Jornalista lança nova obra em Ilhéus || Foto Luiz Conceição

Jornalista lança nova obra em Ilhéus || Foto Luiz Conceição

Serra do Padeiro – A saga dos Tupinambás, 3º livro do radialista, jornalista e escritor Waldeny Andrade, será lançado na próxima quarta (27), às 18h30min, na Academia de Letras de Ilhéus. A obra ficcional conta a história de três gerações de uma família constituída a partir de um casal formado por uma índia e um europeu que chegou ao Brasil, saído dos escombros de sua cidade natal, na Áustria, após a Primeira Guerra Mundial.

Editado pela Via Litterarum, a obra também conta a trajetória percorrida pelos índios no sul da Bahia em busca do reconhecimento pelos direitos à terra dos seus ancestrais. Ao longo das 288 páginas, o escritor conduz o leitor pela heroica saga dos Tupinambás, desde suas raízes na nação Tupi, que habitava o litoral brasileiro na época do descobrimento. Contém capítulos curtos, com dinâmica e precisa narrativa.

Este é o terceiro livro de Waldeny Andrade um expoente do jornalismo nas duas mais importantes cidades da Região Cacaueira baiana. Primeiro em Ilhéus, onde chegou como adolescente e atuou até o final da década de 1960, na Rádio Cultura. A partir de 1968, transferiu-se para Itabuna, onde dirigiu a Rádio Jornal e o extinto Diário de Itabuna. Mais recentemente, teve rápida passagem pela Rádio Nacional de Itabuna e TVI, emissora de TV a cabo.

Se no seu segundo livro, A Ilha de Aramys – 40 anos de eleições em Itabuna, também editado pela Via Litterarum, o jornalista já surpreendeu os leitores e a crítica pelo estilo, os capítulos bem fechados, a narrativa leve e uma tessitura firme a apontar um nascente escritor, com Serra do Padeiro – A saga dos Tupinambás há uma narrativa ainda mais envolvente. Os fatos são surpreendentes em cada capítulo. E, com pinceladas de realidade, o escritor confirma o veterano jornalista que, seja no impresso ou no eletrônico, sempre prendeu seu ouvinte e o seu leitor com boas histórias e análises verdadeiras.