Itabuna e Ilhéus notificaram 16 mortes causadas pela Aids

Ilhéus, no sul; Teixeira de Freitas e Porto Seguro, no extremo sul, estão entre os municípios baianos que mais notificaram mortes de pessoas com Aids, no período de 1º de janeiro a 18 de dezembro. De acordo com dados da Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde da Secretaria Estadual de Saúde, em Ilhéus foram registrados 12 óbitos.

Em Teixeira de Freitas foram notificadas nove mortes causadas pela doença, sendo oito adultos e uma criança.  Em Porto foram nove óbitos de oito crianças e um adulto. Outros municípios do extremo sul da Bahia que, neste ano, registraram mortes provocadas pela doença são Eunápolis (6), Itabela (1) e Nova Viçosa (1).

No sul da Bahia, além de Ilhéus, houve notificações de mortes causadas pela Aids em Itabuna (4) e Una (3). Com 91 mortes de pessoas adultas e 36 de crianças, Salvador foi a localidades com maior quantidade de ocorrências no estado.

Na lista de municípios com maior quantidade de ocorrências estão ainda  Feira de Santana (7), Jequié (8), Juazeiro (10), Santo Antônio de Jesus (9) e Serrinha (6). Em todo o estado, a Aids causou 196 mortes de pessoas adultas e 64 crianças.