Caixa Econômica anunciou fechamento da agência de Canavieiras

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Canavieiras, Ériston Nascimento, enviou correspondência ao superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Marcos Vinícius Nascimento, solicitando a permanência da agência na cidade. No documento, citou os prejuízos para a economia de Canavieiras em todos os segmentos da população, caso a agência seja fechada.

Ériston ressaltou que ao encerrar as atividades no município, a Caixa Econômica Federal criará inúmeros transtornos, não só aos correntistas, mas e sobretudo, aos beneficiários dos programas sociais do Governo Federal. “A partir do fechamento, toda a clientela terá que se deslocar a Ilhéus, num percurso de 240 quilômetros, ida e volta, onerando, notadamente, as pessoas de baixo poder aquisitivo, bem como aos empresários que acreditaram na CEF”, ressaltou.

Para o presidente da CDL, os prejuízos para o setor produtivo, de maneira geral, e o comércio, em particular, serão incalculáveis com a ida dos clientes para Ilhéus. No seu entender, ao receber os recursos, a tendência e que eles façam suas compras na mesma cidade, provocando uma mudança no comportamento dos consumidores locais, já que em Canavieiras somente existe uma agência lotérica em funcionamento, apesar da grande demanda.

Ériston Nascimento disse, ainda, que a decisão da direção da CEF vem na contramão da história, pois Canavieiras é uma cidade que se caracteriza como um centro de negócios, e a cada dia se consolida com intensa movimentação de pessoas em busca de comércio e serviços. “O município se encontra em franco desenvolvimento econômico, com um grande volume de investimentos nos segmentos da agropecuária, na pesca marinha, carcinicultura, e no turismo, o que torna um centro comercial pujante”, explicou.

Além do papel social da Caixa Econômica Federal, o presidente da CDL fez questão de ressalta que a CEF deveria atual como uma agência de fomento, mas vem agindo de forma a desestimular o desenvolvimento das atividades produtivas. Infelizmente, fomos surpreendidos com a notícia do fechamento da agência em nossa cidade, atitude essa que provocará incontáveis prejuízos em nossa economia”, finalizou Ériston Nascimento.