WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba



bahiagas





novembro 2017
D S T Q Q S S
« out   dez »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

editorias






:: 26/nov/2017 . 18:22

JOVEM ARRASTADO E ESPANCADO POR QUATRO HOMENS EM ILHÉUS TEM MORTE CEREBRAL

Família confirma morte cerebral de Luiz Felipe

Familiares confirmaram a morte cerebral de Luiz Felipe Morais Barbosa, 23 anos. O jovem foi internado em estado grave na madrugada do dia 12 deste mês após ser atropelado, arrastado e agredido a socos e pontapés por quatro homens. Luiz trafegava em uma moto com o amigo João Marcos Andrade, 24 anos, que também foi agredido e segue internado.

De acordo com testemunhas, os dois jovens foram perseguidos pelas ruas de Ilhéus e atropelados quando trafegavam de moto pela Avenida Itabuna. Os dois rapazes foram covardemente espancados pelos quatro homens minutos depois de um desentendimento em uma festa no local conhecido como Escobaba, na rodovia Ilhéus/Itabuna (Jorge Amado).

A titular do Núcleo de Homicídios da 7ª Coordenadoria da Polícia Civil de Ilhéus (Coorpin), delegada Andréa Oliveira, deve concluir nesta semana o inquérito que investiga os quatro homens acusados. A polícia ouviu três dos quatro suspeitos da tentativa de homicídio. O quarto acusado é considerado foragido.

A moto em que estavam os dois jovens foi arrastada, na Avenida Itabuna, por mais de 10 metros pelo VW Gol, placa KFL 7103, de Ilhéus. Parte das agressões foi registrada por câmaras de videomonitoramento.

MUNICÍPIOS BAIANOS VÃO RECEBER MAIS DE R$ 186 MILHÕES DE APOIO FINANCEIRO

Eures Ribeiro destaca a liberação de dinheiro para os municípios baianos || Foto UPB

Os 417  prefeitos baianos devem receber, neste final de ano, R$ 186.446.653,03 referentes ao Apoio Financeiro aos Municípios (AFM). A previsão é que sejam liberados pelo governo federal R$ 2 bilhões para mais de 5,5 mil localidades em todo o país. O dinheiro foi garantido após protesto realizado pelos prefeitos, em Brasília, na última quarta-feira (22). O repasse será feito aos municípios no próximo dia 15.

De acordo com o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, esse montante vai amenizar, mas não resolve problema financeiro das prefeituras, uma vez que o valor pleiteado foi R$ 4 bilhões, e a liberação só foi metade disso. “Isso significa que a nossa luta é constante. Vamos batalhar, agora, para que o Governo do Estado da Bahia faça a antecipação do repasse o ICMS de janeiro/2018 para dezembro deste ano. Isso vai ajudar no fechamento das nossas contas”, lembra Eures.

O AFM vai ajudar os municípios fecharem as conta públicas, especialmente no que diz respeito ao funcionalismo, pagamento de décimo terceiro salário, prestadores de serviços, fornecedores e a manutenção dos serviços de saúde, educação e assistência social.

Na avaliação do prefeito de Ibirapitanga, Isravan Barcelos, o gestor vai aportar o repasse nas necessidades mais urgentes da cada município. “Para cerca de 50% das prefeituras, que teriam dificuldade de pagar o décimo terceiro salário, esse repasse vai ajudar muito”, afirma.

PROJETO AJUDA A ELEVAR AUTOESTIMA DE ESTUDANTES NA ZONA RURAL DE UBAITABA

Projeto ajuda na autoestima de estudantes da zona rural

Duas vezes por semana a sala de aula vira palco e os livros dão lugar às marcações de dança. O som do tambor ecoa pelas paredes simples da Escola Municipal Antônio Ferreira, na zona rural de Ubaitaba. É quando as fortes expressões e os sorrisos tomam conta dos 30 alunos da turma de Artes Visuais da professora Ebilla Carvalho.

Tudo começou há seis meses, quando a professora e coreografa iniciou o projeto de intervenção “As danças de matrizes africanas para crianças da zona rural e seu efeito na construção da identidade”. Ela utiliza Congo, Jongo, Lundu, Maculelê, Capoeira e Samba para contribuir com a construção identitária e resgate na memória afetiva afro-brasileira.

É por meio da dança que a professora tem ajudado a desenvolver reflexões sobre as raízes históricas, a aceitação da cor da pele, o “empoderamento” da cultura negra e o respeito às diferenças.

SIMPÓSIO INTERNACIONAL ARTE NA EDUCAÇÃO

No próximo mês o projeto desenvolvido em Ubaitaba ganha destaque mundial ao ser apresentado no Simpósio Internacional Arte na Educação Básica, que acontece de 4 a 6 de dezembro, na Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Uma exposição fotográfica ao estilo “linha do tempo” será o recorte para a apresentação do projeto e demonstrará todo o processo de ensino-aprendizagem da dança, a dificuldade inicial com os movimentos corporais, as dúvidas sobre ritmo e melodia e as improvisações ao longo dos seis meses.

Danças de matriz africanas são ensinadas em escola de Ubaitaba

O conjunto de imagens exibirá a relação entre o indivíduo e as danças de matrizes africanas, mostrando a curiosidade com o novo, o receio do toque, o respeito à diversidade cultural, étnica e religiosa. Isso porque, segundo a professora Ebilla Carvalho, a maioria dos estudantes não gostava de seus cabelos crespos e dos seus traços.

A professora afirma que, depois das aulas de dança, as estudantes percebem que são lindos com esses mesmos traços. “Elas estão usando tranças, assumindo o cabelo crespo e gostando dele. As meninas hoje sabem a importância da valorização de sua cor, da cor de seus pais e antepassados”, disse.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia