WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










outubro 2017
D S T Q Q S S
« set   nov »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias





itao






PREFEITURAS FECHAM AS PORTAS NA PRÓXIMA QUINTA

Eures fala da grave crise financeira das prefeituras brasileiras

Eures fala da grave crise financeira das prefeituras brasileiras

Prefeitos baianos realizam uma grande mobilização na próxima quinta-feira (26) para denunciar a grave crise financeira que afeta os municípios baianos. Em protesto, as prefeituras do estado fecharão as portas, mantendo apenas os serviços essenciais. Já os gestores e suas equipes se reunirão em Salvador, onde a União dos Municípios da Bahia (UPB) organiza uma marcha, às 8h, em direção à Assembleia Legislativa do Estado da Bahia para uma audiência pública.

A paralisação faz parte do Movimento Pró-Município, e foi uma decisão tomada após em reunião da diretoria da UPB, realizada na última quinta-feira (19) com presidentes de associações e consórcios públicos municipais de diversas regiões. A ação, que também acontece em outros estados do Brasil, tem apoio da Confederação Nacional de Municípios (CNM).

O Movimento Pró-Município tem como principal objetivo chamar a atenção dos poderes estadual e federal para situação de falência que assola as prefeituras. “Agora é a hora. Vamos sair às 8h da manhã, da porta da UPB. Contamos com a adesão de todos. Esse é um movimento dos municípios. Tenho certeza que sairá resultado desta ação”, convocou o presidente da UPB e prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro.

Logo após a marcha, a audiência pública na Assembleia irá discutir a pauta municipalista, com reivindicações locais e nacionais, a exemplo dos R$4 bilhões de auxílio financeiro aos municípios, a atualização dos valores repassados para a execução de programas federais e a redução de quase 100% no orçamento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), que atinge diretamente os CRAS e CREAS. Serão convidados os 39 deputados federais da Bahia e os três senadores do estado: Lídice da Mata, Otto Alencar e Roberto Muniz.

Na pauta estadual, questões prioritárias foram definidas pelos gestores, listando os repasses em atraso da saúde, transporte escolar e assistência social; divisão dos royalties do petróleo com os municípios; implementação da Lei de Incentivo à Cultura no interior da Bahia e a revisão do cálculo do IPVA.

2 respostas para “PREFEITURAS FECHAM AS PORTAS NA PRÓXIMA QUINTA”

  • Tributável says:

    No protesto contra a crise financeira das prefeituras, os gestores viajam para um ato em Salvador. Tudo bem, mas é necessário que as prefeituras fechem as portas e deixem de atender aos munícipes!?. Esse protesto é contra o povo!?

  • Dudu Vinhas says:

    Todo ano é a mesma choradeira dos prefeitos, sei da situação difícil mais se os prefeitos trabalharem com honestidade e seriedade o dinheiro arrecadado é suficiente. Todos sabem disso por que se candidatam deveria não aparecer nenhum candidato.

Deixe seu comentário








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia