Amaral foi morto tentando desapartar briga

Alexandro Alves Santana, de 39 anos, foi morto a facadas, na noite deste domingo (14), durante uma briga na Califórnia, em Itabuna. Alexandro era conhecido como Amaral e matinha escolinha de futsal há quase 20 anos em Itabuna.

O crime ocorreu na Rua Rio Branco durante a premiação de vencedores de um torneio de rua, na Califórnia. Amaral tentou separar uma briga e acabou atingido por golpes de faca. Outras duas pessoas foram atingidas.

A polícia já identificou o autor dos golpes, conhecido como Dedé. O clima na Califórnia é de revolta. Amaral era figura ligada ao esporte e já formou gerações de atletas.

Amaral, como era mais conhecido, tinha escolhida de futsal e de futebol. Em 2016, ele concorreu a uma vaga na Câmara de Vereadores de Itabuna pelo Solidariedade. Obteve 88 votos.