beneficiárias. “Chegamos a um conjunto de soluções que não foram desenvolvidas para elas, mas com elas, que é a premissa dessa abordagem: construir a solução com quem está envolvido no problema”. :: LEIA MAIS »

A ÉTICA DO PSICÓLOGO EM ATUAÇÃO

Barbara_AndradeBárbara Andrade | barbarpsi@gmail.com

 

O psicólogo (…) deverá cumprir com ética, sigilo e, sobretudo, respeito ao paciente que vem até ele “falar” de suas dores, angústias, fragilidades, medos e frustrações.

 

No dia 27 de agosto, a Psicologia estará completando 55 anos de longas e densas caminhadas. Chegamos até aqui com a bandeira de que “Toda Psicologia nos interessa” (Conselho Federal de Psicologia – CFP). Começo meu texto parafraseando o CFP, pois a Psicologia deve estar onde existam sujeitos, seja nos âmbitos social, jurídico, saúde, organizacional, educação, clínica, judiciário, trabalho, escolar, hospitalar etc.

A prática em psicologia nasceu quando Wilhelm Wundt instalou e pôs em funcionamento em 1879, na Alemanha, na Universidade de Leipzig, o primeiro laboratório de pesquisas e práticas exclusivamente devotado à Psicologia.

A regulamentação da profissão foi um marco muito significativo na História da Psicologia no Brasil. Em meados da década de 40, as primeiras ideias sobre regulamentação e formação começaram a ser expostas publicamente, percorrendo a década de 50, quando vários anteprojetos, pareceres, substitutivos e emendas foram discutidos por vários grupos organizados da sociedade civil, assim como por diferentes comissões do Ministério de Educação e Cultura. Continuou na década de 60, quando a Lei 4119 foi aprovada, os primeiros cursos regulares de graduação segundo as propostas legais foram organizados, os registros de profissionais já formados em cursos de especialização e/ou já atuando na profissão foram efetuados.

A atuação do profissional em Psicologia está pautada e regulamentada no Código de Ética, que entrou em vigência em 27 de agosto de 2005, que só poderá ser alterado pelo Conselho Federal de Psicologia, por iniciativa própria ou da categoria, ouvidos os Conselhos Regionais de Psicologia, conforme cita o paragrafo 25.

Um dos papéis fundamentais do Psicólogo é promover saúde mental das pessoas e do coletivo as quais estão inseridas. A profissão já venceu vários obstáculos e ainda faltam tantos outros a serem vencidos. A atuação tem sido um tanto quanto árdua, pois a importância desta ciência, desta pratica, ainda não é reconhecida como deveria pelas esferas públicas e privadas, que não reconhecem que a presença deste profissional é de suma importância na promoção de saúde mental e desenvolvimento psíquico do sujeito.

O psicólogo ao atender o paciente/cliente (estas denominações dependem da abordagem ou teoria a que se baseia o profissional) deverá cumprir com ética, sigilo e, sobretudo, respeito ao paciente que vem até ele “falar” de suas dores, angústias, fragilidades, medos e frustrações.

É crime o psicólogo compartilhar, falar ou comentar de seus atendimentos a familiares dos pacientes (exceto quando estes pacientes se tratar de crianças, adolescentes ou pessoas com transtornos mentais.) ou amigos, em redes sociais, em locais públicos ou pessoas que não estejam implicadas profissionalmente no processo do paciente.

O psicólogo só poderá informar acerca de seus atendimentos por meio de pareceres, laudos ou relatório destinado a partes interessadas ou por meio judicial. Termino meu texto reformulando a frase que iniciei este texto: Todo sujeito nos interessa.

Bárbara Andrade é psicóloga e atua nas áreas social, clínica e de saúde. Ela também mantém o Descortine-se.

DE NOVO, MEGA-SENA ACUMULA

Mega-Sena acumula novamente.

Mega-Sena acumula novamente.

Não houve vencedores no sorteio da Mega-Sena realizado nesse sábado (26) pela Caixa Econômica Federal no município paulista de Araraquara, relativo ao concurso 1962.

Os números sorteados foram 05, 06, 15, 25,  39 e 53, levando a disputa do prêmio para a próxima quarta-feira (30). A estimativa da Caixa é que o próximo concurso distribua R$ 44 milhões.

Na quina, quando cinco números são acertados, houve 86 apostas ganhadoras, com R$ 37.850,84 para cada uma. Na quadra, foram 6431 apostas ganhadoras, com R$ 723,09 para cada.

A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 3,50 e pode ser feita até as 19h (horário de Brasília), do dia do concurso, nas mais de 13 mil casas lotéricas do país. Da Agência Brasil.

CIPE CACAUEIRA APREENDE MAIS DE 160 QUILOS DE MACONHA EM GANDU

Droga foi apreendida pela Cipe Cacaueira neste domingo

Droga foi apreendida pela Cipe Cacaueira neste domingo

A Companhia Independente de Policiamento Especializado da Região Cacaueira (Cipe Cacaueira), tropa especializada da PM, e a 61ª Companhia (Ubaitaba), em conjunto com a Polícia Federal, apreenderam 161 quilos de maconha em Gandu, no sul da Bahia, na manhã deste domingo (27).

Os policiais descobriram a droga em um caminhão, após denúncia anônima de que o veículo “estava transportando carga roubada em direção a Gandu”. A apresentação da carga ocorre neste momento, na sede da Polícia Federal em Ilhéus, também no sul da Bahia.

De acordo com a polícia, a maconha estava camuflada numa carga de portas de madeira. A carga era transportada em um caminhão Volvo, placa NZY-2297. Nele, estavam Antonio Carlos de Menezes e Agnaldo Dias da Silva, de acordo com o subcomandante da 61ª Companhia da PM em Ubaitaba, capitão Ramos.

Atualização às 14h30min – Após pesagem, foi verificado que a quantidade correta de droga encontrada com os acusados era 161 e não 500 quilos. A pesagem foi feita pela Polícia Federal, em Ilhéus.

Dupla presa com caminhão carregado de maconha em Gandu

Dupla presa com caminhão carregado de maconha em Gandu

GABO/BERRÍO/MACONDO/MARACANÃ

dt-chargeDaniel Thame | Blog do Thame

Na antológica abertura de Cem Anos de Solidão, de Gabriel Garcia Marquez, Aureliano Buendia, diante do pelotão de fuzilamento, lembra o fascinante e distante dia em que o pai lhe apresentou o gelo, maravilha da humanidade naquele rincão perdido nos confins da Colômbia.

A narrativa é antológica, sinalizando o que o mundo conheceria e admiraria como o realismo fantástico de Gabo.

Na já antológica noite de 23 de agosto de 2017, um colombiano menos famoso chamado Orlando Berrío nos reapresentou a algo que estava perdido nos desvãos da memória de um futebol que era jogo, mas também era poesia: a magia do improviso, do drible desconcertante que destrói um esquema mecânico, monótono e previsível.

Flamengo e Botafogo faziam um daqueles jogos modorrentos, típicos do futebol atual, em que o importante é se defender e se der, ou quando der, atacar. Meio de campo congestionado, goleiros sem serem incomodados e o indefectível cheiro de 0x0.

E eis que no ex-Templo do Futebol, hoje mais um exemplo do tributo ao deus corrupção, o Maracanã foi apresentado ao gelo.

Como se Garrincha, numa dessas molecagens do destino, resolvesse reencarnar por um átimo de segundo no estádio onde foi rei e menino travesso, e trazer um pouco de luz naquela escuridão de futebol.

O drible de Berrío!

O drible de Berrío!

E, noutra trapaça do destino, reencarnar no time errado, botafoguense que foi, e ainda por cima num colombiano com pinta de milongueiro e estampa de dançarino de tango. Ou de cumbia. Ou seria de samba? Orlando Berrío.

Berrío estava pronto para ser substituído e recebeu uma bola na lateral. Lance comum.

Ninguém no Maracanã esperava nada da jogada e o próprio Berrío poderia ter se livrado na bola e saído de um jogo do qual ninguém se lembraria daqui a uma semana.

Mas Berrío (Garrincha?) produziu o lance a ser lembrado daqui a Cem Anos (de Solidão). Um drible tão desconcertante quando indescritível, que resultou no passe perfeito para o gol da vitória.

Filho, eis o Gelo!

Maravilhem-se todos, pois esse é um daqueles raros momentos que vão para a eternidade.

O divino, o imponderável, o fantástico, o genial, a irreverência gerados num pedacinho de gramado transformando em latifúndio.

Meninos eu vi, dirão daqui pra frente os que estiveram no Maracanã. E os que não estiveram, testemunhas multiplicadas aos milhões. Macondo é o universo.

Aproveitemos o gelo.

Congela, eterniza a imagem.

O resto, o gol, a vitória, a classificação do flamengo para a decisão da Copa do Brasil contra o Cruzeiro são meros detalhes.

Eterno é Berrío, numa obra de arte que Gabo assinaria.

Maracanã, Macondo.

Na magia de um drible esse mundo de merda ainda pode ser uma alegre Bola de Futebol.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia