Estudantes questionam práticas autoritárias

Estudantes questionam práticas autoritárias

Estudantes do curso técnico de nível médio em Teatro, do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) do Chocolate Nelson Schaun, apresentam na segunda e na terça-feira (16 e 17), o espetáculo “Epa! Quem foi? Quem viu?”, em Ilhéus.

A apresentação será às 19h30min, no Teatro Municipal, e propõe uma narrativa dramática com o objetivo de questionar práticas educacionais tradicionais e autoritárias oriundas da ditadura militar e o momento político contemporâneo. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Na peça também são abordados momentos de questionamentos de situações sociais e culturais em que os jovens estão inseridos. Logo, o bullying, os transtornos alimentares, a sexualidade e as questões de raça e poder são tratados com um humor que beira a sátira, sem deixar o que é politicamente correto de lado.

O espetáculo conta com cenas escritas pelos estudantes do 2º ano do curso técnico em Teatro, juntamente com releituras do texto “Aurora da Minha Vida”, de Naum Alves de Souza.

Direção: Valdiná Guerra e Jones Mota.
Preparação vocal: Silvana Corrêa.
Elenco: Edla Gomes, Gisele Oliveira, Igor Pereira, Ingrid Wime, Lua Rocha, Mand’s Oliveira, Mars Andrade, Nara Santos, Nataly Wolters, Nathália Kellen, Patrick Lopes, Scallate Lore, Tainá Guerra, Thiago Navillon e Valdiná Guerra.
Deko Mutalambô.
Cenário e iluminação: Mars Andrade e Edla Gomes.
Sonoplastia: Gisele Oliveira, Nathália Kellen e Igor Pereira.
Apoio: Alan Alves, Beatriz Mendonça, Breno Dickinson, Dhally Santos,  Daniel Santos, Elimar Silva, Larissa Leite, Raromine Lopes Rodrigo Silva.