Barragem entra em fase de testes || Foto Daniel Thame

As obras de construção da Barragem do Rio Colônia, em Itapé, entraram na fase de conclusão com a montagem de equipamentos hidromecânicos e a instalação das comportas, além da realização de testes.

A barragem terá capacidade para reservação de 62 milhões de metros cúbicos de água, sendo considerada indispensável para resolver problema da falta d´água em Itabuna pelos próximos 50 anos.

Além de garantir o abastecimento de água para os cerca de 230 mil moradores de Itabuna e contribuir para a atração de novos empreendimentos, a barragem minimizará ainda o impacto das enchentes que inundam parte da cidade de Itabuna e melhorará as condições sanitárias do Rio Cachoeira.

INÍCIO EM 2013

A obra começou a ser executada em 2013, após assinatura de ordem de serviço pelo então governador Jaques Wagner e o prefeito Vane do Renascer. Após disputa judicial com a empresa Galvão Engenharia, o governo baiano retomou a obra em 2016, com recursos do governo do Estado. Os investimentos do governo baiano e da União é de R$ 108 milhões, quando incluídos indenização, remanejamento de rede elétrica e novo traçado da rodovia que liga os municípios de Itapé e Itaju do Colônia.