WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

editorias






:: 16/fev/2018 . 22:03

INSCRIÇÕES PARA O FIES COMEÇAM NA SEGUNDA-FEIRA; SÃO 310 MIL VAGAS

Inscrições para o Fies começam na segunda|| Foto Divulgação

O Ministério da Educação abre, na segunda-feira (19), as inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2018. No total, serão ofertadas 310 mil vagas, sendo 155 mil para os primeiros seis meses do ano. As inscrições serão feitas até o dia 28 deste mês, no endereço http://fies.mec.gov.br/.

Do total de vagas ofertadas, 100 mil terão juros zero para os estudantes que comprovarem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. As outras duas modalidades, chamadas de P-Fies, destinam-se a estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos. Para atender a essa parcela de candidatos, o Fies terá recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento.

Os candidatos incluídos na situação das vagas com juro zero começarão a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda. Dessa forma, os encargos diminuem consideravelmente.

REQUISITOS E DIVULGAÇÃO DE RESULTADO

Para poder concorrer a uma vaga, o candidato deverá cumprir aos seguintes requisitos: ter feito uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos, e obtido nota maior que zero na redação.

Em caso de pré-seleção em uma das vagas disponíveis para financiamento, o estudante deverá complementar informações da sua inscrição e, posteriormente, fechar a contratação do financiamento.

O resultado será publicado em 5 de março, em chamada única. No caso dos estudantes inscritos pelo P-Fies, a relação de selecionados sairá em 12 de março. Com exceção do P-Fies, os candidatos não convocados poderão manifestar interesse por lista de espera entre 6 e 30 de março.

VOCÊ TERIA UM MINUTINHO PARA A PALAVRA DA CIÊNCIA?

Felipe de Paula | felipedepaula81@gmail.com

 

Imagine um professor na praça explicando algum tema polêmico contemporâneo! Aí, com ideias circulando, com a academia enxergando além de seus muros, quem sabe teríamos uma sociedade ainda melhor. Difícil? Sim, com toda certeza! Mas será que cada um de nós, doutos cidadãos, estamos fazendo todo o possível?

 

Ler o título acima parece estranho, não? Permita-me então contextualizar melhor a questão: dois acontecimentos que presenciei dentro do “mundo acadêmico” nos últimos dias me fizeram pensar um bocadinho sobre exatamente esse tal “mundo acadêmico”.

No primeiro fato, um jovem estudante postou nas redes sociais seu lamento por ter sido abordado por uma senhora cristã que tentava propagar suas ideias e demonstrou incômodo por ele se declarar ateu. Quando apresentado o contraponto de que aquela senhora estava apenas levando adiante aquilo que ela acreditava ser interessante, ele rebateu: “ah, não saio por aí levando a palavra de Nietzsche”. Não leva? Uma questão: por que não?

Outro fato foi a leitura de outra postagem nas redes sociais onde professores e estudantes, em sua maioria, debochavam e se escandalizavam com a cantora Anitta ter sido convidada para palestrar num evento na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Soava absurdo a cantora notabilizada no funk, de origem periférica, falar numa das mais prestigiadas universidades do mundo. Uma questão:por que não?

A academia brasileira, permito-me generalizar com meus pouco mais de oito anos de experiência docente, parece sofrer de um mal que a faz sentir-se como um panteão para poucos. Alguns (poucos) privilegiados devem alcançar esse patamar após demonstrar suas competências em provações diversas. Uma ideia de que aquilo “não é pra qualquer um”. Uma ideia de que aquilo que não está no “mundo acadêmico” não é bom o suficiente.

Vivemos – faço aí um mea culpa pois, além de ocasionalmente escrever textos me valendo da boa audiência do PIMENTA para atingir uma grande fatia da sociedade, também estou entre os que assim agem – num espaço onde apenas os aplausos e os tapinhas nas costas dos iguais parecem ser interessantes. Por qual motivo as vozes periféricas não são plenamente ecoadas nas universidades? Por qual motivo o grafite nas paredes dos corredores acadêmicos é visto com estranheza? Por qual motivo iniciativas como o Pint of Science, que visa explicar pesquisas científicas em bares, são vistas com certo desdém por alguns? A resposta?

Arrisco-me a dizer que muitos acadêmicos – aí incluídos professores e estudantes – acreditam que são especiais demais e acabam por esquecer da sociedade que os abriga e, principalmente, financia.

Se a senhora propagando a fé cristã nas ruas enche sua paciência, será que ao invés de criticá-la não seria possível ver nela uma inspiração? Imagine as praças de Itabuna, de Ilhéus ou de qualquer outra cidade exibindo um filme e um pesquisador conduzindo um debate sobre ele! Imagine um professor na praça explicando algum tema polêmico contemporâneo! Aí, com ideias circulando, com a academia enxergando além de seus muros, quem sabe teríamos uma sociedade ainda melhor. Difícil? Sim, com toda certeza! Mas será que cada um de nós, doutos cidadãos, estamos fazendo todo o possível?

Felipe de Paula é professor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

SUSPEITO DE SERVIR AO TRÁFICO É PRESO COM TRÊS QUILOS DE MACONHA EM ILHÉUS

Policiais civis prenderam em flagrante, nesta sexta-feira (16), na Avenida Lomanto Júnior, no Pontal, em Ilhéus, um motociclista transportando cerca de três quilos de maconha prensada. De acordo com a polícia, Giltalie Santos da Silva “prestava serviços” para traficantes, fazendo entrega de drogas em diferentes pontos da cidade.

Polícia apreende droga e arma em Ilhéus || Foto PC-BA

Os policiais chegaram ao motociclista após denúncia anônima. Ele confessou que entregaria a droga a um traficante na zona  norte da cidade e levou os policiais até a boca de fumo. Os agentes afirmam que foram recebidos a tiros por traficantes, sendo que um dos bandidos, identificado como Laércio Batista, foi atingido na perna. Os demais fugiram.

Além da droga, a operação policial resultou na apreensão de uma espingarda calibre 12. O material foi levado para a sede da 7ª Coordenadoria da Polícia Civil de Ilhéus junto com o motociclista entregador de drogas. Já Laércio Batista foi levado para o Hospital Regional da Costa do Cacau.

ALOK DOA CACHÊ DO CARNAVAL DE SALVADOR PARA PROJETOS SOCIAIS NA CAPITAL BAIANA

Alok doou cachê do carnaval para projetos sociais em Salvador || Foto Alisson Demetrio

Alok, considerado o principal DJ e produtor do Brasil, doou todo o cachê de sua apresentação no Carnaval de Salvador a projetos sociais de Salvador, um deles é o “Projeto Axé”. O instituto, que passa por dificuldades, depende de doações e ajuda de pessoas físicas e empresas para manter o seu trabalho com crianças em situação de vulnerabilidade social e econômica da região.

“Obrigado Salvador por me receber sempre tão bem! Agora posso dizer que conheço de verdade a energia do Circuito Barra/Ondina! Melhor ainda é tornar isso exposição para a situação do “Projeto Axé” e demais instituições, que agregam tanto à sociedade soteropolitana. Precisamos ter consciência sempre de que nossa felicidade depende da felicidade dos outros, e esse é o caminho. Se cada um fizer um pouco, conseguimos transformar a vida de muita gente.” comenta Alok.

Para quem desejar contribuir com o Projeto transformando a vida dessas crianças, do Projeto Axé, as informações podem ser obtidas através do telefone (71) 3242-5912.

UEFS ABRE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO NA SEGUNDA COM SALÁRIO DE ATÉ R$ 9,7 MIL

Inscrições para concurso para professor começam na segunda-feira|| Foto Divulgação

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) abre, na segunda-feira (19), inscrições para o concurso público de provas e títulos para contratação de professor auxiliar e assistente. Os interessados devem se inscrever, exclusivamente, pela internet, no site da Coordenação de Seleção e Admissão (CSA) da instituição, até as 16h do dia  20 de março.

São 63 vagas distribuídas em quatro editais. O concurso para todas as vagas será composto por três etapas, que são  prova escrita, didática e de títulos.  Cada interessado poderá inscrever-se em até duas áreas de estudo/componentes curriculares, sendo de responsabilidade do candidato a verificação da compatibilidade dos dias e horários das provas dos concursos pretendidos.

O salário varia de R$ 5.597,25 a R$ 9.710,13, a depender do título e carga horária do aprovado. As provas do concurso serão realizadas de 24 de abril de a 26 de maio. Acesse aqui os editais.

ACIDENTE ENTRE MICRO-ÔNIBUS E CAMINHÃO DEIXA UM MORTO E 32 FERIDOS NA BR-116

Colisão deixou um morto e 32 feridos perto de Jequié||Foto David Fortunato/TV Sudoeste

Um acidente entre um micro-ônibus e um caminhão deixou um morto e 32 feridos no Km-719, na BR-116, trecho que corresponde à cidade de Manoel Vitorino, sudoeste da Bahia, na manhã desta sexta-feira (16), informa o G1 BA.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do caminhão ficou preso às ferragens e morreu no local. Ele foi identificado como Matheus Souza Chaves e tinha 30 anos.

O micro-ônibus transportava 32 passageiros e todos ficaram feridos. Desse total, 15 foram socorridos para o Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié, com escoriações. Quatro estão em estado grave. As outras vítimas foram atendidas ainda no local.

Quatro pessoas estão internadas em estado grave em Jequié||Foto David Fortunato/TV Sudoeste

O acidente foi uma colisão frontal entre os dois veículos e a causa provável, segundo informações preliminares da PRF, é de que tenha sido uma ultrapassagem indevida. Com o impacto da batida, a frente do caminhão chegou a entrar no micro-ônibus.

Motorista do caminhão morreu no local|| Foto David Fortunato/TV Sudoeste

Ainda conforme a PRF, o micro-ônibus saiu de São Paulo, mas a cidade destino não foi revelada. A polícia averigua se o transporte dessas pessoas era regularizado.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) dos municípios de Poções e Jequié foram ao local para ajudar no atendimento aos feridos.

A direção do Hospital Prado Valadares, em Jequié, confirmou que o motorista do micro-ônibus, envolvido no acidente na manhã de hoje, não resistiu aos ferimentos. Ele foi identificado como Gleidson Souza Silva, 20 anos. Atualizado às 17h10min.

ANO LETIVO COMEÇA NA SEGUNDA PARA MAIS DE 800 MIL ESTUDANTES DA REDE ESTADUAL

Ano letivo começa na segunda para mais de 800 mil estudantes da rede estadual|| Foto Claudionor Júnior

O ano letivo na rede estadual de ensino para mais de 807 mil estudantes matriculados em 1.251 escolas em 417 municípios da Bahia começa na segunda-feira (19). Para marcar o início das aulas, a Secretaria da Educação do Estado realiza, na quarta-feira (21), o Programa de Abertura do Ano Letivo – Aula Inaugural, a partir das 8h30, no Centro Educacional Carneiro Ribeiro – Escola Parque, em Salvador. O programa será transmitido, ao vivo, pela TVE Bahia (Canal 10.1).

O secretário Walter Pinheiro afirma que o Programa de Abertura do Ano Letivo busca valorizar o protagonismo estudantil. “A realização do evento será toda conduzida todo por estudantes e professores, para que possamos mostrar todo o dinamismo das atividades desenvolvidas nas escolas estaduais, seja no campo das artes, da ciência, da tecnologia, do empreendedorismo, do esporte e do meio ambiente”.

O secretário de Educação acrescenta que, durante a Aula Inaugural, serão apresentadas algumas novidades no que se refere à Inovação e à Tecnologia para o fortalecimento do eixo pedagógico nas escolas.

BEBETO COBRA ALTERNATIVAS AO FECHAMENTO DO HOSPITAL GERAL LUIZ VIANA FILHO

Bebeto e vereadores defendem medidas contra a crise na saúde de Ilhéus

O deputado federal Bebeto Galvão (PSB), onze vereadores e representantes do Conselho Municipal de Saúde de Ilhéus participaram de audiência, nesta quinta-feira (15), em Salvador, com o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas. Na pauta, o cumprimento de medidas anunciadas pelo governo do Estado para compensar o fechamento do Hospital Geral Luiz Viana Filho.

“Ao lado dos vereadores, cobramos providências que já foram anunciadas e sugerimos alternativas ao fechamento desse importante equipamento de saúde, que atende não só Ilhéus, mas toda a região, sobretudo quanto ao plantão pediátrico, que é uma área muito carente de estrutura e profissionais na cidade”, contou Bebeto.

O deputado lembrou também que o município passa por dificuldades financeiras, mas que as soluções precisam sem compartilhadas entre Prefeitura e Estado, “cada um fazendo sua parte”. Entre as medidas defendidas por Bebeto e pelos vereadores, estão a imediata cessão de servidores do Estado para postos de saúde, principalmente médicos de especialidades como pediatria, ginecologia e geriatria.

Da mesma forma, a construção e reforma de unidades básicas – a exemplo da Policlínica Halil Medauar, e a implantação de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no bairro Malhado, que já foi anunciada pelo governo do Estado, mas que ainda não há prazo para o início das obras.

LONGO PRAZO

Bebeto salientou ainda a necessidade de reestruturação do Hospital Geral Luiz Viana Filho para que se torne referência em atendimentos materno-infantis. “O secretário Vilas-Boas nos garantiu que o Estado vai investir R$ 14 milhões entre obras e equipamentos para transformar o hospital numa unidade à altura do povo daquela região”, finalizou Bebeto.

Participaram da audiência os vereadores Lukas Paiva, Fabricio Nascimento, Nino Valverde, Pastor Matos, Juarez Barbosa, Jerbson Moraes, César Porto, Nerival, Abrãao, Makrise e Ivo Evangelista, além de Rafael e Diala Magalhães representando o Conselho Municipal de Saúde.

APPI DISCUTE REFORMA DA PREVIDÊNCIA EM DIA DE PARADA NACIONAL

Profissionais e trabalhadores da área da educação fazem, na próxima segunda (19), uma parada nacional em mobilização contra a Reforma da Previdência. A manifestação é puxada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

Haverá assembleia temática na Câmara de Vereadores de Ilhéus, a partir das 9h, promovida pela Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI). Na avaliação da entidade, a reforma proposta pelo Governo Temer retira direitos dos servidores públicos.

POLÍCIA INVESTIGA ASSASSINATO DE FILHO DE EX-VEREADORA

Raí e a mãe, a ex-vereadora Ana Jaíra || Reprodução

Um adolescente de 17 anos foi morto depois de ser espancado em Itabela, no extremo-sul da Bahia, durante o Carnaval Oficial. O corpo de Raí Santos Reis foi enterrado sob forte comoção na última quarta.

Filho da ex-vereadora Ana Jaíra Santana, Raí foi espancado na terça-feira (13), quando foi levado para o Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, onde faleceu na noite do mesmo dia, ao não resistir ao traumatismo craniano.

Até o momento, a Polícia Civil investiga quem espancou e a motivação para o crime bárbaro, ocorrido em Monte Pascoal, município de Itabela. Raí foi morto a pauladas e ficou com o rosto totalmente desfigurado.

GOVERNO DECIDE FAZER INTERVENÇÃO NA SEGURANÇA PÚBLICA DO RIO DE JANEIRO

O presidente Michel Temer decidiu decretar intervenção federal na segurança pública do Estado do Rio de Janeiro. A decisão foi tomada durante uma reunião na noite de ontem (15.fev.2018) no Palácio da Alvorada.

A medida atende a pedido do governador Luiz Fernando Pezão (MDB-RJ). O interventor será o general Braga Netto, que comandará as atividades dos bombeiros, da polícia militar e civil no Estado.

O decreto precisará ser aprovado em até 10 dias pelo Congresso, mas tem efeito imediato a partir da publicação. Caberá ao presidente, Eunício Oliveira, marcar uma sessão para analisar a matéria.

Temer deve assinar o decreto nesta 6ª feira (16.fev.2018).  Os últimos detalhes do texto serão fechados hoje. Confira mais no Poder360.

CONTROLE INTERNO É TEMA DE SEMINÁRIO DA UPB

Estruturação e fortalecimento das controladorias internas municipais é o principal tema do Seminário de Controle Interno, que acontece nos dias 22 e 23 de fevereiro, das 8h às 17h, no auditório da União dos Municípios da Bahia (UPB). A entidade é parceira da Rede de Controle da Gestão Pública do Estado da Bahia na realização do evento. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do site da UPB (www.upb.org.br) até dia 19.

O evento tem como público-alvo prefeitos (as), controladores internos, secretários de administração e finanças e procuradores municipais. O Seminário destina-se ao fortalecimento das controladorias internas dos municípios e dividirá a programação em dois dias.

O primeiro, que tem foco nos gestores municipais, vai abordar a importância das controladorias, sua estruturação, forma de atuação, infraestrutura mínima, quadro de pessoal e execução das funções típicas do órgão. Além de questões relacionas a resolução TCM 1120, de 2005, que dispõe sobre a criação, implementação e a manutenção dos sistemas de controle interno municipais.

Já no segundo dia, que terá como público-alvo os próprios controladores, serão abordadas questões ligadas a capacitação técnica de pessoal, aspectos de controle relacionados a gestão orçamentária e financeira do município, análise de licitações e contratos e também sobre o exame de convênios.

O secretário executivo da Rede de Controle da Gestão Pública do Estado da Bahia e Secretário do Tribunal de Contas da União (TCU), Pedro José Suffredini, explica que “muitas vezes a precariedade da estrutura física disponibilizada e a deficiência de pessoal contribuem para que não seja obtido o plano de desempenho das funções que deveriam ser executadas pelas controladorias municipais”.

Para o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, o evento se traduz no esforço para contribuir com as melhores práticas de gestão. “Muito mais que atender as exigências legais, as controladorias internas devem ser uma ferramenta de maior eficiência da gestão. Esse é o motivo de a UPB acreditar neste seminário como forma de o prefeitos e suas equipes técnicas adquirirem conhecimento específico sobre o tema”, disse.   :: LEIA MAIS »

JUDICIÁRIO NÃO DEVE SATANIZAR POLÍTICOS, DIZ MINISTRO DO STF

Toffoli durante evento em Washington || Foto Fabio Rodrigues Pozzebom/AB

O vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro José Antonio Dias Toffoli, disse hoje (15), em Washington, que o Poder Judiciário tem que ter prudência na sua atuação, já que, “se nós quisermos não só moderar os conflitos da sociedade, mas se quisermos ditar o que é o futuro da sociedade, sem ter o poder político representativo, nós estaremos cometendo um grande equívoco”, afirmou. Toffoli também disse que “nós, juízes, não temos que satanizar a política ou os políticos, porque ali é a seara do jogo democrático”.

O ministro, que assume a presidência do STF em setembro próximo, fez as declarações durante palestra a professores e estudantes de direito da American University, onde participa de um simpósio sobre compliance (mecanismos empregados pelas empresas para prevenir, detectar e dar respostas em casos de práticas de corrupção).

O ministro afirmou que, desde a Constituição de 1988, o Judiciário brasileiro se transformou de mediador de conflitos individuais para “grande mediador dos conflitos da sociedade brasileira” e que as decisões dos juízes têm repercussão que ultrapassa os casos concretos, o que traz “uma responsabilidade muito maior”. Segundo ele, “não são 11 cabeças iluminadas, ou meia dúzia, que é o que forma a maioria, que são capazes de discutir o futuro do Brasil”.

INDEPENDÊNCIA DA PF

Dias Toffoli afirmou que, apesar de a Polícia Federal ser subordinada administrativamente ao Ministério da Justiça, “não há possibilidade de ingerência política nas investigações”, já que, segundo ele, elas são feitas “através de autorização do Poder Judiciário, então ela é uma Polícia Judiciária, e ela atua sob a orientação do Poder Judiciário”.

O ministro também destacou a atuação conjunta das instituições no combate à corrupção no Brasil, no momento atual, o que, segundo ele, “não é resultado da vontade de uma pessoa, não é resultado da vontade de um juiz ou de um promotor; não é a vontade de um grupo de membros da magistratura ou do Ministério Público ou da polícia. É muito mais do que isso. É um projeto de Estado, é um projeto de nação”. Segundo Toffoli, “não podemos colocar e ter a ideia de que, o que está acontecendo hoje no Brasil, seja a ideia de um herói. Isso joga contra as instituições”.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia