Quinta-feira é o último dia para sacar o PIS/Pasep/2015

Cerca de 10 mil moradores dos municípios do sul, extremo sul e sudoeste da Bahia precisam correr para não ficar sem o abono salarial do PIS/Pasep, ano base 2015, cujo valor varia de R$ 79 a R$ 937. De acordo com dados do Ministério do Trabalho, Porto Seguro está entre os municípios baianos com mais pessoas que deixaram de sacar o abono. São quase 900 pessoas que ainda não sacaram o benefício.

Em Eunápolis, são mais de 450 pessoas que ainda não receberam o PIS e Pasep. Nos municípios de Teixeira de Freitas, Itamaraju, Itabela, Belmonte, Prado, Mucuri, Itagimirim são mais de 1.500 trabalhadores que não compareceram a uma agência bancária para sacar o abono salarial de 2015.

No sudoeste do estado, a maior quantidade de trabalhadores que não sacou o abono salarial mora em Jequié, Itapetinga e Vitória da Conquista.  No primeiro município são 850 pessoas com direito ao benefício que não foram sacá-lo e outras 250 em Itapetinga.  Em Conquista são quase 2 mil pessoas que não sacaram o abono. Os dados do Ministério do Trabalho mostram também que há mais de 40 mil baianos que correm risco de perder o prazo.

QUEM TEM DIREITO?

O Abono Salarial é pago para inscritos no PIS/Pasep há cinco anos ou mais e que trabalharam com carteira assinada por pelo menos 30 dias naquele ano, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é preciso que seus dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor que cada trabalhador tem para receber é proporcional à quantidade de meses trabalhados formalmente em 2015. Quem trabalhou o ano todo recebe o valor na íntegra. Quem trabalhou um mês, por exemplo, recebe 1/12 do valor, e assim sucessivamente. Os pagamentos variam de R$ 79 a R$ 937.

Os trabalhadores da iniciativa privada, que são vinculados ao PIS, sacam o dinheiro nas agências da Caixa ou lotéricas de todo o país. Já os servidores públicos, com vínculo no Pasep, retiram o benefício no Banco do Brasil. Confira se você tem direito http://verificasd.mtb.gov.br/abono/.